Murray e Smith falam sobre novo do Iron Maiden

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Fonte: Iron Maiden Brasil
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 08/07/06. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Tradução: Jefferson Camargo

Confiram trechos de entrevista à revista Metal Hammer.

615 acessosDuplas de guitarristas: Loudwire elenca suas dez melhores5000 acessosKing Diamond: Alguém já o viu sem a maquiagem?

METAL HAMMER GR - No novo álbum existem canções diretas, mas a maior parte delas parecem ser complicadas e longas. Tenho a impressão de que vocês estão tentando redescobrir o rock progressivo Britânico de um álbum para o outro...

DAVE MURRAY - A verdade é que tem muita coisa no novo álbum, muitas notas e muitas passagens complicadas. Você sabe, isso é natural pra gente. O Maiden é uma das poucas banda que se dá ao luxo de fazer exatamente o que quer. Nos últimos dois álbums chegamos muito perto do progressivo e saiu natural, não fingimos que era como tal. O mesmo aconteceu nesse álbum. A maioria das canções saíram longas e complicadas e neturalmente nós mantivemos elas porque representam o Maiden. Steve era um grande fã de prog e se você olhar em cada álbum, especialmente de The Number Of The Beast pra frente, lá estão canções assim. Eu acho que alguns de nossos fãs ficarão surpresos quando ouvirem o álbum, eles encontrarão novos elementos, mas eles encontrarão coisas que soarão como Maiden desde a primeira nota.

METAL HAMMER GR - Mais uma vez vocês trabalharam com Kevin Shirley, um fato que firma mais ainda o relacionamento de vocês. Vocês diriam que Kevin Shirley está se tornando um novo Martin Birch pra vocês?

ADRIAN SMITH - Sim, eu diria. Com Martin nós trabalhávamos num nível espetacular, não só pelo lado técnico. Ele podia conceber o que é o Maiden e tirava o melhor de cada um de nós até o talo. Sim, eu diria que a situação é comparável.

DAVE MURRAY - Eu concordaria, o espírito durante as gravações foi bem similar mesmo a quando estávamos gravando com Martin. A coisa mais importante é que a música sai sem precisar fazer força. Martin se aposentou há muitos anos atrás, então não poderíamos trabalhar com ele de novo. Kevin é a melhor escolha que poderíamos ter feito.

METAL HAMMER GR - Nos diários de Kevin Shirley, ele escreveu que quando colocou as mixagens finais pra vocês ouvirem até o Adrian estava feliz. Posso presumir que você é o membro mais "difícil" da banda, Adrian?

ADRIAN SMITH - (rindo) As pessoas dizem que eu sou um perfeccionista, que eu quero que tudo esteja perfeito. Às vezes eu sou bem inflexível numa passagem e eu quero tentar ela de novo e de novo até que soe perfeita aos meus ouvidos - e às vezes esse tipo de fixação acaba sendo boba. Os últimos dois álbums foram gravados bem rápidos e em algumas ocasiões eu acreditava que algumas coisas não estavam perfeitas. Você sabe, solos longos, três guitarras, muitos solos, eu sempre tinha a impressão de que alguma coisa escapou de mim. Então, quando acabamos de trabalhar no novo álbum, eu sentia que as coisas podiam ter sido feitas de um jeito melhor. Felizmente, no entanto, aquilo mudou quando eu ouvi as gravações, que eu achei infalíveis.

METAL HAMMER GR - Há uma canção no álbum chamada "The Reincarnation Of Benjamin Breeg". Dave, você escreveu essa canção junto com Steve. Quem é esse cara afinal?

DAVE MURRAY - Boa pergunta mas eu temo que não poderei te dar uma resposta. Steve escreveu as letras dessa e pelo que ele me disse, Benjamin é uma pessoa da imaginação dele, ele é o homem-mistério... Poderíamos fazer um concurso pela internet pra ver quem esse cara é, hipotéticamente.

METAL HAMMER GR - Vocês usaram todo o material para esse álbum ou algumas das músicas foram rejeitadas, e poderiam ser usadas em singles, etc?

