Matérias Mais Lidas

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemEncontro entre Paul Di'Anno e Steve Harris resultou em "algo que será discutido"

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs

imagemMark Tremonti, do Alter Bridge, revela que é grande fã de lendária banda de metal

imagemO que Adrian Smith descobriu ao retornar ao Iron Maiden

imagemO dia que os membros do Black Sabbath foram amaldiçoados por uma seita satânica

imagemShavo Odadjian, baixista do System Of A Down, conta quais álbuns mudaram sua vida

imagemNick Mason relembra a época que o Pink Floyd desastrosamente tentou tocar reggae

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemNicko McBrain, do Iron Maiden, mostra o seu novo (e enorme) kit de bateria

imagemMarcello Pompeu agradece mobilização de fãs

imagemAs composições de Paul McCartney nos Beatles preferidas de John Lennon

imagem"Eu não tinha ideia de quão grande o Maiden iria ficar", diz Bruce Dickinson

imagemIntegrantes do Rush relembram a época que abriram shows para o Kiss, em 1975


Spun in Darkness/Chronic Infect: Split pra quem gosta de Death

Resenha - Sickness Misery and Evoked Doom - Spun in Darkness/Chronic Infect

Por Vitor Franceschini
Em 17/02/15

publicidade

Nota: 8

Excelente split lançado em 2011 pela Rotten Foetus Records, selo underground especializado em Metal extremo. Unindo a banda cearense Chronic Infect e norte-americana Spun in Darkness, a sonoridade encontrada engloba a nata do Death Metal, ambos focados no ‘old school’.

A primeira parte fica por conta dos brasileiros que trazem um som que flerta com o Grind/Splatter (a banda se originou destes gêneros). Com uma sonoridade mais direta e mesmo assim com alternâncias de ritmos, o som cativa pela chama enraizada no Death tradicional.

São sete faixas mais diretas, mas que trazem o mérito de mostrar como a banda sabe explorar seu limite em um tempo curto. Destaque sem dúvidas para Sacrificial Monolith e Invoking the Damnation e sua quebrada estonteante. Apesar de um pouco abafada, a produção é boa e não compromete.

Com uma produção inferior, a banda de Las Vegas Spun in Darkness demonstra um pouco mais de experiência e técnica, pelo menos em termos de execução. Não fosse diferente já que, enquanto a banda americana possui dois álbuns completos gravados, os brasileiros ainda não gravaram um disco oficial.

O Spun In Darkness faz o típico Death Metal norte-americano que ficou famoso com nomes como Malevolent Creation e Massacre. Algumas influências de Thrash Metal também se fazem presentes. Com passagens e quebradas mais intrincadas (inclusive acústicas), a banda soa até mais interessante, mas curiosamente quase sai prejudicada pela produção muito baixa. No mais, é um split que vale à pena conferir. Principalmente por parte dos ‘deathbangers’ (e ainda está em catálogo).

http://www.spunindarkness.com/
https://myspace.com/chronicinfect



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini.