Matérias Mais Lidas

Angra: banda anuncia turnê para comemorar os 20 anos do clássico RebirthAngra
Banda anuncia turnê para comemorar os 20 anos do clássico "Rebirth"

Jon Bon Jovi: veja-o cantar Here Comes the Sun, hit dos Beatles, na posse de BidenJon Bon Jovi
Veja-o cantar "Here Comes the Sun", hit dos Beatles, na posse de Biden

Eddie Van Halen: ele fez vários fãs queimarem amplificadores ao mentir sobre truqueEddie Van Halen
Ele fez vários fãs queimarem amplificadores ao mentir sobre truque

Kerrang: do grunge ao death metal, 20 álbuns clássicos que farão 30 anos em 2021Kerrang
Do grunge ao death metal, 20 álbuns clássicos que farão 30 anos em 2021

Rock In Rio: Freddie Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 1985Rock In Rio
Freddie Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 1985

Iron Maiden: vaquinha para ajudar Paul Di'Anno a fazer cirurgia ainda não atingiu 25%Iron Maiden
Vaquinha para ajudar Paul Di'Anno a fazer cirurgia ainda não atingiu 25%

Thin Lizzy: você sabe pronunciar o nome de Phil Lynott?Thin Lizzy
Você sabe pronunciar o nome de Phil Lynott?

Lista: 15 covers gravados pelas bandas do Big Four do thrash metalLista
15 covers gravados pelas bandas do Big Four do thrash metal

Pantera: e se Vulgar Display Of Power fosse gravado pelo Metallica?Pantera
E se "Vulgar Display Of Power" fosse gravado pelo Metallica?

New Radicals: a pedido de Biden, reunidos e tocando seu maior hit na posse; vejaNew Radicals
A pedido de Biden, reunidos e tocando seu maior hit na posse; veja

Kiss: análise vocal de Detroit Rock City explica grande alcance de Paul StanleyKiss
Análise vocal de "Detroit Rock City" explica grande alcance de Paul Stanley

Dave Grohl: ele ficou chocado ao ver Lemmy com cueca bizarra em um apartamento nojentoDave Grohl
Ele ficou chocado ao ver Lemmy com cueca bizarra em um apartamento nojento

Rock in Rio 2021: produção aposta em 50% da população vacinada até festival rolarRock in Rio 2021
Produção aposta em 50% da população vacinada até festival rolar

Ultimate Classic Rock: 81 álbuns essenciais que completam 40 anos em 2021Ultimate Classic Rock
81 álbuns essenciais que completam 40 anos em 2021

SOAD: Serj Tankian critica Trump e diz que nunca viu um presidente tão filho da p***SOAD
Serj Tankian critica Trump e diz que nunca viu um presidente tão filho da p***


Matérias Recomendadas

Bizarre Magazine: Quão bizarro era... Ronnie James DioBizarre Magazine
Quão bizarro era... Ronnie James Dio

Iron Maiden: pequena falha em outdoor na Russia em 2011Iron Maiden
"pequena falha" em outdoor na Russia em 2011

Deuses do Rock: o tempo passa para (quase) todos elesDeuses do Rock
O tempo passa para (quase) todos eles

Nicko McBrain: pedal duplo é pra caras como Aquiles PriesterNicko McBrain
Pedal duplo é pra caras como Aquiles Priester

Slipknot: veja a evolução das máscaras de cada integrante da estreia aos dias atuaisSlipknot
Veja a evolução das máscaras de cada integrante da estreia aos dias atuais

Stamp
Tunecore
Malvada

Vulture: boicote ao Mayhem é uma tremenda falta do que fazer

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva
Enviar Correções  

Em Itapetininga, no interior de São Paulo, nasceu a banda VULTURE, formada por Adauto e André Xavier e porYuri e Max Schumann vai fazer uma mini-turnê pelo Nordeste, passando por Natal (sexta, 28), Mossoró (sábado, 29) e Fortaleza (domingo, 30). Em Fortaleza, o produtora do show é a Gino Production, que já trouxe grandes nomes do metal underground pra cidade e já confirmou o ONSLAUGHT para janeiro próximo. A banda paulista divide o palco com a DECOMPOSING e a revelação de 2016, ANKERKERIA. O show acontece no Casarão do Benfica após o término do segundo-turno das eleições municipais. Em Mossoró, a VULTURE é atração da décima edição do festival Valhalla e também divide o palco com cearenses na ocasião. Desta vez, com a DARK SYDE e a CRIOKAR, além da paraibana SODOMA. Conversamos com o guitarrista Yuri Schumann sobre estes shows e pudemos conhecer um pouco mais de tudo o que a banda viveu até agora, "through the eyes of the vulture", e de seus planos para o futuro. Confira logo abaixo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Daniel Tavares: Pra quem não conhece a VULTURE, apresente-se, fale como é o som da banda.

Yuri Schumann: O VULTURE é uma banda de Death Metal do interior paulista, formada pelo Adauto Xavier e seu primo Marcelo Machado no ano de 1995. Com mais de 20 anos de existência, conta com discografia bastante volumosa, com 4 demos até 2002, 2 EPs, 4 álbuns oficiais e um Split Vinil lançado recentemente com a banda MORTAGE (thrash metal de Campinas), além de participações em diversas coletâneas do underground nacional. O som não é do tipo brutal, seguindo a escola sueca noventista, com músicas bem trabalhadas e composições que mesclam elementos dos vários estilos dentro do metal.

Daniel Tavares: Quais são as principais influências de vocês?

Yuri Schumann: As influências são muitas. Seria difícil até citar uma ou outra, uma vez que escutamos e gostamos de quase todos os estilos, porém bandas como HYPOCRISY e DISMEMBER estão entre as que mais nos influenciaram.

