On The Road: Allman Brothers Band, um sonho de priscas eras

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Cláudio Vigo
Enviar Correções  

Um sol de derreter catedral já prenunciava o que viria a ser um dia inesquecível, um sonho de priscas eras. Comprei meu primeiro Lp da ALLMAN BROTHERS BAND no já distante ano de 1977 e com quinze anos queria virar Gregg Allman imediatamente. Tentei de Tudo, da cabeleira loura às pulseiras de cobre até a antipatia proverbial, mas infelizmente sempre cantei como uma gralha e o máximo que cheguei perto de um piano foi possivelmente para limpar. Dediquei-me durante anos a escutar e adquirir todos os discos, ler tudo a respeito e a sonhar em um dia poder ver isso de perto. Coisa que tinha certeza absoluta que jamais aconteceria.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quando cheguei próximo do palco no New Orleans Jazz & Heritage Festival já vi a multidão de caminhões com o equipamento e os famosos roadies tatuados com cara de poucos amigos. O mais leve devia pesar uns 200kg de pura marra e estranheza. Todos cabeludissimos, barbudos, cobertos de anéis, pulseiras e colares, congelados no tempo como se estivéssemos em 74 ou coisa assim. Comecei a lembrar de cada encarte, cada foto do backstage dos inúmeros discos ao vivo e o nó foi apertando na garganta.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quando entrei no reservado junto ao palco olhei para o telão e pude ter a idéia do tamanho da multidão que estava assistindo. Pessoas com camisetas de várias tours, rednecks, Sweet Melissas já sexagenárias, gente com flores na cabeça e um sorriso eterno no rosto, uma celebração talvez tão recorrente quanto um show do GRATEFUL DEAD. Um fã da ALLMAN BROTHERS BAND já sabe o que vai ouvir e não quer que isso mude e se orgulha de colecionar as inúmeras, incontáveis variações de um mesmo tema. Quantas possibilidades existem de se tocar "Whipping Post"? Centenas? Milhares? Pois é...

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Nos dois sets de abertura a cargo dos NOLA ALL STARS e da LEVON HELM BAND (que podem ser verificados no blog – JAMBALAYA - http://cvigo.blog.uol.com.br/) o público já estava nas alturas. Fizemos amizade com um grupo de bluseiros texanos e uma turma de New York que estava completamente overmind. Um deles morou no Brasil (surfista que falava carioca e ficou maravilhado com meu sotaque) e me disse que já havia assistido a banda pelo menos umas quinze vezes.

A ansiedade já dominava os corações e mentes quando a LEVON HELM BAND se retirou e entraram os Brucutus pra arrumar o palco. Como estava muito próximo (uns dez metros) pude ver ao fundo a movimentação nos bastidores e vislumbrar Greeg Allman arrumando a eterna juba loura antes de entrar. Eu parecia uma fanzoca de Emilinha, uma macaca de auditório e comecei a gritar. Pensei que fosse exclusividade histérica minha mas quando percebi havia uma monteira de barbados e barbudos grisalhos igual a mim fazendo o mesmo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Entraram totalmente blasé: Gregg Allman (mais marrento que Romário e Adriano juntos), Warren Haynes (enorme), Derek Trucks de muletas (ia tocar sentado), Oteil Burdbridge (um monstro) e a maravilhosa cozinha dos bateras Butch Trucks e Jaimoe. Pareciam que estavam afinando os instrumentos e no meio da cacofonia aparece "Trouble no More" com lancinantes solos de Haynes e a avalanche habitual de slide de Derek Trucks.

publicidade

Daí em diante grudei no palco e foi só alegria. O que já foi improviso e impetuosidade virou um enorme exercício de competência técnica e virtuosismo. São músicos fabulosos que conhecem profundamente o repertório e vão impondo variações num caminho já altamente trilhado e seguro. No meio de uma velocidade estonteante ninguém erra. Mesmo porque os ouvidos da platéia já conhecem cada possibilidade daqueles solos. A coisa vai num crescendo até um êxtase extático do absurdo.

Duanne Allman (o inventor da fórmula) era um ouvinte atento de John Coltrane e Gregg se criou ouvindo Jimmy Smith, tem muito de jazz no Blues rock sulista da ALLMAN BROTHERS BAND. Mais do mesmo foi acontecendo – "Stateboro Blues" fez a galera gemer e pouquíssimas palavras ou olhares eram tocados pelo publico. A voz de Gregg Allman está bem melhor que em vídeos recentes que assisti e inúmeros copos eram sorvidos (de formol todos brincávamos) enquanto o sol inclemente torrava os miolos da cariocada lembrando São João de Meriti.

Em um desses solos lancinantes Warren Haynes quebrou sua palheta e jogou na direção do público caindo no pé do surfista de New York que a pegou imediatamente. Olhei comprido e sorri pra ele que incontinenti me ofertou a relíquia. Caramba! Peguei aquele pedaço ínfimo de plástico queimado pelo esmeril do uso e guardei para meu filho que com onze anos já está dominado pelo rocknroll. Será como se fosse um legado, uma passada de bastão que um dia talvez ele entenda o significado.

Os acordes iniciais de "Whipping Post" já mostravam que a festa estava acabando e eu estava cansado como se tivesse finalmente chegado a algum lugar depois de caminhar por 35 anos. Depois de inúmeros chamados voltaram para um pequeno set acústico com "Sweet Melissa".


Quando ouvi o último acorde virei de costas e me retirei lentamente sem olhar pra trás, entre os dedos apertava milha relíquia e pensava no meu filho, o sol já poente se transformava numa bola alaranjada igualzinha à capa do "Eat a Peach", aquele meu primeiro disco comprado há tanto tempo atrás. Trazia comigo a certeza da missão cumprida e a memória de um grande trecho da vida que me ofuscava agora naquele solão vermelho.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


On The Road

On The Road: Jimmy Page, Led Zeppelin & The Black CrowesOn The Road
Jimmy Page, Led Zeppelin & The Black Crowes

On The Road: John Paul Jones, o menos amado, talvez o mais subestimadoOn The Road
John Paul Jones, o menos amado, talvez o mais subestimado

On The Road: Um dos livros mais comentados e menos lidos da históriaOn The Road
Um dos livros mais comentados e menos lidos da história

On The Road: O mundo girou ao redor de Andy Warhol por quase vinte anosOn The Road
O mundo girou ao redor de Andy Warhol por quase vinte anos

On The Road: Para Joe Jackson como seria o Céu e o Inferno?On The Road
Para Joe Jackson como seria o Céu e o Inferno?

On The Road: Jim Morrison, uma ode a L.A.On The Road
Jim Morrison, uma ode a L.A.

On The Road: Jerry Garcia - O Anti-Super-StarOn The Road
Jerry Garcia - O Anti-Super-Star

On The Road: The 70's - E um pouco sobre Gregg AllmanOn The Road
The 70's - E um pouco sobre Gregg Allman

On The Road: Allman Brothers Band - ainda The 70sOn The Road
Allman Brothers Band - ainda The 70s

On The Road: The 80's - e um pouco sobre Ian CurtisOn The Road
The 80's - e um pouco sobre Ian Curtis

On The Road: Jorge MautnerOn The Road
Jorge Mautner

On The Road: Tommy Bolin; sua morte prematura foi uma perda incalculávelOn The Road
Tommy Bolin; sua morte prematura foi uma perda incalculável

On The Road: Chuva de Guitarras; Total domínio do instrumento e um feeling absurdoOn The Road
Chuva de Guitarras; Total domínio do instrumento e um feeling absurdo

On The Road: John Mayall e o restaurante IndonésioOn The Road
John Mayall e o restaurante Indonésio

On The Road: Camel, uma noite das ArábiasOn The Road
Camel, uma noite das Arábias

On The Road: Glam Rock; A vanguarda era ditada com muito cílio postiço

On The Road: Papo LynyrdOn The Road
Papo Lynyrd

On The Road: Tunel do tempo; A criatividade não está restrita a uma época especificaOn The Road
Tunel do tempo; A criatividade não está restrita a uma época especifica

On The Road: Four de AsesOn The Road
Four de Ases

On The Road: Pancadão HendrixnianoOn The Road
Pancadão Hendrixniano

On The Road: Num muro dos anos 70On The Road
Num muro dos anos 70

On The Road: Steely Dan - Pop PerfeitoOn The Road
Steely Dan - Pop Perfeito

On The Road: Os quatro CDs do ApocalipseOn The Road
Os quatro CDs do Apocalipse

On The Road: Joni Mitchell e Charlie MingusOn The Road
Joni Mitchell e Charlie Mingus

On The Road: Gigantes do Soul JazzOn The Road
Gigantes do Soul Jazz

On The Road: Mais gigantes do Soul JazzOn The Road
Mais gigantes do Soul Jazz

On The Road: Quem lembra dos Supergrupos?On The Road
Quem lembra dos Supergrupos?

