Alter Bridge: Análise vocal de Myles Kennedy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Danilo F. Nascimento, Fonte: ABB
Enviar correções  |  Ver Acessos

Myles Richard Kennedy (nascido em Boston, em 27 de novembro de 1969) é um músico norte-americano, conhecido por ser o vocalista e guitarrista rítmico da banda Alter Bridge e também por ser o vocalista do atual projeto solo de Slash.

Fotos de Infância: SlayerFotos de Infância: Jon Bon Jovi

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Kennedy cresceu em Spokane (Washington DC), onde morava em uma fazenda com sua família cristã. O jovem começou a tocar trompete aos 10 anos de idade, pulando para a guitarra quando completou 15 anos.

Suas maiores influências neste período eram Led Zeppelin, Marvin Gaye, Stevie Wonder e John Sykes.

Ao ouvir os discos de Stevie Wonder e Marvin Gaye de seus pais, o jovem Myles começou a cantar, tentando emular a voz dos músicos. Ele tocou guitarra e trompete na banda de jazz de sua escola, além de ter participado de uma banda de heavy metal chamada Bittersweet.

Em 1988, após se formar no ensino médio, Myles se matriculou na universidade Spokane Falls Community College, no curso de música. Após se formar, Myles tornou-se professor de música, tendo ensinando diversos jovens a tocar guitarra.

Em 1990, Myles integrou a banda de jazz Cosmic Dust, onde era o guitarrista principal.

Em 1993, Myles Kennedy entrou para a banda Citizen Swing, onde era o vocalista e guitarrista do grupo.

Já em 1996, o músico formou o The Mayfield Four, banda de rock alternativo que lançou dois álbuns de estúdio e um EP. Myles era o guitarrista, vocalista e principal compositor do grupo.

Em 2004, Myles se juntou a Mark Tremonti para formar aquela que viria a ser considerada uma das melhores bandas da atualidade, o Alter Bridge. E o resto da história todos nós conhecemos.

Embora seja originalmente um guitarrista por formação, Myles é um estupendo cantor, capaz de transitar com tranquilidade por regiões graves, médias e agudas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E o principal responsável pela performance técnica e consistente de Myles como vocalista, é o profissional Ron Anderson. Profissional responsável por ministrar aulas de técnica vocal para inúmeros cantores norte-americanos.

Abaixo é possível conferir o relato de Myles acerca de sua preparação com Ron Anderson:

O vocalista declara: "É como se o Ron tivesse me dado as chaves de um castelo. Ele foi fundamental, não apenas por desbloquear o potencial da minha voz e do meu alcance, como também por ajudar a conseguir expressar aquilo que eu realmente sentia ao cantar, a minha interpretação melhorou consideravelmente. Ele estendeu minha carreira".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em outro vídeo, o vocalista diz: "Eu aprendi uma técnica de como respirar corretamente e como segurar e posicionar o meu palato mole e a minha língua. Mas eu não faço isso há 20 anos, eu cantava errado, noite após noite. Mas com a utilização dessa técnica, chamada Bel Canto, eu pude melhorar e passei a controlar melhor as regiões médias, bem como a utilização de minha voz de peito transgredindo para a voz de cabeça".

Nota do autor 1: Palato mole é o tecido mole que constitui a parte de trás do céu da boca.

Nota do autor 2: Bel canto é uma tradição vocal, técnica e interpretativa da Ópera italiana a qual originou no fim do Século XVII e alcançou seu auge no início do Século XIX durante a era de ouro da ópera. O bel canto, durante muito tempo, foi visto apenas como uma escola que enfatizava, acima de tudo, o mero virtuosismo vocal, em detrimento do drama e do canto expressivo. A base técnica do bel canto reside na ênfase do controle da respiração, no aperfeiçoamento do legato, na precisão e flexibilidade da coloratura, na ausência de transições bruscas entre os registros, no controle sobre uma longa extensão vocal (com um registro agudo bastante desenvolvido e de fácil emissão) e na capacidade de construir a situação dramática pela própria linha melódica e pelos atributos vocais.

