Matérias Mais Lidas


Summer Breeze 2024

A música "criada do nada" que se tornou uma das baladas mais tocantes dos anos 90

Por Mateus Ribeiro
Postado em 13 de fevereiro de 2024

Ao longo da gloriosa e saudosa década de 1990, muitas músicas interessantes foram lançadas. Uma dessas músicas é a belíssima balada "Runaway Train", que é o tema desta nota e maior hit do grupo estadunidense de Rock Alternativo Soul Asylum.

Foto: Reprodução - Vevo
Foto: Reprodução - Vevo
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Uma obra que foi criada rapidamente e se eternizou

"Runaway Train", cuja letra fala sobre amor e perda, é faixa de "Grave Dancers Union", sexto disco de estúdio do Soul Asylum, lançado em 6 de outubro de 1992. Segundo o vocalista Dave Pirner, autor de "Runaway Train", a música não demorou muito tempo para ficar pronta.

"Acho que a música simplesmente saiu do meu cérebro. Às vezes, uma música leva seis anos para ser escrita e, às vezes, leva meia hora. Essa foi uma que surgiu muito rapidamente. Eu a escrevi de uma vez só e depois a mostrei para a banda. Eles acharam que era boa. Foi realmente a primeira vez que escrevi uma música e as pessoas tiveram uma reação imediata. Eu não sabia ao certo por que as pessoas ficaram tão surpresas com aquela música. Eu era ingênuo demais para perceber que todos estavam vendo sinais de dólar. Eu simplesmente nunca tinha vivenciado nada parecido", declarou Pirner, em entrevista concedida à Classic Rock.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"É uma música muito próxima e querida ao meu coração, é uma declaração muito pessoal e estou satisfeito por não ser uma música pop boba ou algo do gênero. Acho irônico que algo que poderia ser considerado perturbador ou extremamente deprimente possa soar tão universal", complementou o vocalista do Soul Asylum.

O vídeo icônico que ajudou a resolver casos de desaparecimento

O famoso vídeo de "Runaway Train", dirigido por Tony Kaye, foi lançado em 1993 e exibido com frequência nas emissoras especializadas em música. O clipe, que mostra imagens de crianças desaparecidas, termina com um pedido feito por Pirner: "Se você viu uma dessas crianças, ou se você é uma delas, por favor, ligue para este número".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Eu não conseguia acreditar que era possível transcender o videoclipe e levá-lo para a vida real. Foi uma experiência muito legal perceber que existe o potencial para que o entretenimento tenha um efeito positivo no mundo real. E isso é algo que provavelmente não acontece com frequência. É algo que acabamos descobrindo por meio de Tony Kaye, o diretor do vídeo, dizendo ‘caixas de leite, caixas de leite’. Perguntamos a ele sobre o que estava falando, e ele disse: ‘As crianças nas caixas de leite - deveríamos tentar encontrá-las’.

Você tem uma situação em que as pessoas nem sequer entendem. Elas dizem: ‘Isso deveria ser uma ferramenta promocional para o seu disco; você não deveria estar fazendo algum tipo de declaração social/política aqui'. E você pensa: ‘Sim, mas por que não tentamos?’. Às vezes, você está até lidando com a adversidade das pessoas com quem está fazendo o álbum. Então, realmente conseguimos contornar o sistema. Achei que isso foi uma grande conquista", relembrou o frontman.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No fim das contas, o vídeo de "Runaway Train" ajudou a resolver alguns casos de desaparecimento. Segundo Tony Kaye, 26 crianças que aparecem no clipe foram encontradas.

Tragédias e casos não resolvidos

Infelizmente, alguns casos retratados no vídeo de "Runaway Train" terminaram de forma trágica.

"Conheci um bombeiro na Costa Leste cuja filha estava no final do vídeo, e ele estava em uma dura batalha pela custódia dela com sua esposa. Acontece que a menina não fugiu, mas foi morta e enterrada no quintal pela mãe", revelou o guitarrista Dan Murphy, durante entrevista concedida ao Pasadena Weekly.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Há ainda o caso de Thomas Dean Gibson, que desapareceu em março de 1991, quando tinha dois anos de idade. Thomas continua desaparecido até os dias atuais, porém, seu pai, Larry Gibson, foi condenado em 1995 por homicídio culposo depois que os promotores alegaram que ele acidentalmente matou Thomas quando atirou em um gato que estava em seu jardim. Larry foi solto em 1996.

De acordo com o artigo sobre "Runaway Train" publicado na Wikipedia, Christopher M. Kerze, Martha W. Dunn, Andrea D. Durham, Wilda M. Benoit, Byron E. Page, Kimberly S. Doss, Duane E. Fochtman, John F. Lango e Patrick S. Betz, que também aparecem no vídeo da música, continuam desaparecidos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O vídeo de "Runaway Train" pode ser assistido no player abaixo.

"Grave Dancers Union", que é o disco mais popular do Soul Asylum, pode ser ouvido via Spotify.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Fotos de Infância: Pantera


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Mateus Ribeiro

Fã de Ramones, In Flames e Soilwork. Ouve (quase) tudo, desde rock clássico até black metal.
Mais matérias de Mateus Ribeiro.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS