Metalmorphose, Salário Mínimo: show no Mineiro Bar de Osasco

Resenha - Metalmorphose, Salário Mínimo (Mineiro Rock Bar, Osasco, SP, 09/08/2014)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Miguel Júnior
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Quem saísse da capital de São Paulo e quisesse ver e ouvir metal na noite de sábado, 09 de agosto de 2014, tinha uma opção peculiar: pegar o trem, desembarcar em Osasco, andar alguns quarteirões e dar de cara com a galera de e fora da capital que sempre vai em todos os shows. Era noite das bandas METALMORPHOSE, da baiana SUFFOCATION OF SOUL, do thrash em português dos CONQUISTADORES e, encabeçando o evento, da veterana SALÁRIO MÍNIMO.

5000 acessosMTV Unplugged: As 25 melhores apresentações da história5000 acessosLady Gaga: tão empolgada que até pagou peitinho em show de Rock

METALMORPHOSE é aquela banda nacional que teve atividade por volta da segunda metade dos anos 80, e voltou à ativa em 2008, com um álbum de heavy metal falando de vida e garra metal, lançado independentemente em 2012, chamado “Máquina dos Sentidos”.

O thrash cantado em inglês pela baiana SUFFOCATION OF SOUL representou o gênero na noite, cuja performance pode ser conferida no Youtube, em shows que, no Nordeste, deixam claro não deverem nada para bandas importantes como KREATOR, principalmente na boa fase desta. Não devem nada porque fazem um som à altura, com uma assinatura própria e peso condizente com o gosto do público de thrash.

Já o thrash cantado em português foi trazido pelos osasquenses do CONQUISTADORES. Com último album lançado em 2013, falando de temas como o próprio metal e até mesmo a loucura, trouxe um som muito bem executado, em especial na faixa “À beira da loucura”, ponto alto do show.

SALÁRIO MINIMO, formada em 1979 e que voltou em 2002, tem um single deste ano. Heavy metal do selo Baratos e Afins, carrega consigo a responsabilidade de ter tido presença precoce na história do metal brasileiro. Agrada quem escuta heavy metal cantado em português, que já estava presente na famosa coletânia “SP Metal”, de 1984.

O local, Mineiro Rock Bar, é conhecido de quem frequentava o Arena Metal em Osasco, já que é na mesma rua, na mesma calçada. Rua muito bem servida de venda de cachorro-quente e bebidas, quem quisesse aproveitar o intervalo das bandas para interagir com a galera poderia pegar um carimbo no braço, ir lá fora conversar e voltar depois para o próximo show. O Mineiro Rock Bar é um galpão parcialmente coberto, com um bar anexo, bilhar e banheiros. Pode assustar os mais exigentes, mas perfeitamente ofereceu a infraestrutura necessária para um evento underground: espaço, som e bar. Cerveja relativamente cara, fez muita gente procurar os botecos de rua, só que nada tão abusivo como bares de bairros caros de São Paulo.


Quem ouve metal ainda vive muito São Paulo e adjacências: tem eventos acontecendo toda semana e este, em especial, deixou bem claro o fato de ainda existir muita gente carregando a bandeira do metal. Apesar do relato de alguma briga do lado de dentro, com garrafas e de um desentendimento do lado de fora, com vaga de carro, tudo ocorreu dentro da normalidade. Mesmo sendo dia de jogo nos campeonatos locais de futebol, o que poderia afastar os boleiros, parece que foi lembrada a letra do último single do SALÁRIO MÍNIMO, “eles roubando e você gritando gol”, o que pode explicar o sucesso do evento.

Metalmorphose, Salário Mínimo, Suffocation of Soul e Conquistadores.
09/08/2014
Mineiro Rock Bar
Av. Maria Campos, 706 - Centro de Osasco
R$ 10,00

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Salário Mínimo"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Metalmorphose"0 acessosTodas as matérias sobre "Salário Mínimo"0 acessosTodas as matérias sobre "Suffocation Of Soul"0 acessosTodas as matérias sobre "Conquistadores"

MTV UnpluggedMTV Unplugged
As 25 melhores apresentações da história

Lady GagaLady Gaga
Tão empolgada que até pagou peitinho em show de Rock

MetallicaMetallica
"Membros são mensageiros de Deus", diz pastor

5000 acessosMetallica: "Hesher", filme inspirado em Cliff Burton5000 acessosThe Sun: os dez melhores riffs da história do Rock5000 acessosBlack Sabbath: pequena homenagem no Pânico na Band5000 acessosBlack Sabbath - Perguntas e Respostas5000 acessosGuns N' Roses: Tommy Stinson é amigo de todos, menos do Slash, que nunca viu5000 acessosThe Haunted: Dolving relata ida a uma Sauna Gay

Sobre Miguel Júnior

Paulistano, não tem banda porque não sabe tocar, exceto tirar trechos de black metal no violão. Escreve basicamente resenhas de shows que assiste, e deve ter uns 50 ingressos de show já assistidos guardados. Ouve metal mais pelo som, permitindo-se ouvir bandas cuja ideologia não inteiramente concorde. Quer escrever sobre todos os shows extremos e sinceros que acontecem em São Paulo.

Mais matérias de Miguel Júnior no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online