RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemRoger Waters se defende, mas David Gilmour fica do lado da esposa e confirma tudo

imagemMegadeth é processado por artista que criou capa do último disco da banda

imagemEm 1974, Raul Seixas explicava detalhes dos significados por trás da letra de “Gita”

imagemA opinião de Humberto Gessinger sobre movimentos separatistas da região Sul do Brasil

imagemBruce Dickinson explica como cuida de sua voz

imagemQuando Roberto Carlos foi alfinetado por Raul Seixas, mas o Rei gostou do que ouviu

imagemAndreas Kisser tira uma com o Flamengo após derrota; "Tri mundial só um"

imagemDave Mustaine diz que atual formação do Megadeth é mais bem-sucedida em anos

imagemMegadeth vai transmitir show que será realizado no Japão

imagemPróximo álbum do Metallica será lançado em fitinha que custa mais de 80 reais

imagemRoger Waters ataca a Ucrânia e é ofendido por esposa de David Gilmour

imagemVocalista do Stryper afirma que Metallica é a banda de metal que ele menos gosta

imagemDavid Gilmour largou vício maléfico após ouvir erro em disco do Pink Floyd

imagemComo Brian May acabou fazendo participação especial em disco dos Paralamas do Sucesso?

imagemO recado de Felipe Andreoli para fãs que esperam novo "Rebirth" ou "Temple of Shadows"


Def Leppard Motley Crue 2

Guns N' Roses: ainda sobre a polêmica no Rock in Rio

Por Claudia Moreira
Postado em 12 de outubro de 2011

Não sou de falar A ou B dessa ou daquela banda. Nunca acreditei em crítica porque opinião é que nem bunda, todo mundo tem e aprendi desde cedo que todo "fato" tem pelo menos dois lados. E sempre vai ser assim com música, política, esporte, religião etc. E longe de mim querer dar lição de moral em alguém, até porque odeio isso, mas depois do show do Guns’n’Roses no último Rock in Rio, resolvi me manifestar e defender a minha opinião, por mais que deteste uma polêmica e mesmo sabendo talvez cause isso com meu texto, mas tudo bem, porque, tendo vivido mais da metade da minha vida ao som de Guns, tenho tanto direito a dar meu pitaco nessa história como qualquer pessoa que comprou um The Best Of GnR nos últimos tempos e já se considera o maior entendido em Guns (ou em Hard Rock) do planeta.

Muito bem. Depois do show do Guns no Rock in Rio vi as pessoas se manifestarem das mais variadas formas: algumas adoraram, outras não gostaram, algumas mostraram humor, o que me divertiu muito: Axl e Bugu, separados no nascimento e Axl na montagem do desenho "Pica-pau desce as cataratas" foram o máximo, me acabei de rir.

No entanto, vi algumas pessoas falando nas redes sociais com grande agressividade sobre o fato de o Axl Rose estar gordo ou envelhecido. Oi? Bom, primeiro: gordo ele está faz tempo, então por que o espanto? Segundo: o que lhe tira o direito de engordar? E terceiro: o que há de mal em estar gordo? As pessoas falavam como se ser gordo/estar gordo fosse a coisa mais feia do mundo, pecado mortal! E pior, muita gente que também está acima do peso ou que está envelhecendo pior que Axl (ou ainda, que sempre foi feia se considerarmos os ditos "padrões de beleza) se achou no direito de tirar o recalque! Aliás, esse é outro ponto: as pessoas são diferentes e envelhecem de formas diferentes. Perder o viço da juventude não acontece só conosco, mas com as "celebridades" também. Com algumas "celebridades", o processo é mais rápido do que com outras, da mesma maneira que com a gente.

O que quero dizer com isso tudo? Longe de mim querer ser "politicamente correta", até porque o mundo anda meio mala por causa disso, mas é que estamos criticando Axl (e outros) pelos motivos errados ou da maneira errada. Acho que há várias cobranças que podem e devem ser feitas a ele, mas na minha cabeça, nenhuma delas tem a ver com a aparência dele. Ah! Também não tem a ver com o fato de ele estar levando adiante uma das maiores bandas do planeta apesar de tudo. Concordo e apoio isso. Não adianta: a voz é extremamente emblemática para a maioria das bandas. Skid Row e Warrant seguiram sem seus vocalistas e nunca mais tiveram a mesma pegada, embora sejam boas bandas. E a morte de Jani Lani em agosto cortou qualquer esperança de alguns fãs antigos de rever a antiga formação junta novamente um dia. Sem contar que W. Axl Rose escreveu alguns dos versos mais bonitos ou fortes da minha geração. Então me digam: se o Guns original tivesse permanecido, só que sem o Axl, como será que isso seria?

Mas a questão dos atrasos é o que mais me deixa curiosa, apesar de já ter me acostumado a chegar em casa com o pão para o café da manhã depois dos shows do Guns. Ah! E lembrando que esses atrasos acontecem desde "priscas eras" na carreira do Guns, pelos mais variados motivos. No entanto, hoje é uma das coisas que gostaria de saber da boca do próprio. Mas isso vai ficar só no sonho porque ele não fala com a imprensa mesmo. O que até entendo, porque a imprensa dita "musical" só sabe meter o pau no cara (desde sempre). Eu também não falo com quem me agride...

Tanto isso é verdade que o intervalo entre o show do System of a Down e o do Guns foi de 97 minutos. Considerando que só para desinflar a mão gigante que o System usou de cenário foram necessários cerca de 30 minutos, o dito "atraso" do Guns já caiu para 67 minutos, levando em conta que devem ter sido necessários mais uns 30 minutos para a montagem do equipamento do Guns, isso significaria um atraso de 37 minutos apenas! E tem mais: a chuva inundou completamente o palco, não sei o que isso significou em termos de equipamentos, mas sei que a primeira coisa que o Axl disse foi que eles estavam tentando descobrir uma forma de não cair de bunda no chão... A chuva foi tanta que talvez até justificasse o cancelamento do show. Mas eles foram lá e cantaram para os fãs ("heróis da resistência") que não arredaram pé, apesar da chuva.

Mas se eu tivesse 15 minutos para conversar com ele, faria várias perguntas com certeza, mesmo sabendo que Axl é Axl, que ele não se dobra e só faz o que quer. Nada diferente de outros artistas, com mais ou menos bagagem para fazer isso do que ele e que são muito menos criticados do que ele. Rihanna por exemplo, atrasou seu show no RiR mais do que ele porque ficou se embriagando com a Katy Perry antes de subir ao palco. E ninguém reclamou...

Para finalizar vai o meu abraço carinhoso aos críticos de poltrona, que viram os shows na fraca transmissão da TV e se arvoraram de donos da verdade: cuspindo verdades absolutas nas redes sociais como se estivessem vendo o show na fila do gargarejo. Na próxima, vamos sujar o sapatinho de lama na Cidade do Rock ou onde quer que seja para poder falar alguma coisa com propriedade, né?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal