Bakken: Metal tradicional e Power Metal de alto calibre

Resenha - World Wide Genocide - Bakken

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Após o ótimo álbum "Death Of A Hero", lançado em 2012, os norte-irlandeses do Bakken retornam com este novo EP "World Wide Genocide" com suas características aliadas a novos elementos e influências.

As regras do Prog MetalMusic Radar: Os maiores frontmen de todos os tempos

Com uma sonoridade mais agressiva e encorpada, o grupo mantém seu Metal tradicional com nítidas influências do Power Metal e leves toques de Thrash Metal. Guitarras mais pesadas com interessantes timbres e uma cozinha mais versátil são os diferenciais.

O vocalista e guitarrista Simon Pickett possui um timbre atípico e em vários momentos conta com apoio de coros gritados nos 'backings' que dão uma aura mais agressiva às músicas. Pickett também é o produtor do disco e conseguiu atingir um ótimo resultado se desvencilhando das produções artificiais do momento.

Judgemente Day que abre o disco de forma empolgante com quebradas interessantes, Inescapable e sua ótima cozinha, além da 'prog' Gaia são os grandes destaques do trabalho. O Bakken é uma grande prova de que o Heavy Metal tem muito a ser explorado ainda. Bom disco!

http://www.bakkenband.com/
https://www.facebook.com/bakkenband




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Bakken"


As regras do Prog MetalAs regras do Prog Metal
As regras do Prog Metal

Music Radar: Os maiores frontmen de todos os temposMusic Radar
Os maiores frontmen de todos os tempos

Anette Olzon: Eu fui demitida exatamente como Tarja também foiAnette Olzon
"Eu fui demitida exatamente como Tarja também foi"

Oito razões pra dormir com um bateristaDiscórdia: alguns dos maiores insultos entre artistasSlipknot: "Quanto menos eu falar de Chris Fehn, melhor"Metal e Literatura: 10 livros e sua trilha sonora

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336