Blackning: Estreando com pé direito e calibrado

Resenha - Order of Chaos - Blackning

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 8


O line-up do Blackning com Cleber Orsioli (vocal/guitarra, Andralls), Francisco Stanich Jr. (vocal/baixo, ex-Woslom) e Elvis Santos (bacteria, Postwar), pode ser considerado um grande time do Thrash Metal paulista. Já que as bandas por quais eles passaram têm certo nome no cenário underground nacional.

Cretin: transexual rompe barreiras no metal extremoSaúde: mais de 60% dos músicos sofrem de problemas mentais

Como seria normal, essa junção gerou um ótimo trabalho e que está registrado neste "Order of Chaos". Sem invencionices ou tentar reinventar a roda, a banda se sai muito bem no que propõe, investindo em um Thrash Metal bem executado, pois é isso que sabem fazer.

Há influências de todas as bandas pelas quais passaram, mas nota-se a busca por uma identidade que é atingida. Percebe-se isso principalmente na preocupação em variar nos riffs e incluir uma dose homeopática de melodia em sua sonoridade. O resultado, sem dúvidas é dos melhores.

Destaques há aos montes e mesmo as músicas soando homogêneas cada uma possui suas próprias qualidades. Thy Will be Done abre o trabalho de forma enérgica, enquanto Unleash Your Hell possui um ótimo refrão e uma letra muito bacana. As rifferamas de Death Row empolgam e Censored Season também se destaca.

Ainda há um ótimo cover para Children Of War do Overdose, o que foi uma escolha acertada e que casou muito bem com o trio paulista. Ainda há um excelente clipe para a já citada faixa Thy Will be Done de brinde. Um álbum muito legal que contém uma arte de capa bem bacana também!

http://www.blackning.com/
https://www.facebook.com/blackningmetal


Outras resenhas de Order of Chaos - Blackning

Blackning: Qualidade impecável de gravação e composiçãoBlackning: Um verdadeiro allstar do thrash nacional



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Blackning"


Metal Nacional: Confira bandas que se destacaram em 2015Metal Nacional
Confira bandas que se destacaram em 2015


Cretin: transexual rompe barreiras no metal extremoCretin
Transexual rompe barreiras no metal extremo

Saúde: mais de 60% dos músicos sofrem de problemas mentaisSaúde
Mais de 60% dos músicos sofrem de problemas mentais

Ultimate Classic Rock: as 25 músicas mais tristes da históriaUltimate Classic Rock
As 25 músicas mais tristes da história

Musas do Metal Nacional: combo de talento e sensualidadeMusas do Metal Nacional
Combo de talento e sensualidade

Versões originais: 10 músicas que foram tomadas emprestadasVersões originais
10 músicas que foram "tomadas" emprestadas

Van Halen: o constrangedor encontro de Eddie com o NirvanaVan Halen
O constrangedor encontro de Eddie com o Nirvana

Led Zeppelin: por dentro do Boeing da banda nos anos 70Led Zeppelin
Por dentro do Boeing da banda nos anos 70


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.