Angra: "Secret Garden" é digno de figurar no Top Five da banda

Resenha - Secret Garden - Angra

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Matheus Rodrigues
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 10

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


O Angra acabou de lançar, precisamente na terça-feira (17), o seu oitavo álbum de inéditas, intitulado "Secret Garden".
35 acessosAngra: Tira o Gate do Bumbo, Emiliano!5000 acessosJason Newsted: revelando porque ele deixou o Metallica

Após o intervalo de quatro anos sem lançar material inédito, o Angra está de volta, e dessa vez mais forte do que nunca, provando que ainda pode ser uma das bandas guardiãs do Metal Tupiniquim por vários anos.

Newborn Me - Bem diferente do Angra que conhecíamos, com uma pegada bem mais prog do que power, diria eu que com uma certa influência do Dream Theater. Destaque pro lindo solo do Kiko.

Black Hearted Soul - O bom e conhecido "Metal castelinho", o que não impede de ser uma grande música. Se nos restringirmos ao catálogo do Angra, é algo similar a Z.I.T.O. Uma das músicas que evoca a "velha essência" da banda, que muitos diziam que estaria em falta no disco.

Final Light - Outra música com a faceta mais conhecida do Angra, ainda que tenha uma pegada meio prog, como o sintetizador e a bateria. Mostra aos fãs como o Lione pode ser aproveitado na banda. Possui um refrão "cantem comigo" que pode funcionar muito bem ao vivo.

Storm of Emotions - Excelente balada, mostrando a versatilidade dos instrumentistas, e, sobretudo, do Lione, que dá um show à parte nessa música. Ponto negativo nela é que a entrada repentina do Rafael rompe a atmosfera da música, mas é uma ótima escolha pro tracklist.

Violet Sky - Totalmente inovadora, quanto ao Angra. Difícil até ser caracterizada como música da banda, se tivermos em mente o que já fizeram. Mostra todo o talento do Bruno, toda a genialidade do Rafael (tanto como vocal quanto instrumentista). Uma música que sempre irá surpreender quem a ouve por conta do tempo "quebrado". Mostra como a banda ainda é capaz de se reinventar.

Secret Garden - Faixa-título, algo surpreendente. Linda balada, muito bom refrão. Mais uma vez mostrando que o Angra mudou, e que mudanças nem sempre são ruins. Não dava pra esperar menos de uma música que tem a Simone Simmons como participação.

Upper Levels - Uma das melhores do disco, senão a melhor. Totalmente prog, com uma intro que pode até lembrar "Take the Time" (Dream Theater). Mostra toda a técnica da banda e todo o potencial vocal do Lione. Também não deixa de mostrar o "fator Angra" no fim da música. Provavelmente uma que entrará pro setlist da banda.

Crushing Room - Lindo dueto entre Bittencourt e Doro Pesch, onde cada um soube respeitar o espaço alheio, o que resultou em uma das melhores baladas da banda. Lindos arranjos vocais e instrumentais.

Perfect Symmetry - Mais uma vez traz o "velho Angra" de volta à vida. Se pensarmos em arranjamento / tempo, algo similar à Running Alone. Outra que pode ser muito bem aproveitada pela banda.

Silent Call - Balada acústica, que pode até lembrar "Forgotten Land" (Almah), que nos mostra que Angra consegue fazer coisas muito boas com ideias simples, e também que Rafael é muito bom como vocal, mesmo que este não seja seu ofício.

Um dos melhores lançamentos do ano e da banda, com certeza. Vale a aquisição. "Foram vocês que nos mandaram vários e-mails, dizendo "não importa quem tá cantando. A gente quer que vocês continuem. E foi essa força que fez a gente voltar. (....) Então, pra quem acha que o Angra devia acabar, eu gostaria de dizer que a gente tá apenas começando'".
(BITTENCOURT, Rafael).

Nota 10. CD digno de figurar no Top Five do catálogo da banda.

Tracklist:

1 - Newborn Me
2 - Black Hearted Soul
3 - Final Light
4 = Storm of Emotions
5 - Violet Sky
6 - Secret Garden
7 - Upper Levels
8 - Crushing Room
9 - Perfect Symmetry
10 - Silent Call

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Secret Garden - Angra

2919 acessosAngra: "Secret Garden" é sim, um disco muito bom3798 acessosAngra: Entrando nas raízes mais ocultas de sua criatividade3494 acessosAngra: Retornando das cinzas com trabalho digno de discografia5000 acessosAngra: "Secret Garden" é o disco mais sombrio da banda3812 acessosAngra: Após mais de 20 anos, apresentando som forte e renovado5000 acessosAngra: "Secret Garden", o melhor trabalho desde TOS

35 acessosAngra: Tira o Gate do Bumbo, Emiliano!310 acessosAngra: Felipe Andreoli lança curso online626 acessosAngra: 10 Melhores músicas no Disco Voador Rocks1161 acessosRio Rock City: O Power Metal morreu?1270 acessosAngra: discografia de volta ao Spotify1425 acessosAngra e Hangar: Fábio Laguna conta como entrou nas bandas0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Angra"

AngraAngra
Fabio Lione mostra seus talentos como tenor

MorteMorte
Confira 10 belas canções do Metal sobre o tema

VozVoz
10 músicos que cantam tão bem quanto os vocalistas (Parte I)

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 19 de dezembro de 2014
Post de 22 de dezembro de 2014

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Angra"

Jason NewstedJason Newsted
Revelando porque ele deixou o Metallica

Em 19/02/1980Em 19/02/1980
Bon Scott, vocalista do AC/DC, morre aos 33 anos de idade

Cannibal CorpseCannibal Corpse
O impressionante pescoço gigante de George Fisher

5000 acessosGuns N' Roses: Slash relembra Use Your Illusion e crise5000 acessosFoo Fighters: Pelo Twitter, banda responde ao vídeo viral5000 acessosMarcelo Nova: treta com Samuel Rosa respingou em Herbert Vianna5000 acessosCorey Taylor: Não podíamos trabalhar junto com Jordison5000 acessosSlipknot: "Nunca ganhei um dólar com vendas de disco!"5000 acessosNirvana: Pat Smear fala sobre as Fenders que quebrava com Kurt!

Sobre Matheus Rodrigues

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online