On The Road: Mick Jagger, Graham Bond e Geração BenditaOn The Road
Mick Jagger, Graham Bond e Geração Bendita

On The Road: Colin Hodgkinson, biscoito fino no baixoOn The Road
Colin Hodgkinson, biscoito fino no baixo

On The Road: Alguns atalhos para muitas viagensOn The Road
Alguns atalhos para muitas viagens

On The Road: John Paul Jones - herói do OlimpoOn The Road
John Paul Jones - herói do Olimpo

On The Road: The Shadows, a sombra de Hank MarvinOn The Road
The Shadows, a sombra de Hank Marvin

On The Road: Coldplay e a franja do FernandoOn The Road
Coldplay e a franja do Fernando

On The Road: Funky FriendsOn The Road
Funky Friends

On The Road: Elogio do ÓcioOn The Road
Elogio do Ócio

On The Road: Confissões PaulistasOn The Road
Confissões Paulistas

On The Road: Velhas NovidadesOn The Road
Velhas Novidades

On The Road: Mahavishnu Orchestra e a YogaOn The Road
Mahavishnu Orchestra e a Yoga

Air - Moon SafariAir - Moon Safari

Colecionadores de discos e de calcinhasColecionadores de discos e de calcinhas

Hell's Angels, Punks, VerveHell's Angels, Punks, Verve

Robert Fripp: No brasil acompanhado das focas amestradasRobert Fripp
No brasil acompanhado das focas amestradas

On The Road: Rimbaud e MorrisonOn The Road
Rimbaud e Morrison

On The Road: Dr. John, melancolia e insensatez durante o Tim FestivalOn The Road
Dr. John, melancolia e insensatez durante o Tim Festival

On The Road: Mais do MesmoOn The Road
Mais do Mesmo

On The Road: Jorge Mautner e as Memórias do filho do KAOSOn The Road
Jorge Mautner e as Memórias do filho do KAOS

On The Road: Soulive, usina groove em forma de power trio de jazz funkyOn The Road
Soulive, usina groove em forma de power trio de jazz funky

On The Road: Exile..., obra prima feita de arestas, atos falhos e balbuciosOn The Road
Exile..., obra prima feita de arestas, atos falhos e balbucios

On The Road: Menos é MaisOn The Road
Menos é Mais

On The Road: Os 1001 discos para se ouvir antes de morrerOn The Road
Os 1001 discos para se ouvir antes de morrer

On The Road: Jeff Beck, economia e bom gosto, eis a conseqüênciaOn The Road
Jeff Beck, economia e bom gosto, eis a conseqüência

On The Road: O velho feiticeiro do piano e o Zappa do FunkOn The Road
O velho feiticeiro do piano e o Zappa do Funk

On The Road: Jeff Beck é Jeff BeckOn The Road
"Jeff Beck é Jeff Beck"

On The Road: "It's a long time gone, bicho!" - CSN no RJ

On The Road: Água Brava, Bacamarte e Celso Blues Boy

On The Road: biografia de Ron Wood é bem humorada e informativa

Todas as matérias sobre "On The Road"




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Mötley Crüe: a ousada tattoo de modelo paulista em tributo à bandaMötley Crüe
A ousada tattoo de modelo paulista em tributo à banda

Contra Costa Times: Os 25 melhores guitarristas da Bay AreaContra Costa Times
Os 25 melhores guitarristas da Bay Area


Sobre Cláudio Vigo

Da safra de 62 , Claudio Vigo ganha a vida com a poesia, o jazz e o rock n roll. Paga as contas como arquiteto.

Mais matérias de Cláudio Vigo no Whiplash.Net.

Cli336 Cli336 Cli336 CliHo Cli336 WhiFin CliIL Cli336