Goatlove: um dos mais influentes músicos do Gothic Rock no Brasil

Resenha - Goats Are Not What They Seem - Goatlove

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


O ex-vocalista da banda Sunseth Midnight, Roger Lombardi, é um dos mais influentes músicos do Gothic Rock no Brasil. Assim que deixou seu antigo grupo, o cantor resolveu explorar o lado mais Hard Rock e Punk do estilo e começou a lapidar o que viria a ser o Goatlove.
5000 acessosRobert Plant: "quase saí do Led quando meu filho morreu"5000 acessosMetromix: a lista dos vocalistas mais irritantes do rock

Recrutado músicos gabaritados, a banda se consolidou com os guitarristas Fábio Gusmão e Marco Nunes, o baixista Renato Canonico (Ancesttral) e Alexandre Watt na bateria. Foi com essa formação que chegaram a este primeiro trabalho e dão um grande passo no cenário alternativo nacional.

"The Goats Are Not What They Seem" possui influências que vão desde The Sisters Of Mercy, passando por HIM até Danzing, porém com uma forte veia Rock and Roll. Roger, que está cantando muito, definiria o som de sua banda como um Goat 'N' Roll, onde o mesmo mantém sua linha grave e limpa cheia de melodias, o que caracteriza seus trabalhos.

Ao mesmo tempo em que temos composições que podem virar hits imediatos, tais como Beautiful Bomb e seu refrão grudento e Kill Somebody, também temos canções que trazem a veia gótica e sombria, como Desperate Passion que nos remete a nomes do Gothic Rock oitentista. Automatic Fire é outro destaque do trabalho e I Don´t Believe agradará aos punks de plantão.

Não há dúvidas que "The Goats Are Not What They Seem" terá um público bem específico, mas eu tenho certeza que fãs de Hard Rock, Glam Metal e afins, além de fãs de Horror Punk mais mente aberta irão assimilar muito bem o que é feito neste primeiro disco do Goatlove, basta arriscar.

http://www.goatloveweb.com/
http://www.facebook.com/goatloveweb?fref=ts
http://www.goatloveweb.com
http://www.myspace.com/goatloveweb
http://www.tramavirtual.com.br/goatlove

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Goats Are Not What They Seem - Goatlove

543 acessosGoatlove: exalando malícia e distorção

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Goatlove"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Goatlove"

Robert PlantRobert Plant
"Quase saí do Led quando meu filho morreu!"

MetromixMetromix
A lista dos vocalistas mais irritantes do rock

Guitar WorldGuitar World
Os 50 guitarristas mais rápidos de todos os tempos

5000 acessosButcher Babies: Conheça o Porn Metal de ex-coelhinhas da Playboy5000 acessosLobão: show mais curto da história do Rock não pertence a ele5000 acessosOrtografia: como deveriam realmente se chamar as bandas?5000 acessosDee Snider: Eddie Van Halen está completamente abilolado5000 acessosGlenn Hughes: Análise vocal do cantor5000 acessosBruno Sutter: ouça em primeira mão o 1º single, "The Best Singer in the World"

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online