Audiovision: power metal cristão de muita qualidade

Resenha - Focus - Audiovision

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Felipe Kahan Bonato
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 7

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


O AUDIOVISION foi idealizado como um projeto solo, em 2003, pelo vocalista sueco Christian Liljegren, membro do NARNIA e do DIVINEFIRE. No debut da banda, marcam presença diversos convidados, enquanto que para seu segundo CD, "Focus", lançado em 2010, houve a formação de uma banda fixa, devido até mesmo aos convites para shows recebidos após a estréia do grupo.

Tragédias: 10 das piores ocorridas em shows de Rock e MetalRestart: Trecho de "Enter Sandman" do Metallica no VMB 2010

A banda sueca executa um power metal com letras que abordam o cristianismo. Em "Focus", merecem destaque a empolgada e acelerada "Invitation", a melódica "Keep The Fire Burning", a bem trabalhada "We Are Not Alone" e "We Will Go", que parece cheia de improvisos. Em relação às faixas lentas, apenas "The Gate" se salva, sendo uma bela composição, enquanto que "Fruit of Love" e a instrumental "In Focus" são ligeiramente entediantes.

A dificuldade com o segundo álbum seria manter o nível de "The Calling", com músicas inspiradas e a colaboração de grandes convidados (BRUCE KULICK e JEFF SCOTT SOTO, por exemplo). No entanto, o AUDIOVISION como banda propriamente dita mostra que os músicos fixos conseguiram o alinhamento necessário para manter a sonoridade da banda e o nível das composições (mesmo com a ligeira vantagem do álbum de estréia).

No entanto, os mesmos problemas observados no primeiro CD permanecem. Sem fanatismos e, em se tratando de metal cristão, as letras das músicas merecem atenção especial e, no caso, da banda deixaram e continuam deixando a desejar, com rimas demasiadamente simples e sem muita profundidade. De qualquer forma, houve uma melhoria e a mensagem é passada, mas poderia ser melhor trabalhada.

Contando com uma das melhores vozes do metal cristão, é indicado para os fãs do gênero. Para aqueles que não conhecem nenhuma banda do estilo ou nenhuma bem produzida, vale a pena conferir. No entanto, ao levar o AUDIOVISION para o ambiente "secular", percebe-se que o mesmo não oferece nenhuma grande novidade, a não ser pela temática. Apesar disso, em se tratando de qualidade, o grupo não fica muito atrás da maioria das bandas e mostra que tem potencial para continuar evoluindo.

Formação:
Christian Liljegren - Vocais
Torbjörn Weinesjö - Guitarra
Simeon Liljegren - Baixo
Thomas Weinesjö - Bateria
Olov Andersson - Teclado

Faixas:
1. Invitation
2. Keep The Fire Burning
3. We Are Not Alone
4. The Son Will Come
5. You Are The Reason
6. Fruit Of Love
7. We Will Go
8. I Will Belong To You
9. The Way
10. The Gate
11. Focus

Gravadora: Ulterium Records

Site official: http://www.myspace.com/audiovisionsweden




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Audiovision"


Tragédias: 10 das piores ocorridas em shows de Rock e MetalTragédias
10 das piores ocorridas em shows de Rock e Metal

Restart: Trecho de Enter Sandman do Metallica no VMB 2010Restart
Trecho de "Enter Sandman" do Metallica no VMB 2010

Megadeth: as 10 maiores tretas de Dave MustaineMegadeth
As 10 maiores tretas de Dave Mustaine

Religião: Top 10 citações sobre Deus e o DiaboDeep Purple: o riff de "Smoke on the Water" foi criado por Tom Jobim?Anvil: Lips quase desmaiou quando McCartney reconheceu a bandaSammy Hagar: pedindo desculpas ao Van Halen em programa da Oprah

Sobre Felipe Kahan Bonato

Felipe Kahan Bonato: Nascido em 88, há mais de 10 anos - por enquanto - escuta praticamente qualquer subgênero de rock e metal, explorando principalmente bandas mais desconhecidas. Teve contato tardio com a guitarra, seu instrumento preferido, optando então em seguir a carreira de Engenheiro de Produção e em contribuir esporadicamente com resenhas no Whiplash.

Mais matérias de Felipe Kahan Bonato no Whiplash.Net.