Nota do autor 3: A voz de peito ressoa mais na cavidade torácica, ou seja, no nosso peito, até mais ou menos a altura da boca e ela será sempre a sua voz mais grave.

Nota do autor 4: Já a voz de cabeça irá ressoar para cima do nariz até as cavidades do rosto, como as cavidades maxilares (nas maçãs do rosto) ou frontais (na testa perto das sobrancelhas) e ela será uma voz aguda, fina e mais suave.

Além do bel canto, Myles Kennedy utiliza bastante sua voz mista (união entre voz de peito e voz de cabeça) e surpreende também ao utilizar sua voz "na máscara".

Um dos assuntos mais controversos na história do canto é a ação dos seios da face no som, tanto que foi alvo de uma palestra do Prof. Dr. Johan Sundberg em sua passagem pelo Brasil. Por séculos se especulou que eles serviriam como amplificadores, mas, o que dizem os estudos mais recentes sobre o assunto?

Os seios da face, ou, seios paranasais, são cavidades cheias de ar no nosso crânio. Quem sofre com sinusite conhece bem. Veja o vídeo abaixo com um animação mostrando onde ficam.

Na história do canto encontramos muitos tratados e métodos elencando essas cavidades como amplificadores da voz, elas seriam caixas acústicas para nosso som, e deveriam ser exploradas para gerar mais volume na voz.

Porém, essa ideia mudou quando cientistas começaram a fazer experimentos preenchendo as cavidades de cadáveres com leite, cimento, etc., e percebendo que elas não amplificavam coisa alguma, até que mais recentemente descobriram, por meio de modelos, que além de não amplificar o som, elas reduzem a intensidade de certas frequências, criam resistência no sopro de ar e "roubam" o som. O que descobriram é que os seios da face são na verdade, abafadores do som, e não amplificadores.

Mas e a famosa "voz na máscara" tão utilizada no canto lírico e pelo próprio Myles Kennedy?

"Voz na máscara" é uma expressão utilizada por muitos professores de canto para denominar a sensação de vibração na altura dos seios da face durante o canto. Em alguns métodos de pedagogia vocal, "colocar a voz na máscara" projeta o som da maneira ideal para o canto, principalmente na ópera.

Outra técnica muito utilizada por Myles Kennedy é o belting, que é uma técnica vocal utilizada para se produzir uma voz mais clara projetada, em volume alto e notas musicais agudas e extremamente agudas sem danificar as cordas vocais. Pode-se dizer que o belting é a forma saudável de gritar aplicada ao canto.

Para produzir o belting, Myles projeta o som para a frente na sua boca. O som precisa literalmente estar na frente da sua boca, saindo da máscara do seu rosto. Em seguida, o vocalista deixa a sua boca bem aberta ao emitir sons e notas.

Em entrevista concedida em 2005, o vocalista dissecou a sua voz e falou também sobre suas influências. Confira:

Quais os seus cantores favoritos?

Myles: Al Green, Stevie Wonder, Marvin Gaye, Jeff Buckley, Robert Plant, Bon Scott, Chris Whitley, KD Lang.

Como você desenvolveu o seu estilo?

Myles: Eu queria fundir meus elementos favoritos dos cantores de rock e alma em algo que eu poderia chamar de meu. As inflexões de Stevie Wonder com as qualidades crescentes de alguém como Buckley.

Jeff Buckley tem algo a ver com seu estilo vocal?

Myles: Com certeza. Era a sua intensidade emocional que me inspirou mais do que tudo. Além disso, Jeff veio em um momento a maioria dos cantores não estavam usando o seu registro superior. Sua abordagem me ajudou a aceitar o fato de que eu era um tenor. Devo esse cara muito.

Que tipos de barreiras vocais você encarou ou teve de superar nas fases iniciais do desenvolvimento de sua voz?

Myles: Resistência. É como pegar uma mangueira de água e espremê-lo de modo que a pressão da água é diminuída. Eu tive que aprender a me abrir e deixar que toda a água passasse através de mim, por assim dizer. Quando isso aconteceu, minha faixa e tom melhorou dramaticamente.

