Matérias Mais Lidas

imagemRegis Tadeu explica porque Sandy não deve cantar músicas do Metallica

imagemOs Raimundos traíram os Titãs? Sérgio Britto comenta e conta a versão dele

imagemA banda de rock que impressionou Paulo Ricardo e o fez ver grandeza do estilo em São Paulo

imagemAndreas Kisser opina sobre a reunião do Pantera, que começou nesse sábado

imagemLars Ulrich poderia tocar músicas do Rush com Geddy Lee e Alex Lifeson?

imagemNoel Gallagher revela o rockstar que ficou mais impressionado de conhecer pessoalmente

imagemA estratégia do Barão Vermelho para evitar críticas de copiar Titãs nos anos 1990

imagemO surpreendente disco que Tom Morello considera um dos melhores de todos os tempos

imagemNoel Gallagher relembra o dia em que foi ao show de uma banda cover de Oasis

imagemMetallica: o que Regis Tadeu achou de "Lux Aeterna", nova música da banda?

imagemGene Simmons admite que "Ace estava certo" sobre o Kiss no começo dos anos 80

imagemApós incidente, Axl Rose anuncia mudança nos shows do Guns N' Roses

imagemBeatles: Ringo Starr conta como foi o seu último encontro com John Lennon

imagemVeja Sandy cantando Metallica na TV Globo em programa de Marcos Mion

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa


Stamp
Summer Breeze

Dewindson Wolfheart: os álbuns que marcaram o líder do Wolfheart And The Ravens

Por Emanuel Seagal
Postado em 06 de julho de 2021

Dewindson Wolfheart é um veterano músico no cenário gothic metal nacional. Em 1996 ele fundou o Ravenland, com o qual tocou mais de 500 shows, dividindo palco com nomes como Nightwish, Moonspell, Tiamat e tantos outros. Atualmente ele faz parte do Wolfheart And The Ravens, uma continuação de sua banda anterior, e atua também como organizador do festival Raven Fest e apresentador do "Nas Asas Do Corvo", programa de metal em uma rádio portuguesa. O músico conta abaixo um pouco dos álbuns que marcaram sua vida.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Primeiramente é um prazer enorme ter recebido este convite, poder paticipar aqui e compartilhar com o público um pouco dos álbuns que tiveram uma enorme importância na minha carreira com a banda e na minha vida pessoal É uma missão bem difícil, eu como grande fã de metal ter que listar somente 10 discos, eu poderia incluir nesta lista meus favoritos quais me introduziram ao heavy metal como; Ozzy Osbourne - No Rest for the Wicked, Mercyful fate - don´t break the oath, King Diamond - The Eye, Black Sabbath - Headless Cross, dentre muitos outros do Slayer, Obituary e Death, porém, não teria muito a falar mais sobre estes discos, pois todo fã de Metal deve amar e citar estes álbuns, vou então listar 10 álbuns do Gothic Metal quais realmente mudaram a minha vida, que serviram de trilha sonora e tentar complementar com algo da minha história nisso.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Paradise Lost - "Host"

Uma das bandas que fizeram a trilha sonora da minha vida desde 1989 foi o Paradise Lost, sua música sempre esteve à frente de seu tempo, todos os seus álbuns marcaram minha vida, principalmente o Draconian times, mas o álbum que realmente tenho que incluir nesta lista é o Host, pois é um álbum totalmente diferente, bem ao estilo Depeche Mode, mesmo que o One second já tivesse iniciado bem essa fase e trazido um equilíbrio entre as guitarras e os synths, mas o Host é ousado demais e o que me despertou para ouvir mais esse tipo de som e trazer isso para o Ravenland na época. PS: Tenho o símbolo deles tatuado no meu braço e os conheci pessoalmente em 2007, passamos uma tarde juntos, organizei uma tarde de autógrafos com eles na nossa loja parceira Lady Snake, na galeria do Rock, achei que iríamos chapar, tomar umas cervejas, mas só comeram chocolates a tarde inteira. (risos)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Type O Negative - "October Rust"

O Type O Negative foi o maior responsável pela Ravenland ter tomado o direcionamento Gothic Metal, aquele visual Dark, a sonoridade sombria do Bloody Kisses misturava bem o Doom e o Gothic, aquela atmosfera vampírica foi crucial para me seduzir ao estilo, mas foi o álbum October Rust o responsável maior por isso e é o álbum qual entra nessa lista, é o álbum que marcou bem o início da Ravenland e até hoje continua no meu sound system, recentemente regravamos uma versão Piano e voz para Wolf Moon em parceria com a pianista Anastacia Shalik de Belorússia, uma homenagem ao Peter Steele e um tributo a este álbum que significa muito para o Gothic Metal.   

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Moonspell - "Darkness and Hope"

Não é novidade para ninguém a admiração e amizade que tenho com os Moonspell de Portugal, já até dividimos o palco e cantamos juntos a Alma Mater em um show aqui em Sampa, o meu nickname Wolfheart veio do primeiro álbum deles, quando ouvi a banda pela primeira vez em 1995, apesar de todos os álbuns deles fazerem a trilha sonora da minha vida, assim como Paradise Lost, cada um em sua sonoridade única, mas sempre mantendo o lado Dark ou Gothic, o recente álbum Extinct é um álbum perfeito e atual para o estilo, eu o colocaria aqui nessa lista de 10, mas acho que o álbum deles que realmente marcou minha vida, foi o Darkness and Hope, lançado num ano em qual eu estava planejando morar na Europa e na mesma época ficaram sem o baixista, eu lembro de ter pago um baixista para me ensinar uma lista de 20 músicas do Moonspell porque eu estava disposto a fazer o teste, foi lá que começou meu contato pessoal com eles, acho que 2001, 2002, infelizmente eu era imaturo demais, nem me liguei sobre o tempo que precisaria para tirar o passaporte e outros tramites mais, terminei não fazendo o teste, por isso foi o Darkness and Hope que marcou aqueles anos e trouxe o equilíbrio perfeito para o Gothic Rock e o peso do Metal.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Theatre of Tragedy - "Aégis"

O Theatre of Tragedy, fundador e representante maior do estilo "Beauty and the Beast" dentro do Gothic Metal, seu álbum Velvet Darkness They fear é a mais bela tradução disto, porém, o disco deles que entra nesta minha lista, é o Aégis, pois marcou uma fase da minha vida qual eu havia comprado minha casa, tinha meu próprio estúdio para a banda ensaiar e ouvia este álbum todas as noites, regado a várias garrafas de vinho durante a lua cheia, o Aégis traz uma sonoridade bem diferente dos dois primeiros álbuns da banda, é um disco mais Gothic Rock, ainda que Doom e Dark, romântico, trágico e belo. Anos mais tarde, seu ex-guitarrista fundador da banda Tommy Lindal se tornou um grande amigo pessoal e parceiro nosso, participou gravando algumas guitarras do nosso segundo álbum, e depois fomos convidados a tocar junto com eles no primeiro, último e único show do Theatre of Tragedy no Brasil.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Darkseed - "Diving Into Darkness"

Este quinto disco da minha lista, é da banda alemã Darkseed, marca o ano 2000, para mim, é um disco que ainda soa atual em sua produção, possui guitarras bem pesadas, bem timbradas, vocais maravilhosos do Stefan mesclados a excelentes syths e samples, melancolia na dose certa, chama-se Diving into Darkness, embora o álbum give me light seja perfeito também, mas o Diving into Darkness seria a tradução de como queríamos soar, pesado e eletrônico.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Evereve - "Regret"

Ao lado do Diving into Darkness do Darkseed e Act7 do Crematory, outro álbum de banda alemã qual eu adoro ouvir até hoje e me traz ótimas lembranças do final dos anos 90 e início dos 2000, é o Regret dos alemães do Evereve, todo sábado de manhã eu lavava meu carro ao som dessas bandas, mas o Regret realmente significa muito para mim e está como um dos melhores álbuns do estilo Gothic Metal, é o terceiro álbum da banda que marcava uma nova fase, menos Doom, trazendo elementos eletrônicos como samples e synths bem elaborados, cheguei a compor a música Nevermore influenciado por este álbum dos EVEREVE.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Deathstars - "Synthetic Generation"

Em 2004 eu comprei um álbum qual não imaginava que se tornaria uma grande influência na fase atual da Ravenland, depois que mudei o nome da banda para Wolfheart and The Ravens eu diria que este disco é um dos mais influentes em nossa fase atual, o álbum de estréia dos Suecos Deathstars - Synthetic Generation, este álbum mecla o industrial com o peso do Metal, uma atmosfera bem gótica e batidas tribais bem interessantes. Conheci a banda pessoalmente há uns dois anos atrás na Horror Expo, entrevistei-os para o nosso programa de Portugal, ficou a amizade principalmente com o baixista Skinny Kangur, este ano o convidei para apresentar o Raven Fest recentemente junto com outros amigos meus e ele foi um grande destaque no Raven Fest ao lado do Fernando do Moonspell e Aaron do My Dying Bride.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Gothminister - "Empire of Dark Salvation"

