On The Road: biografia de Ron Wood é bem humorada e informativa

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Cláudio Vigo
Enviar correções  |  Comentários  | 


Vivemos tempos mercantis, cada fato ou foto tem um valor e dependendo do grau de influência do personagem em questão isso vale alguns milhões. O rock'n'roll há muito, muito tempo deixou de ser manifestação de alguma contrariedade contra a Status Quo ou de não conformidade. Hoje é memorabilia de vetustos senhores burgueses que entre o porre de cerveja e a picanha mal passada recordam seus tempos muito loucos enquanto ouvem velhos sucessos que empapam seus rostos gorduchos de nostalgia e colesterol.
5000 acessosReligião: os rockstars que se converteram5000 acessosO Whiplash.Net protege quem anuncia no site?

Essa turma é a única que ainda compra CD, DVD e principalmente biografias e autobiografias de seus ídolos do passados e essas tem saído em fornadas seja através de um Ghost Writer de tabloide ou através da pena do dito cujo. Eu, talvez até pelo fato de pertencer à turma acima descrita, compro e leio todos e tem que correr pra acompanhar tudo que sai. Tem de todo mundo pra todo mundo e com grande variação de qualidade. Confesso que prefiro as escritas por terceiros que entrevistam um monte de gente e analisam o aspecto musical do que confiar na memória de gente que passou a vida com uma garrafa de Jack Daniels numa mão e um canudo na outra mandando ver e detonando neurônios.

Com o passar do tempo percebi que existe uma fórmula: primeiro a infância triste no misere, depois os primeiros discos e amizades, o inicio do sucesso e do 1/3 do livro em diante o que a galera quer: descrição detalhada de drogas, drogas, drogas, muita bebida, sexo bizarro, mais drogas, desvario, arrependimento, mea culpa, reabilitação e muitos casos passados com celebridades.

Uma das lendas vivas(?) do Rock Mr. Ronnie Wood não ia nos privar de sua história e foi este livro que li esta semana. Originalmente escrito em 2007 e editado no Brasil pela Editora Generale, tem 382 páginas daquela fórmula descrita acima e mais um pouco. Bem humorado (Ronnie sempre foi uma das grandes figuras do Rock) e informativo, pois o cara se movimentou como poucos. Um dos top de linha. tocou no Jeff Beck Group (que ele esculhamba), no Faces (que ele tem pena de não ter sido maiores) até chegar no supremo olimpo de ser um Rolling Stone.

Eu particularmente sempre fui fã empedernido da figura e possuo vários de seus álbuns solo podendo dizer que os primeiros são verdadeiras obras primas. Quando foi escolhido para substituir Mick Taylor (um deus da guitarra) não me surpreendi e acho Black'n'Blue um de meus álbuns preferidos de suas Majestades Satânicas. O duo com Keith Richards durante muito tempo foi sublime com sua costura de riffs e beliscadas que seguravam a onda dando o azeite especial da maquina.

Vale a pena saber que ele realmente tinha um Pub dentro de casa, que passava dias trancado num banheiro cheirando com Bob Keys e outras amenidades e algumas fofocas de bastidores. Musicalmente o livro é muito inferior ao de Richards, but it´s only rock nroll...

A memória e o amor à verdade de Ronnie não são a especialidade da casa e tem uns casos (principalmente o relativo a ser chamado a montar o Led Zeppelin) que são pura cascata fora a tiração de onda de quem ele passou na régua e no compasso. Um passo a passo dos anos 70 de seu furor, gloria e descompasso com a realidade na historia deste grande guitarrista que foi confundido com uma galinha por Groucho Marx.

Ficou curioso? Lê aí... eu sei que você quer assunto pro próximo churrasco.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 20 de janeiro de 2013

On The Road

3527 acessosJimmy Page, Led Zeppelin & The Black Crowes3776 acessosJohn Paul Jones & Zooma1270 acessosOn The Road2539 acessosAndy Warhol & Velvet Underground461 acessosJoe Jackson - Heaven & Hell4045 acessosJim Morrison - Ode a LA5000 acessosJerry Garcia - O Anti-Super-Star2150 acessosThe 70's - E um pouco sobre Gregg Allman5000 acessosAllman Brothers Band - ainda The 70s1739 acessosThe 80's - e um pouco sobre Ian Curtis902 acessosJorge Mautner2321 acessosTommy Bolin: sua morte prematura foi uma perda incalculável2669 acessosChuva de Guitarras1200 acessosJohn Mayall e o restaurante Indonésio1581 acessosUma noite das Arábias5000 acessosGlam Rock: A vanguarda era ditada com muito cílio postiço2756 acessosPapo Lynyrd671 acessosMemória do Futuro1026 acessosFour de Ases4141 acessosPancadão Hendrixniano3951 acessosNum muro dos anos 702714 acessosSteely Dan - Pop Perfeito1379 acessosOs quatro CDs do Apocalipse1864 acessosJoni Mitchell & Charlie Mingus5000 acessosGigantes do Soul Jazz1211 acessosMais gigantes do Soul Jazz1156 acessosQuem lembra dos Supergrupos?2564 acessosMick Jagger, Graham Bond e Geração Bendita2152 acessosColin Hodgkinson, biscoito fino no baixo4177 acessosAlguns atalhos para muitas viagens3049 acessosJohn Paul Jones - herói do Olimpo3814 acessosThe Shadows, a sombra de Hank Marvin1571 acessosColdplay e a franja do Fernando2439 acessosFunky Friends1054 acessosElogio do Ócio973 acessosConfissões Paulistas1308 acessosVelhas Novidades2980 acessosMahavishnu Orchestra e a Yoga2114 acessosAir - Moon Safari3866 acessosColecionadores de discos e de calcinhas4718 acessosHell's Angels, Punks, Verve2724 acessosPara onde vão Robert Fripp e os amestradores de focas?5000 acessosRimbaud e Morrison: A grande maioria passa pela vida imersa na multidão2260 acessosDr. John5000 acessosMais do Mesmo1157 acessosJorge Mautner e as Memórias do Filho do KAOS1569 acessosSoulive, usina groove em forma de power trio de jazz funky5000 acessosRolling Stones - "Exile On Main Street"3991 acessosOn The Road - Menos é Mais5000 acessosOs 1001 discos para se ouvir antes de morrer2801 acessosJeff Beck: Economia e bom gosto, eis a conseqüência3269 acessosOn The Road: O velho feiticeiro do piano e o Zappa do Funk1974 acessosOn The Road: Allman Brothers Band, um sonho de priscas eras5000 acessosOn The Road: "Jeff Beck é Jeff Beck"509 acessosOn The Road: "It's a long time gone, bicho!" - CSN no RJ567 acessosOn The Road: Água Brava, Bacamarte e Celso Blues Boy0 acessosTodas as matérias sobre "On The Road"

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias0 acessosTodas as matérias sobre "On The Road"0 acessosTodas as matérias sobre "Rolling Stones"0 acessosTodas as matérias sobre "Jeff Beck"0 acessosTodas as matérias sobre "Faces"

ReligiãoReligião
Os rockstars que se converteram

Whiplash.NetWhiplash.Net
O site publica matérias pagas ou protege quem anuncia?

RhythmRhythm
Os bateristas mais influentes de todos os tempos

5000 acessosReligião: os rockstars que se converteram5000 acessosO Whiplash.Net protege quem anuncia no site?5000 acessosRhythm: os bateristas mais influentes de todos os tempos5000 acessosLita Ford: "Sharon Osbourne nunca perdoa nem tampouco esquece"5000 acessosTatuagens: Você vai se arrepender delas quando ficar velho?4134 acessosDr. Sin: a crise do rock nacional

Sobre Cláudio Vigo

Da safra de 62 , Claudio Vigo ganha a vida com a poesia, o jazz e o rock n roll. Paga as contas como arquiteto.

Mais matérias de Cláudio Vigo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online