Animal House: Prioriza o Metal mas dá espaço a outras influências

Resenha - Limbo - Animal House

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

7


Os paranaenses do Animal House enfrentaram problemas de produção em seu primeiro disco, "First Blood" (2014). Mesmo mostrando um som de qualidade, que prioriza o Metal e algumas influências de Southern, Blues e Rock, quase tudo se perdeu devido à fraca produção.

Angra: Kiko Loureiro relembrando o tempo de DominóVan Halen: o constrangedor encontro de Eddie com o Nirvana

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O novo EP "Limbo" mantém a proposta, mostra uma banda (duo na verdade) naturalmente evoluída, mas que ainda sofre com a produção. Mesmo sendo mais bem timbrada, dessa vez dando o peso que faltava, o som oscila entre tom médio e baixo e soa ainda um pouco embolado, ou seja, ainda faltam alguns ajustes.

Mas, falando sobre as composições, "Limbo" traz M. Animal (vocal/bateria) cantando com mais energia e Paulo On (guitarra) mais técnico e dando mais peso aos seus riffs. Aliás, o peso adicionado neste novo EP foi uma bela cartada e a gana aqui se mostra maior.

Destaque para a ótima faixa Monochromatic que mostra velocidade, melodia e bons solos, o que surpreende pela proposta da dupla. Além das outras duas composições, há um Blues acústico ao vivo (curiosamente com uma produção melhor) com a faixa Middle Finger Blues. Enfim, composições de qualidade, capa belíssima e produção que merece mais atenção. No final, o disco ainda é acima da média.

https://www.facebook.com/ahouseofficial
http://www.reverbnation.com/animalhouseofficial




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Angra: Kiko Loureiro relembrando o tempo de DominóAngra
Kiko Loureiro relembrando o tempo de Dominó

Van Halen: o constrangedor encontro de Eddie com o NirvanaVan Halen
O constrangedor encontro de Eddie com o Nirvana


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor