Samsara Blues Experiment: leia entrevista exclusiva

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva
Enviar Correções  

O Akasha é o princípio original, espaço cósmico, o éter dos antigos, o quinto elemento cósmico (quintessência), a quinta ponta do pentagrama. É o substrato espiritual primordial, aquele que pode se diferenciar. Segundo a teosofia relaciona-se com uma força chamada Kundalini. Eliphas Levi o chamou de luz astral. E é no Akasha que a banda alemã SAMSARA BLUES EXPERIMENT diz morar. Formada por Christian Peters (guitarras, vocais, sintetizadores e um monte de outras coisas), Hans Eiselt (baixo) e Thomas Vedder (bateria), a banda é uma das principais atrações do festival de aniversário de 5 anos da Abraxas, que acontece entre os dias 13 e 14 de outubro, respectivamente em São Paulo e Rio de Janeiro. Os alemães chegam ao Brasil com seu som psicodélico para fazer a galera viajar sem sair do lugar. Conversamos com Chris sobre o show e vários outros assuntos, entre eles, os colegas de cartaz, EYEHATEGOD. E recebemos dele uma promessa: vamos tocar material inédito também.

Helter Skelter: a música que Charles Manson "roubou" dos BeatlesMetal norueguês: as dez melhores bandas segundo o About.com

Foto: Instagram
Foto: Instagram

Daniel Tavares: Em primeiro lugar, o que as pessoas podem esperar de seus shows no Festival Abraxas, no Rio e em São Paulo, mas também em Palmas e Brasília?

Christian Peters: Bem, espero que sejam os melhores shows possíveis do SAMSARA BLUES EXPERIMENT. Nós tocamos uma seleção do que consideramos ótimas músicas ao vivo, bem como algumas músicas novas que não foram lançadas até agora.

Daniel Tavares: EYEHATEGOD é o co-headliner do festival. E vou fazer a eles a mesma pergunta sobre você. O que você tem a dizer sobre eles? Você gosta da música deles?

Christian Peters: Eu tenho que ser honesto, não. Falando por mim mesmo, a música deles não é minha praia. Eu posso entender porque algumas pessoas podem gostar delas, mas honestamente esse tipo de música não é o que você encontraria no meu player a qualquer momento. Eu até chegaria a ouvir bandas pesadas de Doom como GOATSNAKE ou YOB, também porque elas parecem ter uma atitude mais positiva em relação à vida em geral, mas na verdade eu não sou de ouvir tanta negatividade como na maior parte das bandas de SLUDGE. A vida pode ser difícil, ok, mas eu acho que é muito mais necessário manter uma atitude positiva, apesar de toda a merda que possa estar acontecendo neste mundo. Eu posso entender porque algumas pessoas estão com muita raiva ou com medo ou o que seja, mas na verdade, sentimentos negativos (ou vibrações) só levam a mais negatividade.

Daniel Tavares: Você seria capaz de explicar esse gosto por músicas longas e quase instrumentais? Até o EP "Waiting for the Flood" tem mais de 40 minutos de duração, muito mais do que muitos álbuns completos de bandas.

Christian Peters: Mais uma vez, para ser honesto com você, agora nossas novas músicas serão um pouco mais curtas. Nós não somos apenas necessariamente uma banda com músicas longas. As pessoas podem nos ver assim, mas também sempre tivemos músicas mais curtas. E para ser honesto, o álbum "Waiting ..." - é o meu menos favorito de tudo que fizemos. Parecia bom naquela época, mas hoje em dia não somos mais uma jam band. É mais sobre a composição em si, e ... se a composição exige um certo tamanho, você vai lá ...

Daniel Tavares: Como você viu a reação a "One With The Universe" até agora?

Christian Peters: Eu acho que as pessoas gostaram dele. E o que é mais importante, a banda e eu ainda estamos muito felizes com esse álbum.

Daniel Tavares: E o que o futuro reserva para o SAMSARA BLUES EXPERIMENT e você já pode nos dizer? Planos para um novo álbum, algum DVD, alguma turnê onde vocês nunca tocaram antes?

