Kurt Cobain: empresário rezou que morte tivesse sido assassinato

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando Portelada, Fonte: Classic Rock Magazine, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Um empresário de Londres afirma ter inventado uma história sobre ingressos do NIRVANA serem artigos colecionáveis após da morte do vocalista do grupo, Kurt Cobain, para evitar perder £250,000 pelos shows cancelados.

2773 acessosBlend Guitar: os dez solos de guitarra mais fáceis da história5000 acessosMetallica: o video game da banda que nunca foi lançado

E ele admite também ter rezado para que o frontman tivesse sido assassinado ao invés de ter cometido suicídio, para que seu investimento estivesse protegido pelo seguro.

Simon Parkers agendou uma aparição do NIRVANA por quatro noites na Brixton Academy. Ele também organizou um festival chamado "In Bloom", que seria liderado pela banda.

Mas ele encarou o desastre da morte de Cobain em 8 de abril em 1994, e conta como colocou a cabeça no lugar para não ter um prejuízo gigantesco.

Parker escreveu em seu livro: "Lá estava, história de capa em cada canal: 'Kurt Cobain, vocalista do NIRVANA foi achado morto em sua casa com uma bala na cabeça'".

"Eu já tinha comprometido o dinheiro da bilheteria no festival 'In Bloom'. Se tivéssemos que ressarcir cada ingresso, isso seria mais de £250,000. Este era o perigo nativo de meu empreendimento. Tudo tinha ido muito bem até então, colocando a Academy bem a frente da concorrência, mas isso significava que quando a merda atingisse o ventilador, as paredes iam ficar realmente sujas."

Parker esperou quase sem respirar pelo desenvolvimento da trágica história - porque seu seguro só iria cobrir as perdas se Cobain tivesse sido assassinado. Ele se agarrou aos relatórios - mais tarde corrigidos - de que a esposa de Cobain, Courtney Love, havia puxado o gatilho, e admite: "Mesmo eu me vi um tanto quanto chocado quando comecei a rezar: 'Meu querido Deus, por favor diga que Courtney o matou.'"

Foi somente quando ele pediu a palavra na Radio 1 que Parker criou o plano para escapar de sua crise financeira: "Eu me peguei dizendo: 'Bem, isso é absolutamente extraordinário. Nós tivemos fãs de todo o mundo tentando comprar ingressos para esse show. As pessoas estão oferecendo mais de £100 por um ingresso do NIRVANA como um pedaço da história.'"

Essa história foi rapidamente repetida através da mídia e foi ajudada com anúncios de Parker, procurando por ingressos e oferecendo preços altamente inflacionados por eles: "Nós estávamos inventando um mercado", disse. "Se há uma coisa que a indústria da música lhe ensina, é como achar as oportunidades."

Algumas pessoas realmente ligaram para oferecer £150 pelos ingressos parados. Parker acredita que menos de 50 pessoas pediram o dinheiro de volta e adicionou: "Nós ficávamos felizes de ressarcir os £13.50 pelos ingressos, e logo depois os vendíamos por £100."

"Não somente nós não ficamos com o prejuízo com a morte de Kurt, mas acabamos bizarramente recebendo um lucro desses quatros shows que nunca aconteceram."

O livro de Parker, " Live at the Brixton Academy: A Riotous Life in the Music Business" foi publicado pela Serpent's Tail.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 05 de abril de 2017

Blend GuitarBlend Guitar
Os dez solos de guitarra mais fáceis da história

283 acessosMarcos de Ros: Dia do Rock é assim - Nirvana, Smells Like Shred!1497 acessosNirvana: entrevistas em vídeo no Brasil surgem completas411 acessosKurt Cobain: outros insights a partir de algumas de suas pinturas1675 acessosNirvana: vídeo raro de 1988, com Dale Crover na bateria, surge0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Nirvana"

LoudwireLoudwire
As dez melhores bandas da era Grunge

TraduçãoTradução
O clássico Nevermind, do Nirvana

VH1VH1
Os 100 melhores álbuns de rock segundo a emissora

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Nirvana"0 acessosTodas as matérias sobre "Morte de Kurt Cobain"

MetallicaMetallica
O video game da banda que nunca foi lançado

Total GuitarTotal Guitar
Os 20 melhores riffs de guitarra da história

A década perdida?A década perdida?
Rock Brasileiro da Década de 70

5000 acessosRegis Tadeu: Los Hermanos fez um tremendo mal ao rock brasileiro5000 acessosMusas inspiradoras: as esposas mais lindas dos rockstars5000 acessosDonald Trump: os roqueiros que apoiam o presidente eleito5000 acessosOzzy Osbourne: Brad Gillis conta como foi substituir Randy Rhoads5000 acessosDr. Sin: Felipe Andreoli, do Angra, lamenta o fim da banda5000 acessosIggy Pop: Dizendo sob tortura que Justin Bieber é futuro do rock

Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online