Daniel Tavares: Vocês vão estar fazendo uma mini turnê no Nordeste. O que se pode esperar de um show da VULTURE.

Yuri Schumann: O show da VULTURE é a melhor coisa que fazemos como banda. Podemos classificá-lo como energético e visceral. Não colocamos limites na busca da melhor performance possível durante um show, sempre saímos esgotados, pois procuramos dar o melhor.

Foto: Plebe Bar
Foto: Plebe Bar

Daniel Tavares: E como está a agenda, onde ainda vocês devem se apresentar?

Yuri Schumann: Bom, estamos com alguns shows marcados para o final do ano em Santos e Belo Horizonte, mas o foco agora é a mini tour no nordeste.

Daniel Tavares: Fale mais sobre o último álbum, "Abandoned Haunt of Cosmic Hate", como foi a produção, o que vocês acharam da receptividade dos headbangers?

Yuri Schumann: A produção do álbum novo foi diferente da do anterior, no qual não houve participação de outras pessoas. Esse álbum contou com a participação do nosso amigo Glauco Barros nas gravações do instrumental. A capa foi feita pelo renomado Rafael Tavares e a mixagem/masterização ficou por conta do Adauto e do André mesmo. Por enquanto o pessoal tem gostado bastante e elogiado as músicas, mas a divulgação ainda está em curso.

Daniel Tavares: Quais os planos de vocês. Vocês tem quatro CDs lançados, um split em vinil com o MORTAGE. Quais os planos pra um próximo CD, o que vocês pretendem repetir e o que gostariam de fazer diferente?

Yuri Schumann: Já estamos começando a pensar em um próximo álbum. Algumas composições já estão surgindo, porém ainda não fechamos nada sobre o assunto, pois ainda temos muito para divulgar do "Abandoned Haunt of Cosmic Hate".

Daniel Tavares: Vocês já abriram para caras como ENTOMBED AD, ENTHRONED. Como é tocar diante de bandas assim tão cultuadas no underground?

Yuri Schumann: Realmente abrir para essas bandas foi muito legal. É sempre interessante para as bandas autorais do underground brasileiro poder divulgar seus trabalhos para um público mais amplo que comparece a esses eventos com grandes bandas internacionais.

Daniel Tavares: A temática de vocês é bem anti-religião. Recentemente o MAYHEM, um dos ícones do Black Metal, se apresentou no Brasil. Há uma polêmica pelo fato do baterista Hellhammer ter participado de discos de uma banda de White Metal. Até se falou em boicote. O que vocês acham de tudo isso?

Yuri Schumann: Tudo isso é uma tremenda falta do que fazer, pois a melhor forma de se boicotar uma banda é não escutá-la. E se formos julgar membros de bandas que um dia foram cristãos não poderemos mais escutar banda nenhuma, pois 99% deles nasceram e foram criados por família cristã. Então acho melhor não ficar fofocando a respeito do passado dos headbangers ou integrantes de bandas extremas. [risos].


Daniel Tavares: Vocês são do interior de São Paulo. Apesar de ser bem mais perto que Fortaleza, por exemplo, também tem suas próprias dificuldades. Me conte como é a cena da região de Itapetininga, que bandas boas além da VULTURE há por aí, quando tem show em São Paulo de uma banda que vocês curtem, como é que vocês fazem?

Yuri Schumann: A cena underground aqui em nossa cidade é muito boa. Temos um local bem legal para trazer bandas e um pessoal que movimenta os eventos com bandas autorais frequentemente, inclusive com bandas gringas do underground. São Paulo é bem perto, porém um fator que complica a ida aos eventos maiores é a grana mesmo, pois sempre são muito caros, então a galera tem que selecionar as bandas que mais curtem para poder comparecer.

Daniel Tavares: Vocês cantam em inglês, mas o primeiro clipe foi de uma canção em português. E existem em cada álbum uma ou duas canções em português. Como foi isso? Existe o dilema, gravar em português pra passar melhor a mensagem para os brasileiros ou gravar em inglês pra se posicionar melhor e tentar algo na gringa?

Yuri Schumann: Para nós isso não é um dilema, pois já definimos desde o primeiro álbum que haveria músicas em português neles, então vamos fazendo e encaixando as letras e certamente isso ajuda a passar a mensagem para aquele pessoal que ainda não entende em inglês. Penso que o idioma não interfere na mensagem que a banda tenta passar, mas o inglês é mais universal.

Daniel Tavares: Já que falamos do Nordeste, que músicos ou bandas do Nordeste vocês conhecem e apreciam?

Yuri Schumann: Eu particularmente conheço e gosto bastante do som da INNER DEMONS RISE, da HATE EMBRACE, da CANGAÇO e da DARK SYDE, mas existem muitas bandas boas por aí que ainda não tive oportunidade de conhecer.

Daniel Tavares: O espaço é seu. Deixe sua mensagem para os headbangers que conhecem o som da VULTURE e também para aqueles que não conhecem.

Yuri Schumann: Será um grande prazer para nós estarmos aí no nordeste realizando shows e divulgando nosso trabalho. Temos amigos por aí com os quais nos damos muito bem e há um bom tempo já. Estamos realmente ansiosos com a mini tour e esperamos que dê tudo certo para podermos logo agendar outra. Valeu Daniel!!!! Obrigado pelo apoio e espaço!!! Grande abraço a todos!!!


Dead Daisies
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App
Anunciar no Whiplash.Net

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Dane-se Bruce Dickinson: Simone Simons no metrô é muito melhorDane-se Bruce Dickinson
Simone Simons no metrô é muito melhor

Linkin Park: Qual a relação da morte de Chester Bennington com Chris Cornell?Linkin Park
Qual a relação da morte de Chester Bennington com Chris Cornell?


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.