Matérias Mais Lidas

Nightwish: Floor comenta saída de Marko e show interativo tocado em um banheiro verdeNightwish
Floor comenta saída de Marko e show interativo tocado em um "banheiro verde"

Miranda: por que não faz sentido roqueiro criticar funk, segundo saudoso produtorMiranda
Por que não faz sentido roqueiro criticar funk, segundo saudoso produtor

Rita Lee: internauta viraliza ao trazer Manu Gavassi como sua equivalência modernaRita Lee
Internauta viraliza ao trazer Manu Gavassi como sua equivalência moderna

1983: 15 grandes álbuns lançados no ano que o mundo conheceu o Metallica e o Slayer1983
15 grandes álbuns lançados no ano que o mundo conheceu o Metallica e o Slayer

João Gordo: ele diz não ser representante do metal e cita os verdadeirosJoão Gordo
Ele diz não ser representante do metal e cita os "verdadeiros"

Há quem goste: As 10 bandas mais odiadas do universoHá quem goste
As 10 bandas mais odiadas do universo

K.K. Downing: De onde o Iron Maiden tira tanta energia?K.K. Downing
"De onde o Iron Maiden tira tanta energia?"

David Coverdale: post em solidariedade ao Brasil após 500 mil mortes por Covid-19David Coverdale
Post em solidariedade ao Brasil após 500 mil mortes por Covid-19

Saúde: mais de 60% dos músicos sofrem de problemas mentaisSaúde
Mais de 60% dos músicos sofrem de problemas mentais

Metallica: a palavra mais presente nas letras da banda é...Metallica
A palavra mais presente nas letras da banda é...

Thrash metal: dez grandes álbuns do estilo que foram lançados em 1990Thrash metal
Dez grandes álbuns do estilo que foram lançados em 1990

Covers: nove versões inusitadas para clássicos da música pesada, em lista da KerrangCovers
Nove versões inusitadas para clássicos da música pesada, em lista da Kerrang

DJ Ashba: ele ficou milionário com o Guns N' Roses, e conta o segredoDJ Ashba
Ele ficou milionário com o Guns N' Roses, e conta o segredo

Darkthrone: Fenriz lista os 5 álbuns mais influentes do doom metalDarkthrone
Fenriz lista os 5 álbuns mais influentes do doom metal

Helloween: Comemorando três décadas de história em primeiro disco com nova formaçãoHelloween
Comemorando três décadas de história em primeiro disco com nova formação


Arte Musical
Stamp

Iron Maiden: Fãs vão amar, "haters gonna hate"

Resenha - Book Of Souls - Iron Maiden

Por Doctor Robert
Em 04/09/15

Nota: 8

AC/DC, Ramones, Motörhead... O que essas bandas têm em comum, além do fato de serem clássicas? O fato de terem encontrado um estilo de composições que parece imutável por toda a sua discografia. O fato do ouvinte já saber exatamente o que iria ouvir a cada novo álbum por eles lançado. De alguns anos para cá, o Iron Maiden passou a fazer parte deste rol – quando você aguarda um novo lançamento do sexteto, já tem uma boa ideia do que está por vir ao apertar o play. Mas por que diabos então tanta gente critica o Maiden por isso, e não fazem o mesmo com os nomes citados anteriormente?

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Talvez a resposta esteja no passado da banda. No período tido como clássico do grupo, mais precisamente até a saída de Adrian Smith no final da década de 1980 e de Bruce Dickinson alguns anos depois, o Iron Maiden costumava apresentar uma variedade maior em seu cardápio musical. Dos primeiros discos com uma sonoridade mais urgente e direta, passando pela crueza e técnica de "Piece Of Mind" e "Powerslave", chegando à era dos teclados e dos flertes com o rock progressivo em "Somewhere In Time" e "Seventh Son Of A Seventh Son", caindo depois numa volta às origens em "No Prayer For The Dying" e flertando com uma sonoridade mais acessível em "Fear Of The Dark", pode-se dizer que havia um elemento surpresa e uma grande curiosidade a cada novo disco que a Donzela colocava no mercado.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Acabada a "fase romântica", veio o período de vacas magras com Blaze Bayley, de álbuns irregulares alternando algumas músicas muito boas com outras plenamente esquecíveis, até que o retorno da dupla Smith/Dickinson encheu de esperança os fiéis seguidores do grupo. E "Brave New World" saciou a muitos anseios, embora nem de longe chegasse aos pés dos trabalhos mais clássicos do grupo e nem apresentasse a ousadia que Bruce arriscava em seus então últimos vôos solos ("Accident Of Birth" e "Chemichal Wedding", frutos de uma bela parceria com o guitarrista e produtor Roy Z, e ambos com a participação de Smith).

Resumindo a história toda, a partir de "Dance Of Death", o que se lê em toda resenha sobre os lançamentos do Iron Maiden é mais ou menos o mesmo – se o crítico não é muito chegado, logo vem com a ladainha de "repetição de fórmula já desgastada"; se é um fã do grupo, já alça o status de "nova obra-prima". Nunca há um meio termo.

Posto isso, vamos rasgar o verbo: sim, o Iron Maiden encontrou uma zona de conforto. Muitas de suas composições de seus últimos trabalhos seguem sim uma mesma fórmula. Até o mesmo produtor (Kevin Shirley) tem sido mantido. E pra quê se arriscar em mudar, com quarenta anos de estrada? Não é isso o que os fãs querem ouvir? Então não há que se bater nesta mesma tecla, não adianta tentar ouvir o disco achando que vai encontrar algo completamente diferente de tudo - o que cabe discutir é se as músicas agradam ou não aos seus ouvidos.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Então vamos lá... Tentando ser imparcial ao ouvir o já tão comentado "The Book Of Souls", o que presenciamos é uma banda mais do que estabelecida como um dos maiores nomes do rock pesado da história tentando surpreender e ao mesmo tempo não desagradar aos fãs mais conservadores. Em alguns casos acertam em cheio: a abertura com "If Eternity Should Fail" já é de cara um dos melhores momentos da fase "sexteto" da banda – originalmente composta por Bruce Dickinson para sua carreira solo, é a primeira vez em que se ouve o Maiden tocando com as guitarras afinadas em "Drop D" (com a corda Mi um tom abaixo). "Speed Of Light", que já se tornou viral, muito por conta de seu vídeo clipe bem bacana, é Maiden clássico na mais pura acepção deste termo, assim como "When The River Runs Deep". Outro grande momento fica por conta de "Tears Of A Clown", com sua levada meio cadenciada, fugindo um pouco da "padronização" comentada, além do ótimo trabalho de guitarras.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Mas nem tudo são flores. "The Red And The Black" ficou um tanto quanto cansativa em seus 13 minutos, apresentando muitos momentos pouco inspirados. A faixa título também se alterna em altos e baixos. Já em "Shadows Of The Valley" a coisa fica meio constrangedora: uma introdução meio que clonada de "Wasted Years" e várias levadas onde você já imagina, sem muito esforço, o público entoando "ô ô ô" para acompanhar – mais clichê, impossível.

O melhor, porém, ficou para o final: a épica "Empire Of The Clouds", magistral em seus 18 minutos, encerra o disco de maneira grandiosa, num verdadeiro prog-metal com direito a piano e orquestrações permeando uma das melhores músicas da história recente do grupo. Coincidentemente, também de autoria isolada de Bruce Dickinson – teria finalmente o chefão Steve Harris dado carta branca ao vocalista para voltar a se arriscar, como nos velhos tempos de "Revelations" e "Powerslave"?

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Em suma, a ideia interessante de surpreender com o primeiro álbum duplo de estúdio da banda não obteve o resultado esperado. Sim, mais um grande disco de heavy metal, de um dos maiores nomes do gênero. Mas seria bem melhor se fosse um CD simples, retirando alguns trechos e até mesmo algumas canções menos inspiradas de seu conteúdo. E continua a história: fãs vão amar, "haters gonna hate"... E os fãs mais "xiitas" vão detonar cada linha onde houver uma crítica que seja contrária à sua opinião...

Iron Maiden – The Book Of Souls (Warner)

Produzido por Kevin Shirley

Disco 1:
1. "If Eternity Should Fail" (Dickinson) 8:28
2. "Speed Of Light" (Smith/Dickinson) 5:01

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

3. "The Great Unknown" (Smith/Harris) 6:37
4. "The Red And The Black" (Harris) 13:33
5. "When The River Runs Deep" (Smith/Harris) 5:52
6. "The Book Of Souls" (Gers/Harris) 10:27
 Disco 2
1. "Death Or Glory" (Smith/Dickinson) 5:13
2. "Shadows Of The Valley" (Gers/Harris) 7:32
3. "Tears Of A Clown" (Smith/Harris) 4:59
4.  "The Man Of Sorrows" (Murray/Harris) 6:28
5.  "Empire Of The Clouds" (Dickinson) 18:01

Bruce Dickinson – vocais, piano em "Empire of the Clouds"
Dave Murray – guitarras
Adrian Smith – guitarras
Janick Gers – guitarras
Steve Harris – baixo
Nicko McBrain – bateria


Outras resenhas de Book Of Souls - Iron Maiden

Iron Maiden: Outra página brilhante de sua inconfundível históriaIron Maiden
Outra página brilhante de sua inconfundível história

Iron Maiden: Reforçando o fato de ser uma das maiores da história

Iron Maiden: Essencial para todo fã do grupo inglêsIron Maiden
Essencial para todo fã do grupo inglês

Iron Maiden: Novo álbum exige várias audições para ser absorvido

Iron Maiden: Respondendo aos que achavam que a banda estava morta

Iron Maiden: 92 minutos de atenção, é o que a Donzela lhe pedeIron Maiden
92 minutos de atenção, é o que a Donzela lhe pede

Iron Maiden: Sensação de alívio e satisfação ao fim da audiçãoIron Maiden
Sensação de alívio e satisfação ao fim da audição

Iron Maiden: honestidade e liberdade em "The Book Of Souls"

Iron Maiden: Grata surpresa e despedida perfeita do giganteIron Maiden
Grata surpresa e despedida perfeita do gigante

Iron Maiden: The Book Of Souls ocupa lugar entre melhores discosIron Maiden
The Book Of Souls ocupa lugar entre melhores discos

Iron Maiden: O melhor álbum desde Brave New World?Iron Maiden
O melhor álbum desde "Brave New World"?

