Rodrigo Simas: A coleção do webmaster da Dave Matthews Band

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Seelig
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Com Dave
Com Dave
Com Carter
Com Carter
Com Boyd
Com Boyd
Com Stefan
Com Stefan
Com Leroi
Com Leroi
Coleção geral
Coleção geral
Coleção geral
Coleção geral
CDs oficiais da DMB
CDs oficiais da DMB
Tatoo
Tatoo
Tatoo
Tatoo
Set-lists
Set-lists
Nesta edição a sessão Collector's Room vai falar sobre Rodrigo Simas, webmaster do site oficial da Dave Matthews Band no Brasil. Além de grande fã da DMB, Rodrigo já colaborou, e ainda colabora, com diversos sites e publicações sobre música em todo o Brasil, inclusive o Whiplash. A entrevista ficou bem interessante, e mostra que, na hora de curtir música, manter a cabeça aberta é essencial.

Whiplash! - Antes de começar, gostaria que você falasse um pouco de você.

Tenho 26 anos, moro no Rio, sou designer, e música é um "hobby profissional na minha vida. Trabalhei cinco anos em uma loja de rock e heavy metal, já escrevi para algumas revistas, faço produção de eventos e shows e há quase cinco anos mantenho o site brasileiro oficial da Dave Matthews Band.

Whiplash! - Bem, a Dave Matthews Band não é exatamente popular no Brasil. Conte pra gente como você conheceu a banda e quando surgiu essa paixão pelo grupo?

Conheci a DMB no Free Jazz em 1998, quando fui assistir o Ben Harper e logo depois era a Dave Matthews Band. Resolvi prestar atenção no show e virei fã.

Whiplash! - E, como todo fã, quanto mais você conhecia a banda, mais material procurava. Quando você começou a levar realmente a sério essa coisa de colecionador?

Em 2000 eu comecei a me aprofundar no mundo da DMB. Eu já tinha todos os CDs lançados e gostava demais das músicas, mas existe uma comunidade gigantesca que trabalha em prol da banda na internet, e entrando nesse meio eu descobri um novo universo, e várias idéias limitadas que eu tinha em relação à música foram mudando de acordo com o que eu ia descobrindo. Como a DMB "funcionava" era algo totalmente inovador para mim.

Whiplash! - Quantos álbuns no geral você tem, e quantos da Dave Matthews Band?

Tenho 1.700 CDs, uns 200 DVDs e poucos vinis (uns 50, guardei só raridades). Especificamente da DMB tenho 102 CDs e 14 DVDs, isso falando apenas dos itens originais, sem contar CD-Rs.

Whiplash! - Além dos CDs, vinis e DVDs, quais outros materiais relativos ao grupo você possui em sua coleção ?

Material de merchandise em geral. Camisas (principalmente as das turnês), pôsteres, bonés, coisas de fã como palhetas, baquetas, autógrafos, fotos com a banda. Além disso coleciono os shows, já que a DMB nunca faz o mesmo set list, e em cada show o repertório pode mudar até 100% de uma noite para a outra.

Whiplash! - Qual foi o primeiro álbum que você comprou?

Foram dois: "Seventh Son Of A Seventh Son" do Iron Maiden e "Rust In Peace" do Megadeth. Da DMB foi o "Before These Crowded Streets", meu preferido até hoje.

Whiplash! - Qual o item mais valioso da sua coleção?

Tenho vinis pictures raros do Helloween (desdo o EP "Helloween" até os "Keepers" - inclusive vinis dos singles). A DMB não tem o costume de lançar edições raras/limitadas ou coisas do tipo, então no caso tenho alguns CDs autografados por todos os membros, o que é uma coisa dificílima, visto que é uma banda bastante inacessível. Mas, acho que se tivesse que botar preços, o mais valioso item da DMB seria o set list do show do Rock In Rio 3, escrito à mão pelo próprio Dave Matthews.

Whiplash! - Quantos álbuns em média você compra por mês?

Eu compro de dez a quinze. Mas ganho alguma coisa (muitos eu repasso) para resenhas e coisas do tipo.

Whiplash! - Como você guarda e conserva a sua coleção?

Mandei fazer uma estante especial para guardar os CDs e DVDs (com som e tudo mais). Os CDs ficam em nove gavetas, todos plastificados e em ordem alfabética e de lançamento.

Whiplash! - Como você comentou, a Dave Matthews possui uma característica de mudar quase que totalmente o repertório de um show para o outro, fazendo que praticamente nenhuma apresentação seja igual a outra. Aliado a isso, o grupo libera as gravações para os fãs quase que no dia seguinte aos shows. Como funciona isso?

Existem pessoas que gravam os shows (os tapers - fãs que compram o equipamento necessário para gravar e tem autorização da banda para isso), e eles mesmos mixam e distribuem os shows pela comunidade por todos os programas de download conhecidos. Como a banda libera a gravação, a qualidade delas é muitas vezes perfeita, parecendo um CD oficial. Além disso, pela política de gravação autorizada, nenhum fã pode vender essas gravações, então você encontra praticamente todos os shows, de todas as turnês da DMB, na internet, de graça, e com gravações beirando a perfeição. Isso tudo às vezes no dia seguinte ao show. Quer coisa melhor ?

Whiplash! - Realmente fantástico. Imagino que você deve possuir um acervo impressionante destes bootlegs, não?

Gravados eu tenho mais de 500 CD-Rs. Em arquivo, ainda (eles são geralmente distribuídos em SHN ou FLAC, para não perderem a qualidade, coisa que em MP3 aconteceria) não gravados, devo ter mais uns cinquenta shows (sendo a maioria deles CDs triplos - os shows da DMB duram quase três horas sempre).

Whiplash! - Mesmo a banda sendo gigante nos Estados Unidos, com os seus últimos quatro CDs de estúdio tendo alcançado o primeiro lugar na parada da Billboard, aqui no Brasil o grupo, apesar de ter uma legião fiel de fãs, nunca estourou. Além disso ouvi um papo de que os álbuns da DMB não sairão mais em versões nacionais, dificultando ainda mais o acesso ao trabalho da banda. Porque você acha que o grupo nunca aconteceu por aqui?

A DMB fez o seu sucesso nos EUA porque excursiona compulsivamente por lá (esse ano, por exemplo, eles foram campeões de bilheteria, na frente de gigantes como Bruce Springsteen e U2), e eles são uma banda ao vivo basicamente. As duas vezes em que conseguiram tocar aqui (no Free Jazz em 98 e no Rock In Rio em 2003), seu público duplicou. Faltam shows deles por aqui. Eles não fazem uma música rotulável e não se enquadram na maioria das definições impostas pelo mercado, então dificilmente a MTV ou alguma rádio toca DMB, o que dificulta muito a divulgação. Quanto aos CDs, realmente a banda acabou com o contrato internacional que tinha com a RCA (continuam sendo deles na América do Norte) e até o momento ainda não fecharam com nenhuma outra gravadora no Brasil.

Whiplash! - Rodrigo, diz aí o que você tem ouvido ultimamente e quais bandas você destacaria.

Nevermore e System Of A Down, em termos de heavy metal, são as duas bandas que estou mais ouvindo hoje em dia. Outras mais "diferentes" que merecem destaque são o Muse e o The Mars Volta. Ben Harper, Peter Gabriel e Sting são constantes também. Os últimos CDs do Moska, do Lenine, do Pedro Luís com o Ney Matogrosso, o último do Milton Nascimento e da Maria Bethânia são referências de lançamentos mais recentes.

Whiplash! - Pra você, quais são os dez melhores álbuns de todos os tempos?

Pergunta muito difícil. Vou responder, mas com certeza depois de dez minutos já vou querer mudar. Sem ordem específica: "Before These Crowded Streets" da Dave Matthews Band, "Seventh Son Of A Seventh Son" do Iron Maiden, "Sgt Peppers Lonely Hearts Club Band" dos Beatles, "Metropolis Part 2 - Scenes From A Memory" do Dream Theater, "Selling England By The Pound" do Genesis, "Heavy Horses" do Jethro Tull, "Jazz" do Queen, "Houses Of The Holy" do Led Zeppelin, "Permanent Waves" do Rush e "Construção" do Chico Buarque.

Whiplash! - Qual o item mais estranho da sua coleção?

Não sei se é estranho, mas eu tenho todos os set lists de todos os shows da DMB em que estive presente. Os set lists impressos, usados no palco mesmo. Todos plastificados. É legal porque, como rola essa história de eles não repetirem os sets, fica guardado como lembrança de cada show específico que eu fui, que foi diferente dos outros. Também tenho as credenciais guardadas.

Whiplash! - Que CD as pessoas ficariam surpresas em saber que você possui?

Outra difícil. Eu ouço de tudo, de MPB a black metal. Não tenho nada de sertanejo, nem funk, nem axé, então provavelmente se você encontrasse um CD do Zezé de Camargo aqui ia ser estranho. Mas, de resto, não lembro de nada que realmente interessante. É engraçado porque às vezes chega um amigo meu que gosta de metal e vê meus CDs e pergunta "porra, tu tem isso aqui ?", olhando para algum CD do Caetano. Já com meus amigos que gostam de MPB ou outros estilos "não-metal" acontece o inverso.

Whiplash! - Qual o item que você tem mais ciúmes, aquele CD que você tem um carinho especial e não venderia de jeito nenhum?

Da DMB, todos.

Whiplash! - Tem algum item que você procura, procura, mas mesmo assim ainda falta na sua coleção?

No caso da DMB, nenhum. Pode ter algum show especial que eu queira, mas seria só pesquisar que facilmente acharia na internet. Estou agora bastante interessado nos DVDs "não-oficiais" da DMB que estão sendo espalhados na internet da mesma maneira que os shows. É só baixar e queimar, já com menu e tudo mais. Já tenho uns vinte DVDs desse tipo, mas não é muito.

Whiplash! - Qual item deu mais trabalho para conseguir?

Os itens mais raros da Dave Matthews Band são uns CDs chamados "Warehouse 5", que são os CDs distribuídos pelo fã clube oficial americano. Nesses CDs eles botam cinco músicas ao vivo de shows variados. Desde 2000 eles distribuem esses CDs, e para tê-los originais você tem que ser cadastrado. Eu sou, mas entrei só em 2002, então ter todos os CDs não é muito fácil, já que não são vendidos e cada fã cadastrado ganha apenas um.

Whiplash! - Conta aí alguma história estranha ou interessante que esta sua paixão pela DMB já fez você passar.

Vou há três anos seguidos para alguns shows da banda nos EUA. Como acabei ficando amigo dos integrantes, sempre fico no backstage antes e depois dos shows, então histórias sobre o grupo não faltam. Mas uma me orgulha MUITO. No primeiro show da série que eu fui em 2004, em Atlanta, antes de "When The World Ends", Dave Matthews dedicou uma música para "mim". Ele disse "this song goes to DMB Brasil, that's on the house... " ou alguma coisa parecida (ele fala meio confuso às vezes !!!). Tenho gravado inclusive.

Whiplash! - Como surgiu a idéia de criar o DMBrasil, com certeza o mais completo site sobre o grupo na língua portuguesa e um dos mais completos do mundo, e como ele funciona?

Surgiu com a própria banda e com a equipe, no Rock In Rio 3. Eles apoiaram a idéia e no meio de 2001 surgiu a DMBrasil. Eu já tinha vontade de fazer, mas depois que conheci pessoalmente os caras e tive total apoio na idéia, foi só arregaçar as mangas.

Como aconteceu o seu contato com a banda durante o Rock in Rio de 2001?

Eu me cadastrei para fazer testes pra ser tradutor deles, mas na época das entrevistas eu estava viajando em Floripa, e perdi. Eles também já tinham uma tradutora "oficial", que trabalhou com eles no Free Jazz, em 98, e eles gostavam muito dela. Como eu já tinha um contato com o pessoal da produção e também era muito amigo de uma brasileira (que mora nos EUA), que veio com a equipe da banda para os shows no Brasil, foi fácil encontrar com todos os membros da DMB.

Whiplash! - Bem Rodrigo, obrigado pela entrevista, e este espaço fica livre para você.

Para quem não conhece, e principalmente quem já é fã da Dave Matthews Band, vale acessar a DMBrasil (www.dmbrasil.net), site brasileiro oficial. Lá, nós disponibilizamos um show completo a cada quinze dias (inclusive com capa para impressão), e temos várias sessões onde é possível encontrar todo tipo de informação sobre a DMB. Também temos um fórum de discussão e a sessão "Agenda", onde divulgamos os eventos e shows de bandas covers espalhadas por todo o Brasil. Dia 27 de outubro, na Lapa (no Estrela da Lapa - RJ), estaremos comemorando cinco anos da DMBrasil com a banda cover carioca Three Steps. Acessem a sessão "Agenda" e saibam todos os detalhes. Obrigado pelo espaço, e pelo convite !


Collectors Room

Rafael Serrante: Ele invadiu o palco do Maiden no Rock In RioRafael Serrante
Ele invadiu o palco do Maiden no Rock In Rio

Fernando Souza Filho: O FSF, editor-chefe da Rock BrigadeFernando Souza Filho
O FSF, editor-chefe da Rock Brigade

Vanessa Frehley: amor sem limites ao KissVanessa Frehley
Amor sem limites ao Kiss

Reinaldo: um apaixonado pelos ScorpionsReinaldo
Um apaixonado pelos Scorpions

Alexandre Vilella: Empresário fanático pelo Def LeppardAlexandre Vilella
Empresário fanático pelo Def Leppard

Rogério Mendonça: dono de uma invejável coleção do U2Rogério Mendonça
Dono de uma invejável coleção do U2

Almir Figueiredo: o brasileiro que arrematou os óculos de OzzyAlmir Figueiredo
O brasileiro que arrematou os óculos de Ozzy

Nelson Dylara: A coleção de fotos, ingressos e autógrafos do paparazzi do rockNelson Dylara
A coleção de fotos, ingressos e autógrafos do paparazzi do rock

Vinícius Neves: O apresentador do Stay Heavy mostra sua coleçãoVinícius Neves
O apresentador do Stay Heavy mostra sua coleção

Vitão Bonesso: A imensa coleção do apresentador do BackstageVitão Bonesso
A imensa coleção do apresentador do Backstage

Airton Diniz: A coleção do editor chefe da Roadie CrewAirton Diniz
A coleção do editor chefe da Roadie Crew

Mad Dragzter: A coleção de CDs de thrash do guitarrista TiagoMad Dragzter
A coleção de CDs de thrash do guitarrista Tiago

Aquiles Priester: Posters, action figures e latinhas de coca-colaAquiles Priester
Posters, action figures e latinhas de coca-cola

Alessandro Silveira: Colecionador de bootlegs do Dream TheaterAlessandro Silveira
Colecionador de bootlegs do Dream Theater

Marco Malagolli: Um dos maiores conhecedores da obra dos BeatlesMarco Malagolli
Um dos maiores conhecedores da obra dos Beatles

André Rodrigues Guedes: Coleção focada em Mercyful Fate e King DiamondAndré Rodrigues Guedes
Coleção focada em Mercyful Fate e King Diamond

Eyes Of Shiva: A coleção de Metallica do baterista Ricardo LonghiEyes Of Shiva
A coleção de Metallica do baterista Ricardo Longhi

Johnny Z: Uma invejável coleção de heavy metalJohnny Z
Uma invejável coleção de heavy metal

Bento Araújo: A coleção de classic rock do editor do Poeira ZineBento Araújo
A coleção de classic rock do editor do Poeira Zine

Marcelo Maiden: Uma impressionante coleção de ítens do Iron MaidenMarcelo Maiden
Uma impressionante coleção de ítens do Iron Maiden

Kid Vinil: Uns 10 mil vinis e mais uns 10 mil CDs!Kid Vinil
"Uns 10 mil vinis e mais uns 10 mil CDs!"

Antônio Carlos Monteiro: A coleção do ACM da Rock BrigadeAntônio Carlos Monteiro
A coleção do "ACM" da Rock Brigade

Perpetual Dreams: A coleção dos integrantes da banda catarinensePerpetual Dreams
A coleção dos integrantes da banda catarinense

Gastão Moreira: A coleção do VJ, apresentador e jornalista musicalGastão Moreira
A coleção do VJ, apresentador e jornalista musical

Motley Crue: A impressionante coleção do paulista Flávio ColognesiMotley Crue
A impressionante coleção do paulista Flávio Colognesi

Marcel Castro: De ingressos e tour-books a guitarras autografadasMarcel Castro
De ingressos e tour-books a guitarras autografadas

Eliton Tomasi: A coleção do editor da RockHard/ValhallaEliton Tomasi
A coleção do editor da RockHard/Valhalla

Bon Jovi: A coleção do paulista Flávio CelestinoBon Jovi
A coleção do paulista Flávio Celestino

Gota: A coleção do proprietário da Roots RecordsGota
A coleção do proprietário da Roots Records

Marcelo Peixoto: A coleção do proprietário da Hot MusicMarcelo Peixoto
A coleção do proprietário da Hot Music

Luiz Calanca: A coleção do dono da Baratos AfinsLuiz Calanca
A coleção do dono da Baratos Afins

Queen: Uma das maiores coleções sobre a banda está no BrasilQueen
Uma das maiores coleções sobre a banda está no Brasil

Saul Gumz: Coleção de Classic Rock no interior de Santa CatarinaSaul Gumz
Coleção de Classic Rock no interior de Santa Catarina

Felipe Fleury: Colecionador de ítens do Guns N' RosesFelipe Fleury
Colecionador de ítens do Guns N' Roses

Daniel Schierolli: Acervo dedicado à música pesadaDaniel Schierolli
Acervo dedicado à música pesada

Ademir Vieira: Dono de uma admirável coleção do StratovariusAdemir Vieira
Dono de uma admirável coleção do Stratovarius

Lincoln Braite: Colecionador paulistano fissurado por Kai HansenLincoln Braite
Colecionador paulistano fissurado por Kai Hansen

Luciano Sorrentino: Colecionador de material do KissLuciano Sorrentino
Colecionador de material do Kiss

Alexandre Neves: O brasileiro com maior pontuação no eBayAlexandre Neves
O brasileiro com maior pontuação no eBay

Daniel Skupien: Coleção dedicada ao Heavy Metal nacionalDaniel Skupien
Coleção dedicada ao Heavy Metal nacional

Statik Majik: A coleção de vinis do baterista Luis CarlosStatik Majik
A coleção de vinis do baterista Luis Carlos

Marcelo Bernardes: Paulista radicado em Santa Catarina, corintiano e colecionadorMarcelo Bernardes
Paulista radicado em Santa Catarina, corintiano e colecionador

Salvatore D'Angelo: De blues a death metal, e muitos bootlegsSalvatore D'Angelo
De blues a death metal, e muitos bootlegs

Julio Marcondes: Colecionador e apresentador do programa A História do RockJulio Marcondes
Colecionador e apresentador do programa A História do Rock

André Sikora: A coleção do presidente do fã clube do Nazareth no BrasilAndré Sikora
A coleção do presidente do fã clube do Nazareth no Brasil

Geraldo Tavares: Fã inveterado e colecionador do YesGeraldo Tavares
Fã inveterado e colecionador do Yes

Roberto Sabbag: Colecionador do Slayer e Heavy Metal em geralRoberto Sabbag
Colecionador do Slayer e Heavy Metal em geral

Arnaldo Jr: Colecionador de ítens relacionados ao MetallicaArnaldo Jr
Colecionador de ítens relacionados ao Metallica

Mário Pacheco: Figura única, colecionador e contraculturalistaMário Pacheco
Figura única, colecionador e contraculturalista

Silmara Ferreira: Apaixonada por pop oitentista e colecionadora do InxsSilmara Ferreira
Apaixonada por pop oitentista e colecionadora do Inxs

Gus Monsanto: A coleção do vocalista do AdagioGus Monsanto
A coleção do vocalista do Adagio

Marco Loiacono: Talvez a maior coleção de Motorhead do BrasilMarco Loiacono
Talvez a maior coleção de Motorhead do Brasil

Mairon Machado: Aficionado por vinil e pelo rock clássicoMairon Machado
Aficionado por vinil e pelo rock clássico

Paulo de Castro: Baixos, guitarras, calcinhas, e pinball do Kiss?Paulo de Castro
Baixos, guitarras, calcinhas, e pinball do Kiss?

Ricardo Seelig: A coleção do criador da Collector's RoomRicardo Seelig
A coleção do criador da Collector's Room

Collector's Room: a gigantesca coleção de Regis Tadeu

Collector's Room: a linda coleção de Nino Lee Rocker

Collectors Room: aleatoriedade colecionável, ou a coleção espontâneaCollectors Room
Aleatoriedade colecionável, ou a coleção espontânea

Collectors Room: o clássico instantâneo do Blackberry Smoke (vídeo)

Collectors Room: a diferença entre colecionar e acumular discos (vídeo)

Collectors Room: grandes álbuns de metal da década de 2010 (vídeo)

Amazon: gigante começa a vender CDs, LPs e itens de música no Brasil

Collectors Room: alguns dos grandes discos de rock desta década (vídeo)

Collectors Room: um papo sobre colecionismo e o hábito de comprar discos (vídeo)

Collectors Room: Queen e clássicos na bela coleção de Marcelo PardinCollectors Room
Queen e clássicos na bela coleção de Marcelo Pardin

Rock in Rio: a cobertura estereotipada do Multishow no Dia do Metal (vídeo)Rock in Rio
A cobertura estereotipada do Multishow no Dia do Metal (vídeo)

Collectors Room: a terapia que é arrumar a coleção de discos (vídeo)

Collectors Room: os fantásticos singles e porque eles não saem no Brasil (vídeo)

Collectors Room: Mötley Crüe e o conto das turnês de despedida (vídeo)

Collectors Room: Floor Jansen e Nightwish, uma união espetacular (vídeo)

Todas as matérias sobre "Collectors Room"



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção MatériasTodas as matérias sobre "Collectors Room"Todas as matérias sobre "Dave Matthews Band"


Slash: guitarrista enumera seus 10 riffs favoritosSlash
Guitarrista enumera seus 10 riffs favoritos

Sign of the horns: o sinal do DemônioSign of the horns
O sinal do Demônio


Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

adWhipDin