Matérias Mais Lidas

imagemBill Hudson diz que tatuagem pode ter sido entrave para entrar no Megadeth

imagemMarcos Mion conta história de encontro (e manjada) com Bon Jovi no banheiro

imagemO que mais impede Kiko Loureiro de voltar ao Angra? (Não tem nada a ver com o Megadeth)

imagemPhil Campbell conta como era fácil "comprar" Lemmy pra fazer qualquer coisa

imagemQuando Angus Young, do AC/DC, detonou o Led Zeppelin e os Rolling Stones

imagemBeatles: Paul McCartney conta a história por trás de "Ob-La-Di, Ob-La-Da"

imagemEdgard Scandurra, do Ira!, explica atual sumiço do rock nas rádios brasileiras

imagemApós viralizar com anúncio, Harppia revela identidade do novo baixista

imagemAutor de "God Save The Queen", Johnny Rotten diz que sente orgulho da Rainha Elizabeth

imagemA curiosa opinião de Ozzy sobre cover do Metallica para "Sabbra Cadabra"

imagemO erro geográfico na letra de "All Star", música que Nando Reis fez para Cássia Eller

imagemRage Against The Machine vem ao Brasil em dezembro, diz José Noberto Flesch

imagemBruce Dickinson diz o que o surpreendeu quando retornou ao Iron Maiden

imagemOzzy achou que integrantes do Metallica estavam tirando uma com sua cara durante turnê

imagemKiko Loureiro explica por que acha uma merda seu solo de guitarra em "Rebirth"


PRB

Alice in Chains: a triste entrevista final de Layne Staley, ciente de que morreria

Por Igor Miranda
Em 06/04/21

Layne Staley, lendário vocalista do Alice in Chains, perdeu a luta contra a dependência química e nos deixou em 5 de abril de 2002, aos 34 anos. Meses antes, a jornalista argentina Adriana Rubio conduziu uma entrevista com o cantor, que parecia saber que iria morrer.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A entrevista é citada por Adriana como a última realizada por Layne. O bate-papo foi retratado no livro "Layne Staley: Angry Chair", lançado pela jornalista em 2003, também apresentando declarações de familiares e amigos do cantor.

Staley lidou com o vício em drogas durante boa parte de seu período como vocalista do Alice in Chains. Em 1996, a situação dele piorou quando sua noiva, Demri Lara Parrott, faleceu em decorrência de uma overdose.

O cantor se tornou recluso, o que fez o Alice in Chains entrar em hiato, e afundou-se na dependência química. Sua última aparição pública foi em 1998, quando foi a um show solo do guitarrista Jerry Cantrell - e se recusou a subir no palco para uma participação especial.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Sei que estou morrendo"

A entrevista feita por Adriana Rubio e transcrita pelo site Far Out Magazine mostra que, meses antes de sua morte, Layne Staley parecia bem consciente de seu destino. O vocalista chegou a dizer: "Eu sei que estou morrendo. Não estou bem".

Em dado momento, ele chega a pedir para que Adriana não tente conversar com a irmã dele, Liz, sobre sua condição naquele momento. "Não tente falar sobre isso com minha irmã Liz. Ela vai descobrir cedo ou tarde", comentou.

O cantor admitiu que cometeu "um grande erro" quando começou a usar drogas. "Essa m*rda de uso de drogas é como a insulina que um diabético precisa para sobreviver. Não estou usando drogas para ficar doidão, como muitas pessoas pensam. Sei que cometi um grande erro quando comecei a usar essa m*rda. É muito difícil de explicar", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O vício rendeu problemas de saúde bem sérios para Layne, que declarou: "Meu fígado não está funcionando, eu vomito o tempo todo e fico c*g*ndo nas calças. A dor é maior do que você pode suportar. É a pior dor do mundo. A abstinência dói no corpo inteiro".

Novamente, o vocalista insistiu que sabia estar "próximo de morrer". "Usei crack e heroína por anos. Nunca quis acabar com minha vida desse jeito. Sei que não tenho chances. É tarde demais. Nunca quis aprovação do público sobre essa p*rra de uso de drogas", afirmou.

Membros do Alice in Chains "não são meus amigos"

Sem deixar claro os motivos, Layne Staley ainda pediu para que a jornalista não conversasse com nenhum integrante do Alice in Chains. "Não tente contato com nenhum membro do Alice in Chains", solicitou, limitando-se a declarar: "Eles não são meus amigos".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ele ainda comentou que, quando tinha por volta de 20 anos, a música se tornou "sua única obsessão para permanecer vivo". "Era a chance de colocar para fora toda essa raiva por meio da música, para ajudar os outros", destacou.

Muito dinheiro foi investido em tratamentos para resolver a dependência, mas sem sucesso. "Investi muito dinheiro em tratamentos. Sei que fiz o meu melhor ou o que achava correto. Mudei o número do meu telefone. Não quero ver mais as pessoas. E isso é problema meu", concluiu.

O livro "Layne Staley: Angry Chair", que apresenta a entrevista completa e outras declarações de pessoas próximas, não chegou a ser lançado no Brasil. No exterior, ele ganhou uma nova versão, chamada "Layne Staley: Get Born Again".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

imagemAlice in Chains: quando Layne Staley socou um nazi durante um show (vídeo)

imagemAlice in Chains: por que as pessoas tendem a entender Layne Staley do jeito errado

imagemAlice in Chains: quando piada de Layne Staley gerou vaias de 60 mil fãs de Kiss

imagemLayne Staley: algumas das últimas fotos do vocalista

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

imagemAlice In Chains: a opinião do pai de Layne Staley sobre William DuVall

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

imagemMike Portnoy compara 5 de abril com 8 de dezembro e relembra rockstars falecidos

imagem5 de abril: uma das datas mais tristes da história da música pesada

imagemAlice In Chains: Jerry Cantrell diz que está 100% nem aí para os haters da Internet

imagemJerry Cantrell: confira vídeo animado de "Siren Song", lançado nesta quarta-feira

imagemAlice In Chains: como era a cena de Seattle na época do grunge, segundo Jerry Cantrell

imagemAlice In Chains: de Bee Gees até Iron Maiden, as bandas que influenciaram Jerry Cantrell

imagemJerry Cantrell elogia Elton John; "Um talento incrível e um ser humano lindo"

imagemAlice In Chains: todos os álbuns, do pior para o melhor, em lista da Metal Hammer

imagemLista: cinco bandas de rock e heavy metal que possuem mais de um vocalista

imagemTúnel do Tempo: 100 grandes músicas lançadas na inesquecível década de 90

imagemDream Theater: de U2 a Pantera, as influências de "Six Degrees Of Inner Turbulence"

imagemLoudwire: 50 álbuns de rock and roll e heavy metal que completarão 30 anos em 2022

imagemAlice In Chains: como a combinação entre Jerry Cantrell e Layne Staley deu tão certo

imagemDe Alice In Chains até Darkthrone, 15 álbuns que completarão 30 anos em 2022

imagemAlice In Chains: a curiosa origem do nome da banda, segundo Jerry Cantrell


Grunge: o top cinco dos membros substitutos



Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.