Matérias Mais Lidas

imagemPaul Di'Anno detona Regis Tadeu após vídeo em que critica seu encontro com Iron Maiden

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977

imagemStjepan Juras retruca comentário de Regis Tadeu sobre reencontro de Di'Anno e Harris

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemZakk Wylde relembra ídolo: "tão relevante quanto Bach, Beethoven e Mozart"

imagemMorre Andy Fletcher, tecladista e membro fundador da banda Depeche Mode

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemMorre Alan White, baterista do Yes e que gravou a clássica "Imagine", de John Lennon

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemEncontro entre Paul Di'Anno e Steve Harris resultou em "algo que será discutido"

imagemA apaixonada opinião de Elton John sobre "Nothing Else Matters", clássico do Metallica

imagemO reencontro entre Steve Harris e Paul Di'Anno na Croácia

imagemA banda de forró que uniu Nenhum de Nós, Legião, Titãs e Paralamas na mesma música


Araraquara Rock: Primeira coletânea do evento

Resenha - Coletânea Seletiva - Araraquara Rock

Por Vitor Franceschini
Em 17/01/16

publicidade

Nota: 8

São 14 edições e a consolidação de um dos maiores festivais de música independente do Brasil. Este é o Araraquara Rock, evento que em 2015 abriu ainda mais as portas para as bandas da cidade criando a seletiva aonde 10 bandas se apresentaram no Teatro Wallace Leal Valentim Rodrigues disputando duas vagas para se apresentarem na edição deste ano.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Além de provar que Araraquara é um pólo forte do Rock/Metal paulista, a seletiva mostrou união entre as bandas que, por consequência, lançaram esta coletânea gravada ao vivo no Estúdio Távola, com produção de Marcelo Tucci. O resultado final é muito acima da média, provando que a música pesada vai bem na Morada do Sol, obrigado.

As bandas aqui vão do Pop Rock ao Grindcore e, por mais que pareça forçado (e não é), todas agradam! Um fator primordial foi a produção igual para todas, não tendo um desnivelamento neste quesito. O que valeu mesmo foram as performances e a Despotic Hate com seu Thrash/Death Metal e a banda Kali com seu Post/Space Rock provaram porque foram as vencedoras. Ambas mostram coesão e músicas muito bem estruturadas, além de empolgantes, cada uma em seu respectivo estilo.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

A Crockdilo Rock e seu Rock típico nacional, Perdas e Danos (quase uma homenagem ao Golpe de Estado, tamanha a influência) e Monstera erguem a bandeira do Rock brasileiro. Os Capial, duo que pratica o Grindcore com temáticas caipiras, soa praticamente Death Metal aqui, enquanto o The Assault prima por seu Thrash versátil.

Hassassins e Vindictus são outras gratas surpresas (afinal este quem vos escreve ainda não as conhecia) partindo para o lado mais alternativo da coisa, sendo que a primeira se auto-rotula Soul Metal. O importante é que este disquinho não só divulga os nomes da cidade, como também é muito gostoso de ouvir. Parabéns aos idealizadores e ao produtor Marcelo Tucci (que está aberto a produzir, mixar e materizar álbuns de bandas de rock interessadas).

https://www.facebook.com/araraquara.rock

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Para adquirir:
https://www.facebook.com/marcelocaraciolotucci?fref=ts

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Garimpeiro das Galáxias: Beldades globais e sua paixão pelo rock


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini.