Carol Morreu - Alguém me dê um celular, please?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Felipe Ricotta
Enviar correções  |  Ver Acessos

Kraftwerk. Rio. Tim Festival. Armazém 5.

"Não consigo falar com essa parada na boca."

Lá fora, o céu desabava raivoso em forma de água cinza enquanto que lá dentro, quatro caras com seus quatro computadores tinham todos em suas mãos. A frieza deles só facilitava as coisas, o clima entre as pessoas era ideal e... bem, eu também me deixei levar como todo mundo.

Quase o tempo todo.

"Pô, escreveram errado, aí. Não é Maschine, é Machine! Alemães idiotas."

Olha o cara, ele canta (fala?) como se estivesse contando um segredo pra alguém, com a mãozinha na boca. E olha aquele careca do canto direito, que cara mais apavorante!

Putz, eu tinha que entrar no camarim pra trocar uma idéia com eles!

(peraí, mas eu não sei falar alemão.)

Tanto faz, eles não devem ter camarim mesmo.

Saem do palco e devem ir direto pra NAVE.

"Protein? Vitamin? Se fosse o Arnaldo Antunes e sem telões, todo mundo ia achar um saco."

(...)

"Opa, peraí. Isso aí eu conheço!" - era "Trans Europe Express", cover do DJ Marlboro.

(...)

"Você curte o Kraftwerk?"

"Olha, vou te falar que eu não conhecia não."

"Podecrer...E o que você acha dessa galera nova que faz música eletrônica de qualidade hoje em dia no Brasil como o err...PR5 do Paulo Ricardo? - eu perco a linha, às vezes.

"Sério que o Paulo Ricardo tá fazendo música eletrônica?"

Demorei um tempo, mas acabei me dando conta de que não era dia pra piadinhas infames.

(...)

Encontrei um deles na platéia ("ele era um deles, você não tá entendendo!") e ele assistia o show como deveria mandar o figurino.

Parado, estranho e careca.

Aliás, vale lembrar que todos os Carecas Cool Cariocas estavam presentes no show.

"O que o Kraftwerk significa pra você?"

"Um estilo de ser em harmonia com as máquinas." - ele era um deles, ele era um deles e eu tive certeza.

Saí de perto na hora.

(...)

"Fon Fon!"

Em Autobahn, lembrei dela que se incomodava com o vidro do carro que não era elétrico e putz...a modernidade é uma merda mesmo.

No telão, rodovias e carros passando me deixaram feliz por não ter o menor tesão automobilístico. O carro facilita a vida sim, mas é apenas um meio de transporte, right?

Eu sou mesmo tão anormal assim?

(...)

Olhei pro lado e meu amigo chorava. Eu simplesmente travei, não conseguia me mover perdido dentro daquele telão. Não fazia o menor sentido dançar naquela hora e por que diabos estão todos dançando?

Finalmente, mesmo que por apenas alguns minutos, me emocionei com Radioactivity.

Renovação cerebral total e um aperto de leve na consciência pelo egoísmo e pela falta de atitude perante o mundo que eu vivo.

(...)

"O Kraftwerk é responsável pelo não-vazio cultural. Na verdade, tudo acabou nos anos 90, cara. Entende?"

E foi doido, mas de uma certa forma, eu acho que entendi o que ele quis dizer. Só não me peça pra explicar, baby. Ia precisar de muitas linhas.

"É o Vácuo Cultural."

Certo?

(...)

Fim de show.

Musique Non Stop e os caras foram saindo um a um, até que só sobrou o líder.

Ele enfim quebrou o clima e falou com a galera.

"Good Night."

Ainda tava meio escuro quando as pessoas começaram a se afastar uma das outras e saiam da muvuca correndo desesperadas/necessitadas pros seus celulares (Neon Lights?).

Sei lá, viu? Aquilo fez todo o sentido pra mim na hora.

A radiação é light, relaxa. Nada que necessite um Stop Radioactivity com palminhas hipócritas no ar e foi no mínimo assustador perceber a intensidade do poder da Tecnologia e a dependência forçada que ela gera em doses cavalares sobre nossos inconscientes. Admirável Mundo Novo? 2001, Uma Odisséia no Espaço? Não. Eu tentei deixar tudo isso de lado antes que fosse tarde demais, mas não teve jeito.

Naquele exato momento, eu não consegui deixar de sentir todo o peso do tempo, que antes me era imperceptível.

Eu vi a História agindo muito rápido sobre todos nós e me rebaixei como um inútil qualquer por concluir que não há nada que se possa fazer.

We Are The Robots? Com certeza. Faz tempo já.

"Podecrer."

"E te digo mais, cara. Tão chato ficar falando sobre isso agora, não?"

(...)

E eu fico aqui parado com o meu cigarro apagado na boca olhando sozinho pras pessoas e isso no fundo, no fundo é o que mais me importa. Minha cabeça cheia de idéias sobre o Kraftwerk e eu fazendo de tudo para renegá-las. Só queria poder esvaziar a mente e me deixar levar pelo agora. Será que tem como?

"Ei, Britney? Você quer fazer parte da minha história?"

"Quero."

(pronto.)


Carol Morreu

Carol Morreu - Saca a Graforréia?

Carol Morreu - Peter Parker escuta Loser Manos?

Carol Morreu - Minha Primeira Vez no Circo

Carol Morreu - Dance o Twist com os Autoramas

Carol Morreu - Pitty e os conselhos da minha avó

Carol Morreu - As botas sujas de Frank Jorge

Carol Morreu - Lobão para iniciantes

Carol Morreu - Eu fui no show do Planet Hemp e não fumei

Carol Morreu - A pinta que me encarava

Carol Morreu - Meu coração country em sintonia com Kid Abelha

Carol Morreu - Mas e o show do Mundo Livre, cara?

Carol Morreu - Sobre as 18.999 pessoas que gritavam Hey e Ho

Carol Morreu - Eu sou o inverso do funilCarol Morreu - Eu sou o inverso do funil

Carol Morreu - Eu não consigo ser tão emo o tempo inteiroCarol Morreu - Eu não consigo ser tão emo o tempo inteiro

Carol Morreu - Nando Reis no Caneção

Carol Morreu - Por que não levar uma paty prum show de hardcore?Carol Morreu - Por que não levar uma paty prum show de hardcore?

Carol Morreu - Black Alien no Odisséia

Carol Morreu - O que aconteceu com os Irmãos Brothers?Carol Morreu - O que aconteceu com os Irmãos Brothers?

Carol Morreu - Red Racing Sound (Festa da Marlboro)Carol Morreu - Red Racing Sound (Festa da Marlboro)

Carol Morreu - Mas e essas guitarras purpurinadas, hein?Carol Morreu - Mas e essas guitarras purpurinadas, hein?

Carol Morreu - Foda-se a televisão! Foda-se a rádio! Foda-se Bush!Carol Morreu - Foda-se a televisão! Foda-se a rádio! Foda-se Bush!

Carol Morreu - Para curar essa maldita ressaca intelectualCarol Morreu - Para curar essa maldita ressaca intelectual

Carol Morreu - Não quero mais pagar de Ricota Nostálgica Triste!Carol Morreu - Não quero mais pagar de Ricota Nostálgica Triste!

Carol Morreu - Resolvendo uma treta com o DjavanCarol Morreu - Resolvendo uma treta com o Djavan

Carol Morreu - Deixei minha barba crescer para ver os hermanosCarol Morreu - Deixei minha barba crescer para ver os hermanos

Carol Morreu - Você conhece o Fucker Pullover?Carol Morreu - Você conhece o Fucker Pullover?

Carol Morreu - Eu descobri quem é a Garota VenenoCarol Morreu - Eu descobri quem é a Garota Veneno

Carol Morreu - A procura de Jah no show do NatirutsCarol Morreu - A procura de Jah no show do Natiruts

Carol Morreu - Eu perdi o show, cara!Carol Morreu - Eu perdi o show, cara!

Carol Morreu - A surra que o rei quase tomou?Carol Morreu - A surra que o rei quase tomou?

Carol Morreu - Raul ficou do lado de foraCarol Morreu - Raul ficou do lado de fora

Carol Morreu - Humberto usa Loireal?Carol Morreu - Humberto usa Loireal?

Carol Morreu - DJ Marlboro não fuma MarlboroCarol Morreu - DJ Marlboro não fuma Marlboro

Carol Morreu - Ruído Fest 2005, a ExperiênciaCarol Morreu - Ruído Fest 2005, a Experiência

Carol Morreu - Toni Garrido estava certo sobre o fim de semana

Carol Morreu - O mito Stevie BCarol Morreu - O mito Stevie B

Carol Morreu - Medo e delírio na MicaretaCarol Morreu - Medo e delírio na Micareta

Carol Morreu - Medo e delírio na Micareta IICarol Morreu - Medo e delírio na Micareta II

Carol Morreu - Medo e delírio na Micareta IICarol Morreu - Medo e delírio na Micareta II

Carol Morreu - Surfistas calhordasCarol Morreu - Surfistas calhordas

Carol Morreu - Mas como assim dentro do freezer?

Carol Morreu - Fritando no Shopping (Parte 1)

Carol Morreu - O Efeito Borboleta Ricótico

Carol Morreu - Garotas

Carol Morreu - Fritando no Shopping (Parte 2)

Carol Morreu - O CD coletânea que eu levei pra matrix

Carol Morreu - Mostrei o dedo do meio

Carol Morreu - A maldição das amigas que você não quer

Carol Morreu - Roubando público do D2Carol Morreu - Roubando público do D2

Carol Morreu - Entrevista exclusiva com Felipe Ricotta

Carol Morreu - Welcome To My Life

Carol Morreu - Sobre as Vergonhinhas (Parte 1)

Carol Morreu - Sobre as Vergonhinhas (Parte 2)

Carol Morreu - Móóóóóóóby! A Ricotta que terminou do nada

Carol Morreu - E esse lance de dar beijinho no cabelo?

Carol Morreu - Eu sou uma farsa, porra!

Carol Morreu - Táticas Lenny no Fashion Rio (Parte I)

Carol Morreu - Táticas Lenny no Fashion Rio (Parte II)

Carol Morreu - Liberando sentimentos negativos no amigo

Carol Morreu - Stones em Copacabana

Carol Morreu - Ricotta Sacuda

Carol Morreu - Ricotta John Davis

Todas as matérias sobre "Carol Morreu"


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção HumorTodas as matérias sobre "Carol Morreu"Todas as matérias sobre "Kraftwerk"


Deuses do Rock: o tempo passa para (quase) todos elesDeuses do Rock
O tempo passa para (quase) todos eles

Metallica: ouça Nothing Else Matters em escala maiorMetallica
Ouça "Nothing Else Matters" em escala maior


Sobre Felipe Ricotta

Felipe Ricotta, 24, é vocal e guitarra do Carol Azevedo.

Mais matérias de Felipe Ricotta no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336