Michale Graves: dois álbuns do Misfits em turnê no Brasil; Confira entrevista.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Daniel Tavares
Enviar correções  |  Ver Acessos

Quem vai se apresentar no Brasil a partir desta semana não é o MISFITS. É MICHALE GRAVIS, uma de suas mais icônicas vozes, que isso fique claro de início. No entanto, com dois álbuns da maior banda de horror punk da história (e primeira no estilo) no setlist, é óbvio que não dá pra desviar o foco da banda formada em Lodi, Nova Jersey, em 1977. Embora a formação clássica dos MISFITS inclua o baixista Jerry Only e o vocalista Glenn Danzig, foi com Michale GRAVES que a banda de horror punk de Nova Jersey rompeu as barreiras do underground. Micheal Emanuel entrou na banda em 1995, sem sequer conhecê-la antes porque Jerry Only queria uma mudança conceitual e fugir do que DANZIG tinha originalmente em mente. Não se pode dizer que ocorreu mesmo essa mudança em conceito, mas, a partir da presença de Michale e com um maior investimento em marketing em diversos meios (até histórias em quadrinhos), a banda foi catapultada a um nível de sucesso que não atingira anteriormente. Hoje, o MISFITS é considerado não apenas uma das maiores bandas de Punk Rock que já existiram, como também um precursor do Thrash Metal, já tendo sido homenageada pelo METALLICA e até pelos GUNS N' ROSES. Michale não ficou muito tempo na banda, mas o suficiente para lançar dois de seus maiores sucessos: os albuns "American Psycho" (1997) e "Famous Monster" (1999). Michale está chegando ao Brasil para tocar ambos na íntegra, além de material próprio. A turnê passará por 12 cidades, começando hoje em São José dos Campos e incluindo Rio de Janeiro, São Paulo e Fortaleza, trazido por produtoras como Venus Concerts, EV7 e Empire. Em Fortaleza, penúltima data da turnê, além de Gravis e sua banda, sobe ao palco a MATANZA INC. (reformulação do MATANZA após a saída de Jimmy London). Conversamos um pouco com Michael Emanuel (esse é o verdadeiro nome de Graves) e esse papo você confere logo abaixo.

Raimundos: Digão questiona Joelma após ela usar jaqueta de bandas punkMetallica: a evolução de James Hetfield ao longo dos anos

Foto: Site oficial
Foto: Site oficial

Daniel Tavares: O que os fãs do Michale Graves e dos Misfits podem esperar dos shows no Brasil?

Michale Graves: Os fãs podem esperar que eu toque o 'American Psycho" e o "Famous Monsters". Será uma noite de ótima música e grande performance.

Daniel Tavares: Você vai trazer algo de sua carreira solo ou realmente se concentrar em "American Psycho" e "Famous Monsters"?

Michale Graves: O foco está nos dois registros que fiz com o The Misfits. Os álbuns evocam um personagem diferente e cantar esses discos também é um novo desafio. Eu tocarei algumas das minhas músicas solo na parte do encore da noite.

Daniel Tavares: Qual destes dois álbuns você pode dizer que gosta mais?

Michale Graves: Eu realmente gosto de "Famous Monsters". Das imagens nas músicas às melodias, é o meu favorito.

Daniel Tavares: Como você se sente vindo ao Brasil? O que você mais gosta no nosso país?

Michale Graves: Eu me sinto muito bem vindo ao Brasil. A última vez que cheguei à sua parte do planeta eu estava em uma época muito diferente da minha vida. Relembrar esses momentos e a música que eu estava fazendo ... tocando com Marky Ramone e re-lançando minha carreira através de música acústica ... o que eu estava passando pessoalmente em minha vida naquela época em comparação a onde estou agora me permite muito visão clara da minha vida ao longo da última década. Que jornada! É uma das razões pelas quais o tempo parece certo para celebrar e executar estas músicas agora mesmo.

Daniel Tavares: Você gosta de ir à praia? Você conhece Fortaleza, uma das cidades que você visitará na turnê tem algumas praias famosas? Será que vamos ver o famoso monstro em alguma praia famosa?

Michale Graves: Você está de brincadeira...? Eu amo a praia ... eu amo a água. Eu absolutamente amo surfar e nadar.

Daniel Tavares: Você recebeu algumas ameaças do Jerry Only recentemente. Você gostaria de falar sobre isso? Tudo bem se você não quiser.