DAVE MURRAY - Tudo o que escrevemos foi para o álbum. Não somos uma daquelas bandas que escrevem 20-30 músicas e depois decidimos quais vão ou não. Trabalhamos muito duro em cada canção e queremos que tudo esteja perfeito. Para o novo álbum compusemos 72 minutos de música e nada ficou de fora...

ADRIAN SMITH - Exceto, claro, os 4 "covers" que fizemos e que saírão em singles.

METAL HAMMER GR - Bem, que "covers" são esses? Vocês não fazem algo assim faz muito tempo. No passado vocês "tiravam covers" de outras bandas.

ADRIAN SMITH - Sim, o que você está dizendo é verdade, mas não me pergunte por quê, já que eu te juro que não sei. As canções que "tiramos cover" são "Tush" do ZZ Top, "Space Truckin" do Deep Purple, "Angel Of Death" do Thin Lizzy e "Hocus Pocus" do Focus.

METAL HAMMER GR - Estou muito curioso pra saber a performance do Bruce nessa última...

DAVE MURRAY - (rindo) Este "cover" não tem vocais, melhor dizendo, ela não tem os vocais que alguém estaria esperando. Nicko faz alguns, mas com certeza não do jeito que você espera ouvir. No geral, nós adoramos "tirar covers". Nós temos nossos heróis e queremos honrar a eles. Quando as gravações estão terminadas nós improvisamos em cima de nossas canções favoritas pra relaxar, e se elas acabarem soando legal, nós as guardamos...

METAL HAMMER GR - Este álbum, como todos os seus álbums, é cheio de solos. Já que vocês estão aqui, se importariam de dizer pra mim quem é que vai solar e quando?

ADRIAN SMITH - Não é tão difícil como parece. Nós todos trazemos nossas sugestões, nossos solos e experimentamos eles. Não há algum tipo de competição entre nós, graças a Deus...Os solos existem pra deixar as músicas mais bonitas e nós sempre temos idéias de como isso irá acontecer.

METAL HAMMER GR - Steve Harris disse que o Maiden deixaria de existir depois de terem lançado o 15º álbum. AMOLAD é o 14º; vocês já começaram a pensar na vida após o Maiden?

DAVE MURRAY - O fim do Maiden é uma realidade que teremos que encarar um dia. Não podemos fechar os olhos pra isso. Antigamente, o Maiden tomava 100% do nosso tempo e por anos a fio nós estávamos no ciclo de "álbum-tour-álbum-tour". Recentemente, isso mudou. Nós temos tempo para outras atividades também e o Maiden é só uma parte de nossas vidas. Claro que, eu dou pelo menos 5 anos ainda e não se esqueça que têm as turnês de despedida. A primeira, a segunda, a terceira e por aí vai...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Iron MaidenIron Maiden
Steve Harris assiste show do Metallica no Canadá

615 acessosDuplas de guitarristas: Loudwire elenca suas dez melhores1107 acessosBruce Dickinson: voando em um bombardeiro da II Guerra Mundial0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Iron Maiden"

Álbuns de estreiaÁlbuns de estreia
O Top 10 da história do Rock/Metal

Iron MaidenIron Maiden
As 10 melhores músicas com Nicko McBrain

Iron MaidenIron Maiden
Crianças cantam "Flight Of Icarus" em campanha

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Iron Maiden"

King DiamondKing Diamond
Alguém já viu Kim Petersen sem a maquiagem?

Axl RoseAxl Rose
Um dos vocalistas com maior alcance

Death MetalDeath Metal
Menina de 6 anos detona no America's Got Talent

5000 acessosSteve Vai: O dia em que ele foi humilhado por Chimbinha5000 acessosTotal Guitar: os melhores e piores covers da história5000 acessosPaulo de Castro: Baixos, guitarras, calcinhas, e pinball do Kiss?5000 acessosRafael Serrante: Ele invadiu o palco do Maiden no Rock In Rio4746 acessosUdo: vocalista conta porque não tem mais relações com o Accept5000 acessosBlack Sabbath: 35 anos do acidente de "Trashed"

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online