Então, quais foram alguns dos elementos chave para você e para o desenvolvimento de sua própria voz e aprimorar suas habilidades como compositor e vocalista?

Myles: O segredo é sempre continuar aprendendo. Estou sempre tentando melhorar. Eu nunca estou satisfeito. Estou sempre tentando descobrir novos artistas e ideias que me inspiram, que me levem para algum lugar que não fui.

O que você fez para diferenciar a sua voz de Mayfield Four para Alter Bridge?

Myles: Passei muito mais tempo trabalhando a técnica para garantir que a minha voz aguentasse a intensa turnê. Com Mayfield, muitas vezes éramos a banda de abertura. Isso significava que tínhamos apenas um tempo de 30 minutos para 40. Com o Alter Bridge, É mais de uma hora e meia de material exigente. Mas, minha abordagem tem diferença entre as 2 bandas, eu não acho que eu estava consciente de mudar meu estilo nem nada. Meu estilo tinha praticamente tomado forma no momento em que Mark me chamou.

Você tem alguma dica ou segredos para lidar com uma dor de garganta?

Myles: Vaporizadores podem ajudar. Eu acho que o melhor conselho é todas as medidas preventivas. Eu evito qualquer coisa que enfraquecerá o meu sistema imunológico. Álcool, açúcar, pão branco, falta de sono, tudo isto são coisas que seu corpo simplesmente não gosta. Eu sei que não soa muito rock and roll. Eu sei que seria legal ouvir sobre como eu bebo um quinto de uísque antes de eu subir no palco e depois ficar todos festejando a noite. Mas a qiestão é que eu sei que um fã está gastando seu dinheiro suado do nosso show e a última coisa que eu quero fazer é ficar doente. Por que eles deveriam chegar ao fim do negócio por causa da minha incapacidade de realizar devido ao meu estilo de vida rock and roll.

Características vocais de Myles Kennedy:

Timbre: Tenor
Alcance: B?1-D6 (4 oitavas)

Notas altas significativas (The Range Place):

D6 ("Traveling Riverside Blues" live Glasgow 2008)

C6 ("Brand New Start" live Brixton Academy 2008, "Immigrant Song" live Las Vegas 2013, "Traveling Riverside Blues" live St. Pete Florida 2008)

B?5 ("Brickhouse" live SFCC 1993, "Done Got Wise", "Shuddershell", "Traveling Riverside Blues" live)

A5 ("Beatin Round The Bush" live NY Dec.31 2014, "Coming Home" live Italy June 2008, "Communication Breakdown" live Borgata Music Box May 2010, "Get It Together", "Kashmir" live, "Traveling Riverside Blues" live)

G?5 ("Burn" live Glasgow Hydro December 2014, "Get It Together", "Immigrant Song" live Ram's Head 2009 , "Never Born to Follow", "Voice & Guitar Solo" Bofest 2009)

G5 ("Back In Black" live NY Dec.31 2014, "Communication Breakdown" live Warfield 2010, "By The Sword" live, "Guitar-Vocals Battle" live Hong Kong 2010, live NY Dec.31 2014, "It's So Easy" live Mexico 2013, "Sick And Wrong")

F?5 ("Breakthrough", "Burn" live Glasgow Hydro December 2014, "Far and Away", "For Those About To Rock" live NY Dec.31 2014, "Guitar-Vocals Battle" Warfield 2010, "Hells Bells" live NY Dec.31 2014, "Immigrant Song" live Sun City 2013, "It's So Easy" live Gorge Amphitheater 2014, "Never Born To Follow", "Nightrain" live, "No Quarter" live Spokane June 2008, "The Ocean" live June 2008, "Stand Up And Shout", "Reigns Over Me", "Rock and Roll" live London 2005, "Summergirl", "Voice & Guitar Solo" Bofest 2009, "Words Darker Than Their Wings")

F5 ("12/31", "All Ends Well", "Breathe Again", "Carry On", "Communication Breakdown", "Fall That Hard", "For Those About To Rock (We Salute You)" live Grand Rapids 2004, "Immigrant Song" live Ram's Head 2009 ,"Lover" live Stockholm 2013, "Rocket Queen" live, "Stand Up And Shout", "You Could Be Mine" live)

E5 ("Back In Black" live NY Dec.31 2014, "Beatin Round The Bush" live NY Dec.31 2014, "Blackbird" live Amsterdam 2009, "Breakthrough", "Dirty Deeds" live NY Dec.31 2014, "Dirty Girl", "Dreamer", "Eden (Turn The Page)" live Bofest 2009, "Fallout (Alter Bridge)", "Fall That Hard", "Freakshow", "Girls Got Rhythm" live NY Dec.31 2014, "Highway To Hell" live NY Dec.31 2014, "Hungerstrike" live, "In Loving Memory" live Brixton Academy 2008, "Lyla", "Night Prowler" live NY Dec.31 2014, "No Quarter" live Spokane June 2008, "Mercy Rub", "Mississippi Queen" live Biloxi May 2012, "Not for Me", "Shoot To Thrill" live NY Dec.31 2014, "Sin City" live NY Dec.31 2014, "Standing In The Sun", "Starlight", "Whole Lotta Rosie" live NY Dec.31 2014, "You Shook Me All Night Long" live NY Dec.31 2014, "30 Years To Life" live Hard Rock Casino 2014)

E?5 ("Battleground", "Bleed It Dry", "Calm the Fire", "Crazy Life", "Down To My Last", "Farther Than The Sun", "Flatley's Crutch", "Halo", "Hard and Fast", "Iris of The Storm", "Just That Way", "Let It Roll" live HOB Boston July 2013, "Loose Cannon", "Love Is Enough", "Lover", "Make It Right", "Mars Hotel", "My Michelle" live NZ Christchurch 2012, "Nightrain" live Manchester 2010, "Realign", "Rock and Roll" live London 2005, "Rocket Queen", "Stone Blind", "Speed Parade" live, "Sweet Child o' Mine" live, "The Unholy", "Too Far Gone", "Welcome To The Jungle" live October 2010, "Wicked Stone", "World on Fire")

D5 ("Back From Cali", "Big Verb", "By The Sword" live Hard Rock Casino 2014, "Come To Life", "Coming Home", "Don't Walk Away", "Feelers", "Forfeit" live Squeeze TV 1998, "Guitar-Vocals Battle" Warfield 2010, "Hard and Fast", "In Loving Memory" live Brixton Academy 2008, "Life Must Go On", "Mean Bone" live Tokyo 2010, "Open Your Eyes", "Promise" live Made In Stoke 2011, "Save Me", "Security" live Dance Along The Edge 1996, "Sick and Wrong", "Starlight", "Ties That Bind", "Waters Rising", "Welcome To The Jungle" live October 2010, "Wonderful Life", "Words Darker Than Their Wings", "10k" live)

C?5 ("Addicted to Pain", "All Ends Well", "All Hope Is Gone", "Anastasia", "Apocalyptic Love", "Automatic Overdrive", "Backslide", "Bad Rain" live Tilburg 2013, "Battleground", "Beggars and Hangers-On" live GCS 2012, "Been There Lately" live Bruxelles October 2012, "Beneath The Savage Sun", "Blackbird", "Bent To Fly", "Bleed It Dry", "Brand New Start", "Breakthrough", "Breathe Again", "Broken Wings", "Burn It Down", "Calm The Fire", "Carolina", "Come To Life", "Coeur D'Alene", "Crazy Life", "Cry A River", "Cry of Achilles", "Dirty Girl", "Far And Away" , "Find the Real", "Fortress", "Forgive", "Ghosts of Days Gone By", "Give A Damn", "Hard and Fast", "Highway Star" live London December 2004, "I'd Like To Tell", "Inner City Blues", "Just Like Anything" live HMH 2012, "Lover", "Make It Right", "Metalingus", "Mississippi Queen" live Biloxi May 2012, "Monday Morning", "My Michelle" live NZ Christchurch 2012, "Nameless Faceless", "Never Say Die", "New Way To Live", "Not for Me", "One Last Thrill", "Paradise City" live Manchester 2010, "Peace Is Broken", "Realign", "Rockstar", "Rock & Roll Ain't Noise Pollution" live NY Dec.31 2014, "Show Me A Leader", "Slip to the Void", "Standing in the Sun", "Still Remains", "Suckerpunch", "The Uninvited", "Too Far Gone", "The Unholy", "Waters Rising", "Wayward One", "Where Are You?", "White Flag" live Bofest October 2009, "Wicked Stone", "Wonderful Life", "World on Fire", "You See It", " Zero", "30 Years To Life")

