John Paul Jones & Zooma

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Cláudio Vigo
Enviar correções  |  Comentários  | 


Apesar de ser o menos amado, talvez o mais subestimado de todos os seus elementos, John Paul Jones sempre foi uma usina de talento e peça fundamental na engrenagem deste monstro sagrado do rock que se chama Led Zeppelin. Todas as viúvas (muitas delas hidrófobas) só clamam pela memória de Page, Plant e Bonzo e esquecem deste músico fantástico, que faz um trabalho ainda hoje instigante e atual, como se pode comprovar ouvindo o maravilhoso Zooma, seu cd solo lançado em 99.
5000 acessosLegião Urbana: a versão de Renato Rocha sobre a sua saída5000 acessosRoqueiros conservadores: a direita do rock na revista Veja

Depois que a vaca foi pro brejo com as quarenta vodkas de Bonzo, pouco se ouviu falar de John Paul Jones. Enquanto Plant iniciava uma carreira solo de relativo sucesso e Page tentava aqui e acolá voltar ao que fora, Jones voltou às origens de arranjador e sessionman, abandonando os holofotes e desenvolvendo trabalhos com músicos do calibre de Paul McCartney e Brian Eno. Fez algumas trilhas de filme, muitos arranjos e experimentou um pouco de música eletrônica.

Alem de um baixista excepcional, conhece música como poucos e é um tecladista bastante razoável. A verdade é a seguinte: ao invés de ficar correndo atrás de um qualquer e vivendo de um passado que não volta mais, o homem foi em frente e fez um excelente disco instrumental de música contemporânea, onde arrasa no baixo de doze cordas na companhia dos não menos inspirados Pete Thomas (bateria) e Trey Gunn (guitarras e zilhões de efeitos). É um tapa na orelha cheio de inteligência, que muitas vezes lembra as melhores coisas do King Crimson onde lirismo e brutalidade se misturam na medida certa. O homem está impossível no baixo, no auge da forma e da criatividade, o que prova que qualidade não é questão de idade e sim de maturidade e talento.

É lógico que o fã clube vai odiar o disco, afinal de contas fã gosta de coisas imutáveis onde reconheça e se reconheça na idolatria. Pergunte a um fã de Jerry Adriani se ele pode parar de cantar "doce amor". É a mesma coisa, tanto faz seja da Emilinha, Cauby ou Led Zeppelin, a cegueira de quem não suporta a evolução natural do talento é uma constante. Todo cuidado é pouco quando se chega perto da bitolação da alma e da mente. Um verdadeiro perigo que beira o reacionarismo (olha o Nazismo aí gente!)

O disco é nitroglicerina pura e bastante pesado. Algumas faixas são antológicas como "Goose" onde o baixão de dez cordas é espancado num vigoroso solo altamente vitaminado acompanhado por uma bateria simplesmente alucinante que faz lembrar Bill Bruford ou o Ginger Baker dos áureos tempos. Bass'n'Drums é um estimulante diálogo onde Jones pode mostrar toda a evolução de sua técnica que muitas vezes ficou obscurecida no grupo de origem. Pelo menos muito pouca gente citava isto na época.

Nascido em 3 de Janeiro de 1946, John Paul Jones foi arranjador e produtor de muita gente boa antes de entrar pro Led Zeppelin (Jeff Beck, Herman Hermits, Graham Gouldman, Donavan etc...) e está preparando um disco novo com os mesmos acompanhantes. Se mantiver o nível deste está valendo e muito.

Não é por nada não, mas tocando deste jeito e com essa criatividade nas composições pode até babar ou desmunhecar que isso não tem a mínima importância.

Não é o Led Zeppelin, mas está à altura do Led Zeppelin. Dá pra entender não dá? Ah! Antes que eu me esqueça, esta coluna foi escrita com Zooma explodindo nos fones!

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

On The Road

3544 acessosJimmy Page, Led Zeppelin & The Black Crowes1271 acessosOn The Road2542 acessosAndy Warhol & Velvet Underground463 acessosJoe Jackson - Heaven & Hell4048 acessosJim Morrison - Ode a LA5000 acessosJerry Garcia - O Anti-Super-Star2152 acessosThe 70's - E um pouco sobre Gregg Allman5000 acessosAllman Brothers Band - ainda The 70s1741 acessosThe 80's - e um pouco sobre Ian Curtis904 acessosJorge Mautner2325 acessosTommy Bolin: sua morte prematura foi uma perda incalculável2670 acessosChuva de Guitarras1207 acessosJohn Mayall e o restaurante Indonésio1588 acessosUma noite das Arábias5000 acessosGlam Rock: A vanguarda era ditada com muito cílio postiço2761 acessosPapo Lynyrd672 acessosMemória do Futuro1029 acessosFour de Ases4149 acessosPancadão Hendrixniano3955 acessosNum muro dos anos 702755 acessosSteely Dan - Pop Perfeito1381 acessosOs quatro CDs do Apocalipse1868 acessosJoni Mitchell & Charlie Mingus5000 acessosGigantes do Soul Jazz1211 acessosMais gigantes do Soul Jazz1161 acessosQuem lembra dos Supergrupos?2567 acessosMick Jagger, Graham Bond e Geração Bendita2157 acessosColin Hodgkinson, biscoito fino no baixo4183 acessosAlguns atalhos para muitas viagens3056 acessosJohn Paul Jones - herói do Olimpo3831 acessosThe Shadows, a sombra de Hank Marvin1571 acessosColdplay e a franja do Fernando2441 acessosFunky Friends1058 acessosElogio do Ócio974 acessosConfissões Paulistas1311 acessosVelhas Novidades2989 acessosMahavishnu Orchestra e a Yoga2123 acessosAir - Moon Safari3879 acessosColecionadores de discos e de calcinhas4718 acessosHell's Angels, Punks, Verve2728 acessosPara onde vão Robert Fripp e os amestradores de focas?5000 acessosRimbaud e Morrison: A grande maioria passa pela vida imersa na multidão2262 acessosDr. John5000 acessosMais do Mesmo1164 acessosJorge Mautner e as Memórias do Filho do KAOS1569 acessosSoulive, usina groove em forma de power trio de jazz funky5000 acessosRolling Stones - "Exile On Main Street"3992 acessosOn The Road - Menos é Mais5000 acessosOs 1001 discos para se ouvir antes de morrer2803 acessosJeff Beck: Economia e bom gosto, eis a conseqüência3270 acessosOn The Road: O velho feiticeiro do piano e o Zappa do Funk1977 acessosOn The Road: Allman Brothers Band, um sonho de priscas eras5000 acessosOn The Road: "Jeff Beck é Jeff Beck"510 acessosOn The Road: "It's a long time gone, bicho!" - CSN no RJ569 acessosOn The Road: Água Brava, Bacamarte e Celso Blues Boy1419 acessosOn The Road: biografia de Ron Wood é bem humorada e informativa0 acessosTodas as matérias sobre "On The Road"

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias0 acessosTodas as matérias sobre "On The Road"0 acessosTodas as matérias sobre "Led Zeppelin"

Legião UrbanaLegião Urbana
A versão de Renato Rocha sobre a sua saída

Roqueiros conservadoresRoqueiros conservadores
A direita do rock na revista Veja

Em canaEm cana
Os rockstars em suas fotos mais constrangedoras

5000 acessosUltimate Guitar: as 28 canções mais sombrias de todos os tempos5000 acessosMarilyn Manson: vocalista revela suas estranhas fobias sexuais5000 acessosSexo e Rock and Roll: músicas com conotação sexual5000 acessosDave Mustaine: com bom humor, ele comenta gafe do Grammy5000 acessosRoger Waters: Ele nunca foi amigo de Gilmour, então nada mudou5000 acessosSlipknot: o futuro está garantido, afirma Corey Taylor

Sobre Cláudio Vigo

Da safra de 62 , Claudio Vigo ganha a vida com a poesia, o jazz e o rock n roll. Paga as contas como arquiteto.

Mais matérias de Cláudio Vigo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online