Buffalo Theory MTL: Som enérgico, com gana e de muito peso

Resenha - Heavy Ride - Buffalo Theory MTL

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Esta banda canadense conta com um brasileiro na sua linha de frente, já que o araraquarense Anton Parr é quem segura as pontas nos vocais. Ao seu lado temos Yannick Pilon (guitarra/vocal), Pat Gordon (guitarra), Gary Lions (baixo) e Brian Craig (bateria).
5000 acessosZakk Wylde: foto do arsenal de guitarras do músico5000 acessosMotorhead: destaques do funeral de Lemmy Kilmister

O som do grupo poderia ser classificado como Southern Metal, ainda mais julgando pela capa e o nome da banda, porém seu som não se resume a essa única vertente do Rock/Metal. Ouvindo “Heavy Ride” detectamos nuances de Rock And Roll, Hard Rock, Stoner Metal e até pitadas de Hardcore.

O que realmente importa é que a banda faz um som enérgico, com gana e de muito peso. Os riffs de guitarras são simples e diretos e possuem um timbre ‘meio’ sujo onde aliado à bateria com pegada e o baixo distorcido transformam o som em uma bigorna.

O trabalho é dividido em duas partes sendo que até a sexta composição as músicas são novas, gravadas no início deste ano. As outras composições foram gravadas ao vivo em estúdio em 2010, e possuem uma gravação levemente inferior. Aliás, a produção do trabalho em geral ficou boa, apesar da simplicidade do encarte.

Heavy Ride, que abre o disco de forma magistral é empolgante, aquele típico Metalzão derruba casa e o refrão já fica na cabeça logo de cara. Monstro com seu baixo brutal na introdução, sujeira total nos riffs e bateria, letra pegajosa, além de Greed Indeed com uma melodia bem interessante são os destaques da primeira parte da bolachinha.

Na segunda parte, onde os roucos vocais de Parr ficaram um pouco lá atrás, a faixa que dá nome à banda, A Thousand Times e a pauleira Doom/Stoner Green Lies dão o toque superior ao vivo em estúdio. Se você aprecia nomes como Down, Chrome Division e Kyuss vai fundo!

http://www.buffalotheorymtl.com

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Buffalo Theory MTL"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Buffalo Theory MTL"

Zakk WyldeZakk Wylde
Foto do arsenal de guitarras do músico

MotorheadMotorhead
Destaques do funeral de Lemmy Kilmister

Iron MaidenIron Maiden
Pastor evangélico tem 172 tatuagens da banda

5000 acessosLars Ulrich: jucando no camarim do Guns N' Roses5000 acessosEm 16/01/1993: o Nirvana fazia um show catastrófico no Brasil5000 acessosMetallica: as 10 melhores músicas segundo a Loudwire5000 acessosIron Maiden: a história por trás de cinco canções clássicas5000 acessosGuitarra: uma homenagem à trilha sonora de Chaves e Chapolin5000 acessosUltimate Classic Rock: Top 10 músicas de Dio

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online