Outro grande álbum que também tem uma enorme influência em nossa fase atual, foi lançado em 2005, dos Noruegueses do Gothminister - Empire of Dark Salvation, este álbum tem um poder absurdo de me colocar para cima, pesado, industrial, Gothic, refrões pegajosos, climas bem sombrios e uma vibe trance com Metal. É um disco incrível, aguardando pelo novo deles.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Samael - "Eternal"

Os suíços do Samael com sua música Dark flertando com elementos tribais, Gothic, industrial e ainda black Metal sempre os admirei e me mantiveram no lado negro da força, (risos), desde 1991 quando ouvi o álbum Worship him, eu pensei "Que diferente para uma banda de Black Metal!", o álbum Passage foi muito importante num momento doloroso da minha vida, me deu muita força, mas o que realmente entra na minha lista dos 10, é o Eternal, pois eles deram um passo bem diferente, evoluíram de uma forma que nenhuma outra banda de Black Metal ousaria. Em 2012 tive a oportunidade de fazer uma mini tour com eles, foi fantástico assistir aos shows deles todas as noites, viajar com eles, o Vorph é um cara altamente inteligente e culto, me pediu para levá-lo à bibliotecas, ao Masp e outros museus de São Paulo, e já que eu estava com o Samael, levei o Samael para o Inferno Club hehehe, levei eles à Galeria do Rock, churrascarias, feiras, festas de universitários, bares.... Ao final daquela mini tour, Vorph me presenteou com um anel de prata no formato de corvo qual uso até hoje, me deu devido ao nome da minha banda Ravenland.

Lord Of the Lost - "Thornstar"

Fechando a minha lista de 10 discos importantes para a minha vida, devo citar uma banda qual conheci por volta de 2010, mas só vieram a realmente me conquistar como fã depois de 8 álbuns de estúdio, os alemães do Lord of the Lost lançaram em 2018 o seu nono álbum intitulado Thornstar, duplo, contendo mais de 20 músicas e cada uma pode ser considerada como um single de tão forte que é em termos de composição e qualidade, refrães fortes, este álbum é uma grande influência para nós da Wolfheart and The Ravens como banda, além de este disco ser a maior referência do Gothic Metal da atualidade, embora tenha uma mistura de industrial, Dark Rock e até outros experimentalismos. É uma banda qual recomendo, inclusive seu novo álbum – Judas sai agora em Julho e promete muito, assim como Thornstar também será duplo.


