Matérias Mais Lidas

imagemA simpatia de James Hetfield ao conversar com pais de bebê que nasceu durante show

imagemComo Max Cavalera aprendeu inglês tendo abandonado a escola aos 12 anos de idade

imagemMalmsteen ameaça cancelar show por que vocalista Jeff Scott Soto estava no local

imagemMetallica faz doação para complexo de saúde e educação em Curitiba

imagemJonathan Davis, do Korn, explica qual seu problema com o Cristianismo

imagemApós resposta de Malmsteen, Jeff Scott Soto rebate guitarrista e diz que deseja paz

imagemKirk Hammett relembra "Metallica x Napster": "avisamos todo mundo o que aconteceria"

imagemOzzy Osbourne é visto caminhando com dificuldade ao sair de estúdio

imagemConfira as músicas que o Iron Maiden está ensaiando para turnê que passa pelo Brasil

imagemRobert Trujillo conta como uma abelha e "migué" quase causaram treta com James Hetfield

imagemVocalista do Gwar diz que integrantes do Maiden são "um bando de velhas britânicas"

imagemKiko Loureiro defende surgimento de banda que seria "Greta Van Fleet do Iron Maiden"

imagemLuciano Hang processa vocal do Fresno e quer indenização de R$ 100 mil por danos morais

imagemO segredo da longevidade do baixista do Guns N' Roses tem inspiração nos Stones

imagemMalmsteen diz que Jeff Scott Soto foi expulso de seu show porque não pagou entrada


Stamp

Ratt: um bom retorno dos veteranos do hard norte-americana

Resenha - Infestation - Ratt

Por Felipe Kahan Bonato
Em 06/06/10

Nota: 8

O RATT é uma banda de hard rock norte-americana que atingiu seu auge nos anos 80. Após uma série de rumores sobre um novo álbum e de muitas mudanças na formação da banda, com idas e vindas do vocalista Stephen Pearcy, finalmente chega ao mercado "Infestation", marcando o retorno do grupo.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Sem lançar um álbum de inéditas desde "Ratt", de 1999, é inevitável a curiosidade sobre o direcionamento da musicalidade da banda e sobre a performance dos músicos. No caso do RATT, os músicos não se retiraram da cena e se envolveram com outros projetos durante o hiato, o que com certeza deve ter feito a diferença, uma vez que não há queixas a se fazer sobre o desempenho individual dos integrantes.

Quanto ao disco, "Infestation" é um CD até certo ponto datado, com o melhor do hard rock oitentista melódico e técnico, apesar da certa modernidade que as músicas assumiram, sendo trabalhadas cuidadosamente e bem produzidas. A pegada bluesy permanece, com o forte destaque das guitarras.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Merecem menção as faixas "Best Of Me", bem animada, a vibrante e clássica "Little Too Much" e "As Good As It Gets", com um ar ALICE COOPER, cadenciada e ritmada, além da interessante e pesada "Look At Below".

O peso típico que o RATT imprimia em seu hard rock, até mesmo em decorrência da época em que surge, em que as bandas de hard se misturavam com as de metal, também continua em algumas faixas como em "Garden of Eden", "Eat Me Up Alive" e "Take a Big Bite".

Em resumo, trata-se de um bom disco, mas que não surpreende aqueles que já admiravam a banda. Em se tratando de um retorno após tanto tempo, o álbum supera as expectativas, apesar da falta de uma boa balada. Agora é torcer para que o próximo álbum não demore tanto como o "Infestation".

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Formação:
Stephen Pearcy - vocal
Carlos Cavazo - guitarra
Robbie Crane - baixo
Warren DeMartini - guitarra
Bobby Blotzer - bateria

Faixas:
1 - Eat Me Up Alive
2 - Best of Me
3 - A Little Too Much
4 - Look Out Below
5 - Last Call
6 - Lost Weekend
7 - As Good As It Gets
8 - Garden of Eden
9 - Take a Big Bite
10 - Take Me Home
11 - Don't Let Go

Gravadora: Loud & Proud / Roadrunner
Site oficial: http://www.therattpack.com/


Outras resenhas de Infestation - Ratt

Resenha - Infestation - Ratt

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

PRB
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Paulo Baron: Empresário é recebido por Stephen Pearcy em sua casa


Para entender: o que é glam metal?

Top 20: discos recentes de bandas clássicas tão bons quanto os antigos

Exodus: "Dokken e Ratt OK, mas Enuff Z'Nuff é uma merda"



Sobre Felipe Kahan Bonato

Felipe Kahan Bonato: Nascido em 88, há mais de 10 anos - por enquanto - escuta praticamente qualquer subgênero de rock e metal, explorando principalmente bandas mais desconhecidas. Teve contato tardio com a guitarra, seu instrumento preferido, optando então em seguir a carreira de Engenheiro de Produção e em contribuir esporadicamente com resenhas no Whiplash.

Mais matérias de Felipe Kahan Bonato.