Gama Bomb: Fazendo nome pelo underground mundo afora

Resenha - Terror Tapes - Gama Bomb

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

8


Os norte-irlandeses do Gama Bomb surgiram no auge do ‘revival’ do Thrash Metal, e de lá pra cá fizeram certo nome pelo underground mundo afora. Este "The Terror Tapes" é o quarto trabalho do quinteto e vem para provar o porquê disso.

Lançado no Brasil pela Shinigami Records o trabalho mostra uma banda que não foge dos clichês do Thrash Metal, mas o faz com competência, além de aliar elementos do Hardcore, mesmo se utilizando de muita coesão para tal. A banda não é totalmente Crossover, mas tem um pezinho ali.

publicidade

A banda prima pela velocidade e, com muita coesão, destila riffs rápidos com uma cozinha idem. O vocal de Phill Byrne possui um timbre melódico, nada agressivo, mas também não tão técnico. As letras são ao mesmo tempo ácidas e bem humoradas, uma característica que as bandas atuais do Thrash Metal poderiam adotar.

Dêem uma sacada no título das faixas e me dizem que já não dá pra perceber esse senso de humor: Backwards Bible, Beverly Hills Robocop, Smoke the Blow with Willem Dafoe, The Cannibals Are in the Streets - All Flesh Must Be Eaten e Metal Idiot. Interessantes não?

publicidade

Outro destaque são os backing vocals de Domo Dixon (guitarra) e Joe McGuigan (baixo) que se encaixam perfeitamente nos refrãos. A produção também se destaca, deixando tudo audível e bem equilibrado. Aliás, equilíbrio é o principal fator de "The Terror Tapes". Completam o time Paul Caffrey (bateria) e John Roche (guitarra).

http://www.gamabomb.net/
http://www.facebook.com/gamabomb

publicidade

publicidade


Outras resenhas de Terror Tapes - Gama Bomb

Gama Bomb: digna representante mundial do bom Thrash Metal

Gama Bomb: Um banquete repleto de old-school speed metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Bruce Dickinson: Use Your Illusions? Aquele formato é uma bosta!Bruce Dickinson
Use Your Illusions? Aquele formato é uma bosta!

Sign of the horns: o sinal do DemônioSign of the horns
O sinal do Demônio


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin