Matérias Mais Lidas

imagemMarcello Pompeu agradece mobilização de fãs

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs

imagemAs composições de Paul McCartney nos Beatles preferidas de John Lennon

imagemGene Simmons compartilha tweet com meme da ex-presidente Dilma Rousseff

imagemNicko McBrain, do Iron Maiden, mostra o seu novo (e enorme) kit de bateria

imagemEvanescence coloca baixista no cargo de guitarrista e anuncia nova baixista

imagemO reencontro entre Steve Harris e Paul Di'Anno na Croácia

imagemÍcone do metal é alvo de críticas por tocar com músico condenado por assassinato

imagemDave Mustaine, do Megadeth, inicia vida de youtuber e mostra o ônibus de turnê da banda

imagemMetallica divulga vídeo oficial da clássica "For Whom The Bell Tolls" ao vivo em SP

imagemLars Ulrich diz que shows do Metallica na América do Sul foram incríveis

imagemMark Tremonti, do Alter Bridge, revela que é grande fã de lendária banda de metal

imagemFrank Zappa disse a Steve Vai que ele soava como "um pão com mortadela elétrico"

imagemVocalista do Greta Van Fleet não entende os haters: "parece a p**** de uma religião"


Stamp

Duff McKagan: "Nikki Sixx, do Motley Crue, é um gênio!"

Por Nacho Belgrande
Fonte: Seattle Weekly
Em 24/07/09

O seguinte texto foi publicado por Duff McKagam em sua coluna no Seattle Weekly, em julho de 2009.

Duff McKagan: Reapresentando você ao Crüe

O ano era 1989, e eu tinha recentemente comprado um pequeno lugar para passar as férias em Lake Arrowhead, Califórnia, para sair de Los Angeles e na esperança de escapar de meus maus hábitos de beber e me drogar. Mal sabia eu que Tommy Lee do Mötley Crüe também tinha uma casa lá. Dali a dois meses, eu estava vomitando sangue na choupana dele. Ninguém, nem mesmo eu na época, dava conta de ‘andar’ com os caras do Mötley Crüe.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Eu tenho sido solicitado pelo editor-chefe aqui do (jornal norte-americano) Seattle Weekly para escrever um artigo sobre o Mötley Crüe, antecipando a aparição deles no dia 27 de julho pelo CrüeFest no White River Amphiteatre. Eu acho que eu sou o mais qualificado, uma vez que minha banda Loaded acabou de passar um mês excursionando pela Europa com eles, e minha banda antiga, o Guns N´ Roses saiu em turnê com eles em 1988. Eu acho que eu simplesmente sei onde alguns dos corpos estão enterrados.

Aqui vão alguns dos fatores determinantes para aqueles de vocês que quiserem saber mais sobre ‘o Crüe’, mas talvez tenham medo de perguntar.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

1) Nikki Sixx é um gênio. Esse visionário musical (que passou alguns anos de sua criação em Seattle) teve a visão de mudar pra Hollywood em 1979 e começar um movimento. Com uma mala cheia de discos do Sweet, Slade e do New York Dolls, Nikki se juntou com um bando de músicos que eventualmente lançaram 'Too Fast For Love' em 1982, e o rock moderno tinha um novo líder. Lá atrás, Nikki de alguma forma misturou as antagônicas artes da composição musical e da sagacidade nos negócios, e ele tem sido um bastião que o resto de nós músicos devemos seguir. Ele tem encontrado maneiras de reinventar essa banda de novo e de novo, superando um período no meio dos anos 90 que teria simplesmente matado muitos outros grupos (e matou!!). O CrüeFest (invenção do Nikki) rapidamente substituiu o Ozzfest como a turnê de verão para qualquer banda de rock pesado tocar.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

2) Mick Mars é um herói. Apenas assistir a esse cara tocar guitarra faz uma pessoa saudável sentir vergonha na cara por se queixar de qualquer coisa. Diagnosticado aos 19 anos com uma doença progressiva, a espondilite anquilosa, Mick mais recentemente tem encarado suas costas se calcificando e uma cirurgia de recolocação de quadril como resultado. A dor que ele deve suportar só pode ser imaginada; O jeito dele tocar é um orgasmo visual para qualquer músico com problemas físicos. Esse mês passado na Europa, eu e os outros caras do Loaded encaramos Mick como uma arma secreta quase não-revelada do Mötley Crüe... como se disséssemos "De onde saiu esse cara?"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

3) O Mötley Crüe esculachou com a gente. Lá atrás, nos dias de loucura do Guns N’ Roses, quando todo mundo achava que éramos a banda mais fudidona e que tomava mais álcool e drogas do pedaço (e talvez a gente também achasse), rapidamente descobrimos que éramos dentes-de-leite comparados ao patamar onde estava o Mötley Crüe. Com seus nomes codificados pra diferentes drogas e jatinhos particulares, nossa olhadela no mundo deles – quando abrimos pra eles na turnê do ‘Girls, Girls, Girls’ – foi como olhar pro abismo à beira do qual eles estavam andando de skate enquanto muitos outros tinham despencado. Hey, não há nada glamuroso em beber e se drogar, mas eu tenho que dizer que esses caras pelo menos aperfeiçoaram aquela arte sombria por um tempo lá pelos anos 80.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

4) O Mötley VOLTOU! Testemunhar esses caras tocarem um saudável punhado de shows mês passado provou que eles de algum modo acharam uma fagulha que estava faltando pelos últimos 15 anos: num show em Wettingen, na Suíça, num palco pequeno em frente de 3.000 fãs ensandecidos, eu vi esses caras tornarem-se quase punk-rock em energia e garra. É como se eles tivessem percebido que a música deles não está mais na moda, e é eles contra o mundo de novo – e ninguém vai ajudá-los na briga. Se você ainda não viu essa banda ao vivo, agora pode ser a melhor hora de todas para vê-los. Eles estão emputecidos e aparentemente unidos em uma causa de novo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vamos encarar os fatos, o Mötley Crüe não é uma banda que vai desafiar você intelectualmente ou impressionar você com composições inovadoras e que farão você pensar. O Mötley simplesmente se mantém mandando uma bela batida e progressões de acorde simples, mas de arrebentar o crânio. Quer ser desafiado musicalmente? Não vá ao CrüeFest. Quer se divertir e esquecer sobre seu emprego chato e seu chefe cuzão? O Mötley é a banda perfeita, e o CrüeFest oferece o elenco mais sólido de heavy metal que você conseguirá achar esse verão todo.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Rodz Online: Pam & Tommy - Verdades e Mentiras (vídeo)

Mötley Crüe: ex-vocalista acha a série "Pam & Tommy" uma bela de uma m*rda


Mötley Crüe: John Corabi sente-se insultado pela forma que foi retratado em "The Dirt"



Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande.