WHIPLASH.NET - Rock e Heavy MetalWHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal

FacebookTwitterRSSYouTubeInstagramApp IOSApp Android
MenuBuscaReload

Matérias de Felipe Kahan Bonato

Felipe Kahan Bonato: Nascido em 88, há mais de 10 anos - por enquanto - escuta praticamente qualquer subgênero de rock e metal, explorando principalmente bandas mais desconhecidas. Teve contato tardio com a guitarra, seu instrumento preferido, optando então em seguir a carreira de Engenheiro de Produção e em contribuir esporadicamente com resenhas no Whiplash.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Seções com matérias de Felipe Kahan Bonato

Resenhas de CDs e DVDsResenhas de ShowsMaiores e Melhores

Resenhas de CDs e DVDs

Lance King: Um bom conceito e um bom álbum Theocracy: Aquém de seu álbum anterior Astral Doors: Retomando as raízes da banda Voodoo Circle: Uma boa evolução em seu hard rock Turisas: Folk/ sinfônico cada vez mais espetacular In Extremo: Folk comercial, mas na média Holy Goats: Um classic rock atual de alta qualidade Sparzanza: Estilo duvidoso e de sucesso injustificado Cauldron: Heavy Metal Old School que precisa amadurecer Hurtsmile: Vocal do Extreme em projeto um pouco inusitado Vhäldemar: Power rasgado digno de maior reconhecimento Motorjesus: Uma mistura cheia de vigor e bem acessível Pushking: Um disco de hard rock merecidamente estrelado Emerald Sun: Bom álbum, mas ainda falta um pouco Forgotten Tales: Orquestrações nem sempre surpreendem Ken's Dojo: Hard rock e metal com pitadas de AOR e prog Ten: Ainda investindo em seu AOR sinfônico Bad Habit: AOR cativante e muito consistente Hell In The Club: outra boa revelação do hard rock Bonfire: comemorando em grande estilo aniversário da banda Murderdolls: Joey Jordison à vontade com seu horror-rock Treat: Hard rock épico brilhante da banda sueca Sirenia: Oscilando entre o gótico e o sinfônico Skull Daze: Esforço desnecessário em um hard muito estrito The Storm: Um grande disco de AOR injustamente engavetado My Darkest Days: Sonoridade óbvia e nada carismática Jettblack: A Inglaterra também tem hard rock de qualidade Barbe-Q-Barbies: ritmo incessante vindo da fria Finlândia Firewind: Mesma tendência melódica de seu álbum antecessor Charm City Devils: Aposta segura (até demais) de Nikki Sixx

Mr. BigMr. Big
Grande volta da formação clássica aos estúdios

Watchmen: Outro petardo do Whitesnake argentino Hinder: Uma grande mescla de estilos em seu terceiro álbum XXX: outra promessa do hard rock sueco Prime Suspect: Bom disco do padronizado AOR europeu Kickhunter: erros em detalhes que fazem a diferença Kissin' Dynamite: Os pupilos de Udo mostram seu valor Hollywood Groupies: Garotas fazem um Sleaze surpreendente Mystic Prophecy: Ainda tentando se acertar sem Gus G. Armored Saint: versátil e mais leve que o de costume Icarus Witch: tentando acertar o caminho no terceiro álbum El Dragón: Power Metal pegajoso com temática política Wicked Temptation: reavivando o clássico hard n' heavy Six Magics: muito uniforme, mas também muito bom Chun Qiu: mostrando que a China também pode fazer metal Fozzy: fugindo do que a banda fazia de melhor em novo álbum Killrape: outro bom nome do Thrash Metal nacional Asia: novo álbum com alguns lampejos do passado Charred Walls Of The Damned: mais que cópia do Iced Earth White Wizzard: repetição descarada do heavy tradicional Shining: mistura indigesta de progressivo e jazz Pretty Maids: boa viagem pela carreira da banda Firecracker: em sua estreia, com um nome equivocado Kalmah: saindo dos rígidos padrões do Melodic Death Crashdiet: após dez anos, precisando voltar aos trilhos Crazy Lixx: hard rock revisitado, mas original e atual Pain of Salvation: evoluindo e flertando com o clássico Danzig: um álbum de heavy rock médio e sem deslizes Krokus: mais um grande disco em sua carreira Mekong Delta: mostrando que Metal também é arte Keel: um melhor retorno seria impossível Rock Sugar: uma interessante mescla de clássicos Resenha - Volume 4: Songs in the Key of Love & Hate - Puddle of Mudd Audiovision: power metal cristão de muita qualidade Ratt: um bom retorno dos veteranos do hard norte-americana Dream Evil: sofrendo com as mudanças de guitarristas? Bruce Kulick: "BK3", mais que um mero ex-integrante do Kiss Wig Wam: rock n' roll que não para um segundo

Resenhas de Shows

Pain Of Salvation: Uma noite magnífica em São Paulo Guns N' Roses: apesar da rouquidão, um grande show em SP

Maiores e Melhores

Hard Rock e AOR: site elege melhores de 2010 (em inglês)