Blues Pills: A nova sensação do Rock clássico mundial

Resenha - Blues Pills - Blues Pills

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Tem uma porção de bandas que se inspiram no Rock setentista atualmente, a maioria delas se saindo bem, outras nem tanto. O fato é que em qualquer tipo de inspiração ou influência, se não impor as próprias características e vestir seu som com uma roupagem atual as coisas dificilmente irão funcionar.

Mike Mangini: um dos bateristas mais rápidos do mundo?Fotos de Infância: Bon Scott, do AC/DC

A banda sueca Blues Pills é a nova sensação do Classic Rock (inclusive no Brasil) e o faz por merecer. Finalmente tendo seu trabalho distribuído aqui pela Voice Music, o quarteto consegue trazer através dos tempos a música pesada dos anos 70, sem deixar as influências de lado e mesmo assim mostrando personalidade.

O disco de estreia logo na primeira audição traz à mente Led Zeppelin, banda com a qual o grupo tem sido comparado, mas se nota uma cozinha a lá Grand Funk Railroad e as bases e solos de Dorian Sorriaux bebem na fonte de Ritchie Blackmore (ex-Deep Puprle, Rainbow).

Mas, se levarmos em conta os vocais de Elin Larsson, que trazem muito de Soul e Black Music, a versatilidade das composições, e os arranjos e estruturas das músicas, estamos diante de uma banda que se limita apenas às influências sem querer voltar no tempo, ou seja, temos em mãos algo quase impossivelmente atual.

Isso sem mencionar o peso, a 'psicodelia', o 'lisergia' e o inevitável Blues que paira durante toda audição deste trabalho muito bem produzido. Seria uma afronta destacar apenas algumas faixas do trabalho, mesmo High Class Woman, Black Smoke e No Hope Left For Me sendo obras primas desse século. A versão nacional ainda contém dois bônus. Memorável!

http://www.bluespills.com/
https://www.facebook.com/BluesPills


Outras resenhas de Blues Pills - Blues Pills

nullnullnull



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Blues Pills"


Feeling: Existe no rock/metal moderno? 7 músicas que comprovamFeeling
Existe no rock/metal moderno? 7 músicas que comprovam

Blues Pills: conheça o novo Led ZeppelinBlues Pills
Conheça o novo Led Zeppelin


Mike Mangini: um dos bateristas mais rápidos do mundo?Mike Mangini
Um dos bateristas mais rápidos do mundo?

Fotos de Infância: Bon Scott, do AC/DCFotos de Infância
Bon Scott, do AC/DC

Slayer: cronologia de Hanneman, da picada da aranha até a morteSlayer
Cronologia de Hanneman, da picada da aranha até a morte

Depressão: 10 músicas que devem ser evitadasSeparadas no nascimento: Amy Lee (Evanescence) e Shione Cooper (atriz pornô)Mötley Crüe: Vince Neil não se desculpou por sexo com namorada de Tom ZutautSammy Hagar: ego fora de controle ou mentiroso descarado?

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.