C5 ("All The Same", "Anastasia", "Baba O'Riley" live London 2005, "Back From Cali", "Battleground", "Beautiful Dangerous" live April. 2011, "Burn It Down", "Can't Complain", "Crazy Train" live EMA's 2014, "Come Back To Me", "Down to My Last", "Flatley's Crutch", "Hallelujah" live, "Halo", "Hungerstrike" live, "Iris of the Storm", "Isolation", "Let There Be Rock" live NY Dec.31 2014, "Lover", "Mercy Rub", "My Michelle" live NZ Christchurch 2012, "Now 'Till Then", "Owed To 7", "Problem Child" live NY Dec.31 2014, "Rise Today", "Rocket Queen", "Rock and Roll" live London 2005, "Starlight" live Max Sessions 2010, "Shadow Life", "Shed My Skin", "Sick And Wrong", "Sucker Train Blues" live Milano 2010, "The End is Here", "Too Far Gone", "Where Are You?", "White Flag", "Whole Lotta Rosie" live NY Dec.31 2014, "Wicked Stone", "You're a Lie", "Zero")

B4 ("Addicted to Pain", "Always", "All Ends Well", "All The Same", "Anastasia", "Apocalyptic Love", "Automatic Overdrive", "Back From Cali", "Bad Rain", "Beggars and Hangers-On" live GCS 2012, "Beneath the Savage Sun", "Bent To Fly", "Black & White", "Blackbird", "Break Me Down", "Breakthrough", "Buried Alive", "Coming Home", "Coeur D'Alene", "Cry A River", "Cry of Achilles", "Don't Walk Away", "Fallout (Alter Bridge)", "Far and Away", "Farther Than The Sun", "Feelers", "Find the Real", "Forgive", "Fortress", "Freakshow", "Funk Jam In 'Em" live Pig Out in the Park 1994, "Ghosts of Days Gone By", "Guitar-Vocals Battle" Warfield 2010, "Hallelujah" live, "Hard and Fast", "Home", "Hungerstrike" live, "In Loving Memory", "Kashmir" live Download 2005, "Life Must Go On", "Mercy Rub", "Motor Mama", "New Way To Live", "Never Born to Follow", "Not For Me", "No One Nothing", "Nothing To Say" live Rock Am Ring 2010", "One By One", "One Day Remains", "One Last Thrill", "Pacify", "Realign", "Rock and Roll" live London 2005, "Security" live Dance Along The Edge 1996, "Show Me A Leader", "Simple Man" live Jacksonville May 2012, "Slip to the Void", "Standing in the Sun", "Still Remains", "Stone Blind", "Sweet Emotion" live Ohio 2005, "The Dissident", "The Unholy", "The Uninvited", "30 Years to Life", "TNT" live NY Dec.31 2014, "Watch Over You", "Watch Your Words", "Waters Rising", "We Will Roam", "White Flag", "White Knuckles", "Withering Delilah", "Wonderful Life", "Words Darker Than Their Wings", "10k" live)

