Charred Walls Of The Damned: mais que cópia do Iced Earth

Resenha - Charred Walls Of The Damned - Charred Walls Of The Damned

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Felipe Kahan Bonato
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


O CHARRED WALLS OF THE DAMNED é um projeto do baterista Richard Christy, que passou pelo DEATH e pelo ICED EARTH. Além dele, a banda conta com outras feras, como Tim “Ripper” Owens, o bom baixista Steve DiGiorgio e, nas guitarras, Jason Suecof, produtor do TRIVIUM. Dessa união, tem-se o álbum auto-intitulado e que se baseia em um bom e variado heavy metal.
5000 acessosOzzy Osbourne: 25 coisas que você não sabe sobre ele5000 acessosLed Zeppelin: 10 músicas para ouvir quando estiver na fossa

Apesar de 3 integrantes terem passado pelo ICED EARTH, e mesmo tocando um estilo semelhante, o grupo consegue claramente se desvincular e imprimir sua personalidade em músicas bem diferentes entre si, que primam por seu peso e pelo ótimo trabalho dos integrantes. Ora a banda investe em sons mais extremos, com ótimos riffs que tendem ao death ou ao thrash e uma batera não menos intensa, ora cadencia e aborda mais um power metal mesmo.

Especificamente, “The Darkest Eyes” é uma amostra de um início matador, com um solo acelerado e um refrão grandioso, enquanto que “Manifestations” é mais sombria e extrema. A acelerada “Blood On Wood”, por sua vez, reduz sua agressividade no refrão levemente animado. Já em “Fear In The Sky”, um exemplo de que mesmo nos momentos mais lentos, a banda não perde o peso. Destaque também para as excelentes “Ghost Town” e “From The Abyss”, que têm belas harmonias entre os instrumentos e os vocais, além da técnica e suntuosa “Voices Within Walls”.

Sem dúvida, o resultado obtido em “Charred Walls Of The Damned” é resultado da experiência de seus músicos, que souberam muito bem se organizar nessa banda e criar grandes músicas. Individualmente, não é possível destacar nenhum, com todos em perfomances inspiradas e coesas. Os únicos pecado da estreia são a curta duração do disco, de 9 faixas e certa de 35 minutos, e principalmente a falta de certeza em relação a futuros trabalhos dessa grata surpresa. Ainda mais pra mim - que pessoalmente acho o ICED EARTH meio repetitivo, um álbum surpreendente e muito bom. E que venham outros assim!

Integrantes:
Tim "Ripper" Owens - Vocais
Jason Suecof - Guitarra
Steve DiGiorgio - Baixo
Richard Christy - Bateria

Faixas:
1. Ghost Town
2. From The Abyss
3. Creating Our Machine
4. Blood on Wood
5. In A World So Cruel
6. Manifestations
7. Voices Within The Walls
8. The Darkest Eyes
9. Fear In The Sky

Gravadora: Metal Blade Records

Site oficial: myspace.com/charredwallsofthedamned

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Charred Walls Of The Damned"

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
25 coisas que você talvez não saiba sobre o Madman

Led ZeppelinLed Zeppelin
10 músicas para ouvir quando estiver na fossa

Rock vs SertanejoRock vs Sertanejo
A diferença dos gêneros no mercado musical brasileiro

5000 acessosAxl Rose: vocalista diz que Slash o forçava a fazer shows5000 acessosBlaze Bayley: "é melhor ser ex do Iron que do A-HA"5000 acessosRammstein: Eles foram processados por canibal de Rotenburg5000 acessosNirvana e Iron Maiden: Kurt Cobain era fã da Donzela de Ferro5000 acessosVersão metal: "Ela quer Pau", do MC Pikachu, em versão metal5000 acessosIron Maiden: Doogie White fala sobre audição para a banda

Sobre Felipe Kahan Bonato

Felipe Kahan Bonato: Nascido em 88, há mais de 10 anos - por enquanto - escuta praticamente qualquer subgênero de rock e metal, explorando principalmente bandas mais desconhecidas. Teve contato tardio com a guitarra, seu instrumento preferido, optando então em seguir a carreira de Engenheiro de Produção e em contribuir esporadicamente com resenhas no Whiplash.

Mais matérias de Felipe Kahan Bonato no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online