Iron Maiden: The Book Of Souls é uma obra sem precedentesIron Maiden
"The Book Of Souls" é uma obra sem precedentes

Iron Maiden: Book Of Souls é superlativo, para o bem e para o malIron Maiden
Book Of Souls é superlativo, para o bem e para o mal

Iron Maiden: Leia a primeira resenha de The Book Of SoulsIron Maiden
Leia a primeira resenha de "The Book Of Souls"

Discos e Histórias: Iron Maiden e o épico The Book of SoulsDiscos e Histórias
Iron Maiden e o épico The Book of Souls

Iron Maiden: o melhor álbum desde o retorno de Bruce e AdrianIron Maiden
O melhor álbum desde o retorno de Bruce e Adrian

Iron Maiden: As peculiaridades de The Book of Souls

Iron Maiden: Revisitando parte da carreira em The Book Of Souls

Iron Maiden: Faltam mais sabores marcantes em "The Book of Souls"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Pentral
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

1983: 15 grandes álbuns lançados no ano que o mundo conheceu o Metallica e o Slayer1983
15 grandes álbuns lançados no ano que o mundo conheceu o Metallica e o Slayer

Covers: nove versões inusitadas para clássicos da música pesada, em lista da KerrangCovers
Nove versões inusitadas para clássicos da música pesada, em lista da Kerrang

K.K. Downing: De onde o Iron Maiden tira tanta energia?K.K. Downing
"De onde o Iron Maiden tira tanta energia?"

Gêmeos: grandes discos de rock e metal que foram lançados no mesmo diaGêmeos
Grandes discos de rock e metal que foram lançados no mesmo dia

Luis Mariutti: tocando Losfer Words (Big 'Orra) do Iron MaidenLuis Mariutti
Tocando "Losfer Words (Big 'Orra)" do Iron Maiden

Michael Kiske: ouvi The X Factor do Iron Maiden com Adrian Smith e não entendemosMichael Kiske
"ouvi The X Factor do Iron Maiden com Adrian Smith e não entendemos"

1984: 15 grandes discos lançados em um dos anos mais impressionantes da música pesada1984
15 grandes discos lançados em um dos anos mais impressionantes da música pesada

Bruce Dickinson: viralizando ao cantar 4 segundos de Heaven and Hell, do SabbathBruce Dickinson
Viralizando ao cantar 4 segundos de "Heaven and Hell", do Sabbath

Iron Maiden: As 44 músicas nunca tocadas ao vivo, segundo a LoudwireIron Maiden
As 44 músicas nunca tocadas ao vivo, segundo a Loudwire

Iron Maiden: Travis Scott usa tênis da banda com valor de US$ 100 milIron Maiden
Travis Scott usa tênis da banda com valor de US$ 100 mil

Música Macabra: Oito grandes músicas que foram inspiradas em filmes clássicos de terrorMúsica Macabra
Oito grandes músicas que foram inspiradas em filmes clássicos de terror

Nicko McBrain: com 69 anos ele tem condições para tocar no Iron Maiden? (vídeo)Nicko McBrain
Com 69 anos ele tem condições para tocar no Iron Maiden? (vídeo)

Iron Maiden: Blaze Bayley conta como foi convidado para entrar na bandaIron Maiden
Blaze Bayley conta como foi convidado para entrar na banda

Igor 3K: como o apresentador do Flow Podcast começou a ouvir heavy metalIgor 3K
Como o apresentador do Flow Podcast começou a ouvir heavy metal

AC/DC: e se Bruce Dickinson fosse o vocalista de Highway To Hell?AC/DC
E se Bruce Dickinson fosse o vocalista de "Highway To Hell"?


Iron Maiden: desvendando a música PaschendaleIron Maiden
Desvendando a música "Paschendale"

Iron Maiden: como seria um show da banda com repertório lado bIron Maiden
Como seria um show da banda com repertório "lado b"

Metal: você acredita na lenda do terceiro álbum? - Parte 1Metal
Você acredita na "lenda do terceiro álbum"? - Parte 1


Black Sabbath: um Tony Iommi que você não conheciaBlack Sabbath
Um Tony Iommi que você não conhecia

The Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todosThe Voice Kids
Garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos


Sobre Doctor Robert

Conheceu o rock and roll ao ouvir pela primeira vez Bohemian Rhapsody, lá pelos idos de 1981/82, quando ainda pegava os discos de suas irmãs para ouvir escondido em uma vitrolinha monofônica azul. Quando o Kiss veio ao Brasil em 1983, queria ser Gene Simmons e, algum depois, ao ver o clipe de Jump na TV, queria ser Eddie Van Halen. Hoje é apenas um bom fã de rock, que ouve qualquer coisa que se encaixe entre Beatles e Sepultura, ama sua esposa e juntos têm um cãozinho chamado Bono.

Mais matérias de Doctor Robert.