B?4 ("All Hope Is Gone", "Apocalyptic Love", "Baba O'Riley" live London 2005, "Battleground", "Before Tomorrow Comes", "Beggars and Hangers-On" live GCS 2012, "Beneath the Savage Sun", "Bent To Fly", "Bleed It Dry", "Breakthrough", "Breathe Again", "Broken Wings", "Calm The Fire", "Crazy Life", "Cry of Achilles", "The Damage Done", "Dirty Girl", "Down To My Last", "Ducked Out", "Far And Away", "Farther Than The Sun", "Fly", "Ghosts of Days Gone By", "Gotten" live Manilla May 2013, "Halo", "Hideaway" live SFCC 1993, "I Know It Hurts", "Iris of the Storm",? "Make It Right", "Mr. Brownstone" live Hamburg June 2012, "Nameless Faceless", "Never Say Die", "No More Heroes", "One Day Remains", "One Last Thrill", "Owed to 7", "Peace Is Broken", "Shadow in the Dark", "Shots Fired", "Show Me A Sign", "Shuddershell", "Sick And Wrong", "Starlight" live Max Sessions 2010, "Still Remains", "Stone Blind", "Sucker Train Blues" live Milano 2010, "The Dissident", "The End is Here", "The Unholy", "Ties That Bind", "Too Far Gone", "Wayward One", "We Will Roam", "When It Goes", "Where Are You?", "Wicked Stone", "World on Fire", "You're A Lie", "Zero")

A4 ("Automatic Overdrive", "Black & White", "Burn It Down", "Dirty Girl", "Do It For The Kids" live Milwaukee Sept. 2010, "Fallout (Mayfield Four)", "Forgive", "Happy Birthday", "Hallelujah" live, "I Hold On" live Borgata September 2010, "Mercy Rub", "Mississippi Queen" live Biloxi May 2012, "Monday Morning", "Motor Mama", "No One Nothing", "Not for Me", "Nothing Left To Fear", "On My Way Now" live Indianapolis 2004, "Open Your Eyes", "Overflow", "Rise Today", "Shed My Skin", "Shots Fired", "Sorrow", "Standing in the Sun", "Starlight", "The Unholy", "30 Years to Life", "Wonderful Life", "Words Darker Than Their Wings")

Notas baixas significativas (The Range Place):

D3 ("Before Tomorrow Comes", "Black & White", "Give A Damn", "Not For Me", "Nothing Left To Fear", "Lyla", "Open Your Eyes", "Rise Today", "Save Me", "Shot's Fired" live Dublin Ireland 2013, "Something", "Sorrow", "Wonderful Life")

C?3 ("All Ends Well", "Bad Rain", "Broken Wings", "Burn It Down", "Civil War" live Max Sessions 2010, "Double Talkin' Jive" live HMH November 2014, "Fallout (Alter Bridge)", "Fall To Pieces" live GC Sessions 2012, "Find The Real", "Fortress", "Ghosts of Days Gone By", "In Loving Memory", "Love Is Enough", "Mr. Brownstone" live HMH November 2014, "Never Born to Follow", "Not For Me", "Patience" live Max Sessions 2010, "Show Me A Sign", "Slip To The Void", "The Unholy", "Voice & Guitar Solo" Bofest 2009, "Wayward One", "White Knuckles")

C3 ("Brand New Start" live Brixton Academy 2008, "Give A Damn", "Hallelujah" live, "Just That Way", "Lover", "The Ocean" live June 2008, "Promise" live Made In Stoke 2011, "Shed My Skin", "Sick And Wrong", "You're A Lie")

B2 ("Always", "Buried Alive", "Coming Home", "Fortress", "Ghost" live Rock Am Ring 2010, "Sin City" live NY Dec.31 2014, "Slip To The Void", "Suckerpunch", "The Unholy", "30 Years to Life", "Voice & Guitar Solo" Bofest 2009, "We Will Roam", "Wild Horses" live Las Vegas 2012)

B?2 ("Back From Cali" live Tilburg 2013, "Before Tomorrow Comes", "Civil War" live Max Sessions 2010, "Just That Way", "Loose Cannon", "Love Is Enough", "Patience" live Max Sessions 2010, "The Unholy")

A2 ("Dirty Girl", "Kashmir" live Filmore June 2008, "Loose Cannon", "Shuddershell", "Something", "30 Years to Life", "White Flag")

G?2 ("Down To My Last", "Stone Blind", "30 Years to Life")

G2 ("Kashmir" live, "Loose Cannon")

F?2 ("Dirty Girl", "Give A Damn", "Just Like Anything" live, "Stone Blind", "Sweet Child o' Mine" live, "30 Years To Life")

E2 ("Big Verb", "Buried Alive", "Show Me A Sign", "One By One")

C?2 ("Buried Alive")

B?1 ("Come To Life")

Comente: Você considera Myles Kennedy um bom vocalista?


Análise Vocal

Axl Rose: Afinal de contas, o que houve com sua voz?Axl Rose
Afinal de contas, o que houve com sua voz?

Freddie Mercury: Características vocais do cantorFreddie Mercury
Características vocais do cantor

Aerosmith: curiosidades sobre a voz de Steven TylerAerosmith
Curiosidades sobre a voz de Steven Tyler

Ronnie James Dio: Analisando a sua poderosa vozRonnie James Dio
Analisando a sua poderosa voz

Bruce Dickinson: curiosidades sobre a voz por trás do Iron MaidenBruce Dickinson
Curiosidades sobre a voz por trás do Iron Maiden

Deep Purple: Análise técnica da voz de Ian GillanDeep Purple
Análise técnica da voz de Ian Gillan

Guns N' Roses: Análise vocal de Axl RoseGuns N' Roses
Análise vocal de Axl Rose

Led Zeppelin: Análise vocal de Robert PlantLed Zeppelin
Análise vocal de Robert Plant

Whitesnake: Análise vocal de David CoverdaleWhitesnake
Análise vocal de David Coverdale

Judas Priest: Análise vocal de Rob HalfordJudas Priest
Análise vocal de Rob Halford

Kiss: Análise vocal de Paul StanleyKiss
Análise vocal de Paul Stanley

Alice In Chains: Análise vocal de Layne StaleyAlice In Chains
Análise vocal de Layne Staley

Helloween: Análise vocal de Michael KiskeHelloween
Análise vocal de Michael Kiske

Glenn Hughes: Análise vocal do cantorGlenn Hughes
Análise vocal do cantor

Metallica: Análise vocal de James HetfieldMetallica
Análise vocal de James Hetfield

Skid Row: Análise vocal de Sebastian BachSkid Row
Análise vocal de Sebastian Bach

Black Sabbath: Análise vocal de Ozzy OsbourneBlack Sabbath
Análise vocal de Ozzy Osbourne

AC/DC: Análise vocal de Bon ScottAC/DC
Análise vocal de Bon Scott

Dream Theater: Análise vocal de James LaBrieDream Theater
Análise vocal de James LaBrie

Scorpions: Análise vocal de Klaus MeineScorpions
Análise vocal de Klaus Meine

Pantera: Análise vocal de Phil AnselmoPantera
Análise vocal de Phil Anselmo

Rush: Análise vocal de Geddy LeeRush
Análise vocal de Geddy Lee

Megadeth: Análise vocal de Dave MustaineMegadeth
Análise vocal de Dave Mustaine

Bon Jovi: Análise vocal de Jon BongioviBon Jovi
Análise vocal de Jon Bongiovi

Angra: Análise vocal de Fabio LioneAngra
Análise vocal de Fabio Lione

Faith No More: análise vocal de Mike Patton

The Cult: Análise vocal de Ian Astbury

Stone Temple Pilots e Velvet Revolver: Análise vocal de Scott Weiland

Van Halen: Análise vocal de Sammy HagarVan Halen
Análise vocal de Sammy Hagar

Soundgarden: Análise vocal de Chris CornellSoundgarden
Análise vocal de Chris Cornell

Todas as matérias sobre "Análise Vocal"




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção CuriosidadesTodas as matérias sobre "Análise Vocal"Todas as matérias sobre "Alter Bridge"Todas as matérias sobre "Myles Kennedy"


Fotos de Infância: SlayerFotos de Infância
Slayer

Fotos de Infância: Jon Bon JoviFotos de Infância
Jon Bon Jovi


Sobre Danilo F. Nascimento

Administrador por casualidade. Músico por instinto. Escritor por devaneio. Fascinado por música, literatura e cinema. Seu primeiro contato com o mundo do rock data de meados dos anos 90, uma época de transição entre o analógico e o digital, e, principalmente, uma época onde a MTV ainda era aprazível e relevante. Idolatra e cultua o legado instituído pela maior banda de todos os tempos, o Queen.

Mais matérias de Danilo F. Nascimento no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280