Álbuns que Marcaram

Clóvis Eduardo: os álbuns que marcaram o redator do Whiplash.Net

Paulo Finatto Jr: os álbuns que marcaram o redator do Whiplash.Net

Ben Ami Scopinho: os álbuns que marcaram o redator do Whiplash.Net

Maurício Gomes Angelo: os álbuns que marcaram o redator do Whiplash.Net

Rafael Carnovale: os álbuns que marcaram o redator do Whiplash.Net

Bruno Sanchez: os álbuns que marcaram o redator do Whiplash.Net

Marcos A. M. Cruz: os álbuns que marcaram o redator do Whiplash.Net

Ricardo Seelig: os álbuns que marcaram o redator do Whiplash.Net

Eduardo Contro: os álbuns que marcaram o redator do Whiplash.Net

Rodrigo Werneck: os álbuns que marcaram o redator do Whiplash.Net

Rodrigo Simas: os álbuns que marcaram o redator do Whiplash.Net

Marcio Baraldi: os álbuns que marcaram o cartunista

Bruno Maia: os álbuns que marcaram o líder do Tuatha de Danann

Ummagumma: os álbuns que marcaram os redatores do site

Tato Deluca: os álbuns que marcaram o vocalista do Aclla

David DeFeis: os álbuns que marcaram o vocalista

Eric de Haas: os álbuns que marcaram o produtor

Haavard Holm: os álbuns que marcaram o lojista norueguês

Marcos De Ros: os álbuns que marcaram o guitarrista

Aquiles Priester: os álbuns que marcaram o baterista

Tommy Lindal: os álbuns que marcaram o guitarrista

Daniel Piquê: os álbuns que marcaram o músico

Tom Englund: os álbuns que marcaram o vocalista do Evergrey

Eddie Trunk: os álbuns que marcaram o apresentador

Andreas Kisser: os álbuns que marcaram o guitarrista

Nando Mello: os álbuns que marcaram o baixista do Hangar

Jeff Scott Soto: os álbuns que marcaram o vocalista

Overkill: os discos que mudaram a vida de Bobby Blitz

Psychotic Eyes: 10 álbuns que marcaram Dimitri Brandi

Kappa Crucis: 10 álbuns que marcaram o batera Fábio Dória

Uganga: os álbuns que marcaram o vocalista Manu Joker

Slippery: os álbuns que marcaram o vocalista Fabiano Drudi

Thiago Bianchi: os álbuns que marcaram o vocalista

Imagery: Os 10 álbuns que marcaram Joceir Bertoni

Hellish War: os álbuns que marcaram o baixista JR

Rosa Tattooada: os álbuns que marcaram o líder do grupo

Amazon: 10 álbuns que marcaram Renato Angelo

Kappa Crucis: os 10 discos que marcaram Gerson Fischer

Hellish War: 10 álbuns que marcaram Daniel Job

Malefactor: Os discos que marcaram Lord Vlad

Devachan: os 10 álbuns que marcaram Gabriel Dias

The Leprechaun: Os 10 álbuns que marcaram Fabiana Santos

Fire Shadow: os 10 álbuns que marcaram Francisco Kozel

Noturnall: Os 10 álbuns que marcaram Junior Carelli

Higher: Os 10 álbuns que marcaram Gustavo Scaranelo

The Leprechaun: os 10 álbuns preferidos do baixista Eric Fontes

Girlie Hell: Os 10 álbuns preferidos de Fernanda Simmonds

Seu Juvenal: 3 álbuns que mudaram vida do baixista Alexandre Tito

Rush: Os álbuns favoritos do baixista Geddy Lee

Kiko Loureiro: os cinco discos de rock que marcaram sua vida

Richie Kotzen: dez álbuns que mudaram sua vida

Zakk Wylde: os álbuns que marcaram a vida do músico

Limp Bizkit: os dez álbuns que marcaram Wes Borland

Motorhead: os álbuns que mudaram a vida de Phil Campbell

Dave Lombardo: dez álbuns que marcaram a vida do baterista

Megadeth: dez álbuns que marcaram a vida de David Ellefson

Slipknot: os dez álbuns que mudaram a vida de Corey Taylor

Duff McKagan: dez álbuns que marcaram a vida do baixista

Jason Becker: os 10 discos que mudaram a vida dele

Dave Mustaine: os dez álbuns que mudaram a sua vida

Corey Taylor: os 10 discos que mudaram a vida dele

Tarja Turunen: os discos que marcaram a vocalista

Edu Falaschi: 10 discos que marcaram a vida do vocalista

Guns N' Roses: os dez álbuns que mudaram a vida de Dizzy Reed

Alirio Netto: 10 discos que marcaram a vida do vocalista

Paolo Bruno: os álbuns que marcaram o criador do Thy Light

Ingridi Verardo: os álbuns que marcaram a vida da cantora

Rafael Augusto Lopes: os álbuns que marcaram o líder do Fanttasma

Renan Roveran: os álbuns que marcaram o frontman do Warshipper

Ignited: os álbuns que marcaram os músicos da banda

Tuatha de Danann: os álbuns que marcaram Bruno Maia

Pedro Anselmo: os álbuns que marcaram o guitarrista da Lasting Maze

Tadeu Bon Scott: os álbuns que marcaram o vocalista do Suck This Punch

Sean Peck: os álbuns que marcaram o vocalista do Cage e The Three Tremors

Todas as matérias sobre "Álbuns que Marcaram"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Samael Hypocrisy


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Bandas: Por que ninguém está indo a seus shows?

Metal: as oito maiores tretas entre músicos do gênero


Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com Iron Maiden e Black Sabbath até chegar ao metal extremo e se apaixonar pelo doom metal. Considera Empyrium e X Japan as melhores bandas do mundo, Foi um dos coordenadores do finado SkyHell Webzine, escreveu para outros veículos no Brasil e exterior, e sempre esteve envolvido com metal, seja com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa. Escreve para o Whiplash! desde 2005 mas ainda não entendeu a birra dos leitores com as notícias do Metallica. @emanuel_seagal no Instagram.

Mais matérias de Emanuel Seagal.