Christian Peters: Podemos tentar gravar um novo álbum no próximo ano, mas também pode ser em 2020. Não tenho certeza, temos cerca de 4 ou 5 novas músicas, mas você nunca sabe o que vai acontecer, então não posso ser muito específico. Nós pretendemos fazer uma turnê mais longa na Europa no próximo ano, mas é o que temos por enquanto, eu acho.

Daniel Tavares: Essa é uma pergunta que sempre faço a todos os meus entrevistados: o que você sabe sobre a música brasileira? Existe alguma banda ou músico brasileiro que você goste, que ouça em sua casa ou que tenha tido alguma influência na sua carreira?

Christian Peters: Eu amo o primeiro disco dos SECOS & MOLHADOS e TIM MAIA em particular, mas também ANTONIO CARLOS JOBIM e muitos dos antigos estão regularmente no meu player. Na minha juventude eu também era um grande fã do SEPULTURA, e eu também curto algumas das novas bandas de rock psicodélico/clássico como NECRO (!) E PSILOCIBINA que eu acabei de lançar em minha gravadora Electric Magic.

Daniel Tavares: Obrigado pela entrevista. Agora, por favor deixe uma mensagem para nossos leitores e todos os seus fãs brasileiros.

Christian Peters: Bom, pessoal ... estes podem ser tempos confusos, também pelo que eu ouço sobre o que está acontecendo com o processo eleitoral no Brasil etc. Mas, nunca esqueça que nós amamos você e, para citar outra banda alemã, "a coisa mais suave do universo supera a coisa mais dura do universo ", então mantenha seu espírito positivo e vamos nos divertir nos próximos shows!

Abraxas Fest 2018 em São Paulo

Data: 13 de outubro de 2018
Horário: a partir das 17 horas
Bandas: Eyehategod, Samsara Blues Experiment, Noala, ITD
Local: Fabrique Club
Endereço: Rua Barra Funda 1071 - Barra Funda/SP
Ingresso: R$ 120 (primeiro lote antecipado) até a véspera do show, online (com taxa de serviço)
Venda física (sem taxa de conveniência):
Yoga Para Todos (Rua Doutor Cândido Espinheira, 156 – Perdizes) - (11) 94314-7955
Volcom (Rua Augusta, 2490 - apenas em dinheiro) - (11) 3082-0213
Loja 255 na Galeria do Rock - (11) 3361-6951
Ratus Skate Shop (Rua Doná Elisa Fláquer, 286 - Centro, Santo André) - (11) 4990-5163
Na Hora: R$ 140
Censura: 16 anos

Abraxas Fest 2018 no Rio de Janeiro

Data: 14 de outubro de 2018
Horário: a partir das 18 horas
Bandas: Eyehategod, Samsara Blues Experiment, Pantanum, Jupiterian
Local: Cais da Imperatriz
Endereço: Rua Sacadura Cabral, 145 - Centro/RJ
Ingresso: R$ 100 (primeiro lote antecipado)
Venda física (sem taxa de conveniência):
Rocksession (Rua Conde de Bonfim, 80, loja 3 - subsolo - Tijuca) - 3168-4934
Tropicália Discos (Praça Olavo Bilac, 28 - Sala 207 - Centro) - 2224-9215
Hocus Pocus DNA (Rua 19 de fevereiro, 186 - Botafogo) - 3452-3377
Inside Rock (Avenida Amaro Cavalcanti, 157 - Méier) - 3985-8040
Sempre Música Catete (Rua Corrêa Dutra, 99; sobreloja 216 - Catete) - 2265-6910
Na hora: R$ 120
Censura: 16 anos



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Helter Skelter: a música que Charles Manson roubou dos BeatlesHelter Skelter
A música que Charles Manson "roubou" dos Beatles

Metal norueguês: as dez melhores bandas segundo o About.comMetal norueguês
As dez melhores bandas segundo o About.com


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin