Matérias Mais Lidas

imagemBruno Valverde diz que preconceito contra ele veio mais da igreja do que dos metaleiros

imagemRegis Tadeu se garante e não retira uma palavra do que disse sobre Di'Anno e Iron Maiden

imagemPaul Di'Anno detona Regis Tadeu após vídeo em que critica seu encontro com Iron Maiden

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemGeezer Butler, Heavy Metal e a clássica canção do Black Sabbath inspirada por Jesus

imagemA inesperada música do Whitesnake que serviu de inspiração para "Carry On" (Angra)

imagemHelloween divulga vídeo de "Best Time", com participação de Alissa White-Gluz

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977

imagemEpisódio de Stranger Things 4 relembra Ozzy Osbourne e a "mordida do morcego"

imagemDavid Coverdale diz que hit "Is This Love" seria gravada por Tina Turner

imagemIggor Cavalera manda ver em "Dead Embryonic Cells" ao vivo; confira drumcam

imagemAC/DC: Angus Young recorda como fazia para ouvir rock em seus tempos de garoto

imagemMetallica libera vídeo da clássica "Fight Fire With Fire" ao vivo em Belo Horizonte

imagemQuando Chorão, do Charlie Brown Jr, quase levou porrada do Rick Bonadio


Stamp

Charlie Brown Jr: Chorão criticou Restart dias após tratá-los bem em camarim

Por Igor Miranda
Em 26/04/21

Há uma década, o Restart estava no auge de sua popularidade. Formada em 2008, a banda apresentava uma sonoridade pop rock com influência do emo, também em alta no Brasil naqueles tempos, mas com visual colorido e abordagem ainda mais adolescente.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O fenômeno de popularidade provocado pelo álbum de estreia do Restart, homônimo, lançado em 2009, gerou incômodo entre os roqueiros de "velha guarda". Enquanto a banda fazia shows lotados e conquistava disco de platina pelas mais de 100 mil cópias vendidas no país, nomes consagrados do gênero faziam críticas - por vezes, pesadas - ao jovem grupo de "happy rock".

Um deles foi Chorão. Durante shows do Charlie Brown Jr, o saudoso vocalista, falecido em 2013, passou a entoar frases como "rock de camisa preta" e "rock é preto e branco" em indireta ao Restart e outras bandas do movimento.

A situação deixou Pe Lu, ex-vocalista e guitarrista do Restart, um tanto surpreso. O motivo? Hoje atuando como produtor e DJ de música eletrônica, o músico revelou em entrevista ao podcast Falacadabra, do ilusionista Felipe Barbieri, que Chorão começou a criticar o Restart, indiretamente, pouco tempo após ter conhecido os integrantes da banda pessoalmente e sido gentil com eles.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Pe Lu comentou sobre Chorão após ser perguntado se alguém que ele curtia acabou falando mal dele, de forma desnecessária. "Vivemos isso com o Chorão. Ele não falou diretamente da gente, mas ele estava doidão em um show e remeteu algo, do tipo: 'rock é preto e branco'. Um mês antes, a gente estava em um camarim com ele. E ele foi gente boa ao máximo", afirmou, conforme transcrito pelo Whiplash.Net.

Na ocasião em que conheceu os integrantes do Restart pessoalmente, o vocalista do Charlie Brown Jr teve uma abordagem do tipo "paizão", dando conselhos aos jovens músicos - o que só aumentou o espanto por parte de Pe Lu com relação à atitude tomada pelo cantor semanas depois.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Fiquei: 'c***lho, o cara foi mó gente boa...' E não pela educação, mas porque ficamos trocando ideia. Ele falou umas coisas legais. Tipo: 'toma cuidado com as paradas, com sucesso'. Meio paizão até", declarou o ex-Restart.

Por fim, ele pontuou: "Isso me fez pensar: 'caramba... qual a necessidade de atacar?'. Um mês atrás, estávamos lá, juntos".

O trecho do podcast Falacadabra em que Pe Lu fala sobre Chorão e outros músicos veteranos do rock que criticaram o Restart pode ser conferido no vídeo abaixo.

Restart: após uma década, como está garota do meme "puta falta de sacanagem"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp



Exodus: "Rick Rubin é uma verdadeira fraude", diz Gary Holt


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.