Michale Graves: Eu acho que se Jerry Only e John Cafiero... os Misfits... estivessem mais interessados em colaboração do que em litígios, as coisas seriam muito melhores. O que aconteceu parece ser como se eu não fosse sincero com o público... com os fãs e que eu fizesse parecer que eu faço parte da banda ou que eles aprovem o que eu faço. Jerry Only e John Cafiero ficam muito chateados quando os promotores locais usam o logo The Misfits em panfletos e cartazes para o show de Michale Graves. Esses caras poderiam me ligar no telefone e resolver as coisas. Em vez disso, eles me ameaçam através de advogados. A verdade é que eles são talentos muito medíocres e tem se valido da criatividade e trabalho duro de outras pessoas. Ambos ... mas especialmente John Cafiero. Ambos desejam muito ser vocalistas e compositores, mas se você olhar para o trabalho que eles fizeram nos últimos 20 anos, verá como eles são medíocres.

Daniel Tavares:E quais são seus planos para o futuro? O que você trará para nós depois dessa turnê?

Michale Graves: Vou gravar um novo disco em julho. Mike Krompass vai produzi-lo e eu planejo sair para a turnê do outono na América em algum momento de setembro.

Daniel Tavares: Além do Punk Rock, que outro gênero de música você gostaria de fazer? Você se veria em uma banda de rock progressivo?

Michale Graves: Eu realmente amo escrever música e ouvir música. Eu amo música gospel americana... country-rock... RnB... Pop... Eu realmente amo Metal e músicas dos anos 80 e assim por diante... Eu apenas amo música.

Daniel Tavares: E os músicos brasileiros? Esta é uma pergunta que faço a todos os meus entrevistados. Existe algum artista ou banda brasileira que você goste, que ouça em sua casa ou que tenha tido alguma influência sobre sua carreira?

Michale Graves: Não posso dizer que conheço músicos brasileiros. Me perdoe .

Daniel Tavares: Agora, vamos terminar com uma mensagem. Por favor, convide todos os nossos leitores para vê-lo no palco em algumas das cidades que você será durante esta turnê.

Michale Graves: Não perca a chance de ouvir American Psycho e Famous Monsters ao vivo no palco por mim e minha banda em uma cidade perto de você. Confira todas as datas em www.michalegraves.com. Aproveite também os pacotes VIP onde eu toco acústico só para você! Vejo todos vocês em breve!

Confira abaixo todas as datas da turnê Sul Americana e, se houver um show em sua cidade ou próximo, corra.

16.06 - São José dos Campos, Brasil @ hocus pocus
18.06 - Paranaguá, Brazil @ barões clube
19.06 - Curitiba, Brasil @ John Bull
20.06 - Rio de Janeiro, Brazil @ Circo Voador
21.06 - Belo Horizonte, Brazil @ Mister Rock
22.06 - São Paulo, Brazil @ Carioca Club
23.06 - Limeira, Brazil @ Bar do Montanha
25.06 - Brasilia, Brazil @ Toinha Show Brazil
26.06 - Florianopolis, Brasil @ CELULA SHOW CASE
27.06 - Caxias do Sul, Brazil @ Shiva
29.06 - Fortaleza, Brazil @ Armazem
30.06 - Recife, Brazil @ Estelita




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Michale Graves"Todas as matérias sobre "Misfits"


Raimundos: Digão questiona Joelma após ela usar jaqueta de bandas punkRaimundos
Digão questiona Joelma após ela usar jaqueta de bandas punk

Behemoth: Nergal vai pro mosh pit do Misfits, cai e se machucaBehemoth
Nergal vai pro mosh pit do Misfits, cai e se machuca

Halloween: dez clássicos do Heavy Metal para curtir a dataHalloween
Dez clássicos do Heavy Metal para curtir a data

Misfits: Doyle se vê obrigado a fazer meet & greet por uma merreca pelas baixas vendasMisfits
Doyle se vê obrigado a fazer meet & greet por uma merreca pelas baixas vendas

Doyle: Lars tem grana, e processou o Napster para ajudar músicos fodidos como eleDoyle
Lars tem grana, e processou o Napster para ajudar músicos fodidos como ele


Metallica: a evolução de James Hetfield ao longo dos anosMetallica
A evolução de James Hetfield ao longo dos anos

Vocalistas: cantora clássica analisa cinco ícones do Heavy MetalVocalistas
Cantora clássica analisa cinco ícones do Heavy Metal

Slash: Alucinações, sexo, dinheiro e armas de fogo no auge do vícioSlash
Alucinações, sexo, dinheiro e armas de fogo no auge do vício

Iron Maiden: Rachel Sheherazade é uma grande fã da bandaIron Maiden
Rachel Sheherazade é uma grande fã da banda

Humor: Você sabe que o rock está moderninho quando...Humor
Você sabe que o rock está moderninho quando...

Em 10/02/1998: Axl Rose é detido por causar tumulto em aeroporto do ArizonaEm 10/02/1998
Axl Rose é detido por causar tumulto em aeroporto do Arizona

Metallica: A passagem bíblica que inspirou Creeping DeathMetallica
A passagem bíblica que inspirou "Creeping Death"


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336