Matérias Mais Lidas

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemEdu Falaschi descobriu que seu primo famoso tem mais seguidores que ele no Instagram

imagemIggor Cavalera diz que reunião da formação clássica do Sepultura seria incrível, mas...

imagemDave Mustaine, eufórico, compara James LoMenzo com Cliff Burton

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"

imagemNovo clipe do Megadeth foi filmado no litoral de São Paulo, veja fotos

imagemQuando Jimi Hendrix chamou Eric Clapton para subir no palco e afinar sua guitarra

imagemQuando Fiuk achou que iria apanhar do Chorão, do Charlie Brown Jr.

imagemJoão Gordo diz que não torce pela seleção brasileira de futebol

imagemTravis Barker, do Blink-182, é hospitalizado às pressas e filha pede orações

imagemCuecão de couro: Rob Halford posa com suas "great balls of fire" em camarim

imagemCinco nomes do heavy metal que já gravaram músicas do ABBA

imagemVeja diz que David Coverdale só passa vergonha nas redes sociais

imagemKerry King explica por que não assumiu o posto de guitarrista do Megadeth


Stamp

Quando Chorão, do Charlie Brown Jr, quase levou porrada do Rick Bonadio

Por Bruce William
Em 28/05/22

Neste corte, o produtor musical, compositor, empresário e multi-instrumentista Rick Bonadio explica para Rogério Vilela, do podcast Inteligência Ltda, como era a relação dele com Chorão do Charlie Brown Jr.

Tudo começou quando Vilela perguntou para Rick se a amizade dele com o Chorão era no mesmo nível da amizade que ele mantinha com Dinho, do Mamomas Assassinas, e Rick responde: "Cara, com o Chorão foi uma amizade até mais forte porque foram muitos anos. O Dinho era muito meu amigo mas assim, o Chorão a gente viveu bons e maus momentos, briga etc, mas a gente nunca se desrespeitou. Na vez que a gente iria sair na porrada ele falou 'não Riquinho, não tem nada a ver a gente brigar'".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vilela ri e pergunta "chegou neste ponto", e Rick conta o que aconteceu: "Ele estava gravando no meu estúdio e eu estava na gravadora, ele tava puto com alguma coisa e pegou um microfone meu e tacou no chão. Aí um engenheiro (de som) me ligou, peguei o carro e a gente ia sair na porrada, eu estava cego de raiva, puto pra caralho. Mas daí ele falou 'Não, não, eu vou comprar outro microfone', e daí a coisa virou zoeira (risos). Não brigamos nada, nunca passou pra coisa do 'seu filho da puta', nunca teve um xingo, nem nada".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Rick deixa bem claro que a relação que mantinha com Chorão era bem profunda: "Eu tinha uma relação meio espiritual com o cara, sonho com ele até hoje, foi muito importante na minha vida". Vilela comenta que Chorão tinha um temperamento muito forte, uma coisa pra bem e pro mal. "Pra criação é maravilhoso mas pra vida traz um peso", e Rick explica: "Ele era um cara em conflito. Era um cara muito bom, muito bacana, coração muito bom que queria ajudar as pessoas e de fato queria fazer tudo certo, mas era explosivo, tinha um pouco de achar que todo mundo queria passar ele pra trás".

Vilela pergunta se seria meio que uma síndrome de perseguição, Rick diz que talvez fosse e completa: "Mas ele tinha um agradecimento muito grande por mim e eu tinha um carinho muito grande por ele assim, sabe era familiar até. Então nunca passou do limite tal".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O episódio completo da participação de Rick Bonadio no podcast Inteligência Ltda pode ser visto no player abaixo.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net



publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William.