Masterplan: recomeço e uma leve volta às origens

Resenha - Novum Initium - Masterplan

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

8


Após três anos do mediano "Time To Be King", o Masterplan, capitaneado pelo ex-Helloween Roland Grapow (guitarra), retorna com "Novum Initium". O álbum representa um novo começo para a banda, que sofreu a perda de três integrantes chave como Jorn Lande (vocal), Mike Terrana (bateria) e o baixista Jan-Sören Eckert.

Quem pensa que o grupo alemão perdeu com isso se engana, já que os novos membros, Rick Altzi (vocal, At Vance, Epysode, dentre outros), Jari Kainulainen (baixo, ex-Stratovarius) e Martin "Marthus" Skaroupka (bateria, Cradle Of Filth) se saem muito bem e adicionaram muito à sonoridade da banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Resgatando a aura Power Metal, "Novum Initium" talvez seja o disco mais pesado da banda, mesmo contendo boas doses de melodia. Isso fica evidente desde o início do trabalho com as faixas The Game (que tem um forte refrão) e Keep Your Dream Alive e sua cadência com riffs pesadíssimos, e mais um bom refrão. Ouça ainda No Escape, que segue essa linha.

publicidade

A veia Prog Metal continua, mas de forma mais discreta e pode ser sentida em faixas como Pray On My Soul, que tem um quê de AOR escondido ali no fundo. Outro destaque nessa linha é a épica faixa título com seus mais de dez minutos, um show das guitarras e uma ótima variação rítmica.

Não poderia deixar de mencionar o grande trabalho das linhas de teclados. Axel Mackenrott criou ótimas orquestrações e passagens, que só somaram na qualidade das composições. Altzi também se sai muito bem nos vocais, considerando que substituiu um mito. Aliás, sua voz tem o timbre bem parecido com o de Lande. A cozinha é um show a parte, já que Jari é um monstro do baixo e Skaroupka possui uma forte pegada e técnica.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com mais uma primorosa produção do próprio Grapow, no Grapow Studios, situado na Eslováquia, o novo trabalho do Masterplan traz uma banda renovada e com mais energia. O lançamento nacional da Shinigami Records ainda traz dois bônus, que saíram na versão digipack do trabalho.

http://www.masterplan-theband.com/
https://www.facebook.com/pages/MasterPlan/23206109822

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Outras resenhas de Novum Initium - Masterplan

Masterplan: um novo recomeço em grande estiloMasterplan
Um novo recomeço em grande estilo




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Caneta & Walkman: "Masterplan é o Grapow de namorada nova falando o quanto ama a ex"


Roland Grapow: Eu não ouço Power Metal, eu faço Power MetalRoland Grapow
"Eu não ouço Power Metal, eu faço Power Metal"

Power Metal: As bandas mais populares segundo o FacebookPower Metal
As bandas mais populares segundo o Facebook


Guitarra: os melhores solos da história segundo a Guitar WorldGuitarra
Os melhores solos da história segundo a Guitar World

Mulheres no Rock: resistência em um meio machistaMulheres no Rock
Resistência em um meio machista


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Cli336 WhiFin Cli336 Cli336 CliHo