Matérias Mais Lidas

imagemO hit da Legião Urbana cuja letra fala sobre esperança de Renato em se curar da AIDS

imagem"Babá de Artista" do Rock in Rio diz que Iron Maiden não dá trabalho e são "gentleman"

imagemMetallica e as duas músicas do "Black Album" que retratam traumas de James Hetfield

imagemMax e Iggor convidam Jairo, detonam no Rio e alfinetam: "Verdadeiro Sepultura"

imagemA lenda do Rock que se arrepende de nunca ter dormido com Jimi Hendrix

imagemNando Reis e a enigmática música que ele queria usar para seduzir Marisa Monte

imagemPodcast diz que prática comum no black metal hoje seria "coisa de esquerdomacho"

imagemTom Morello explica por que o RATM se reúne, mas não lança novas músicas

imagemDinho lembra quando entrevistou Robert Plant sem poder falar sobre Led Zeppelin

imagemO hit dos Engenheiros do Hawaii com citação de canção soviética sobre defender a pátria

imagemPrika: "Já esperava saída da Fernanda, mas só em longo prazo e não naquele momento"

imagemRobert Fripp e a frase que Jimi Hendrix lhe disse que aqueceu seu coração

imagemRoger Waters defende Rússia e China e ataca EUA em entrevista

imagemDiscos do Sepultura serviram de inspiração para novo álbum do Soulfly? Max responde

imagemQuando Slash tentou entrar pro Kiss mas foi rejeitado por um motivo cruel


Dream Theater 2022

Resenha - Winter Kingdom Part I - Vanzor

Por Rafael Carnovale
Em 14/05/06

Imagine como a tecnologia pode ajudar a música hoje em dia. Não fosse a existência de bons softwares que permitem a gravação de músicas e o ajuste da mesmas, com certeza o trio paranaense Vanzor não estaria nos apresentando este primeiro registro tão rapidamente. Formado pelos irmãos Vanz (José – Guitarras, André – Baixo/Vocais e João – Bateria), a banda apresenta 9 músicas com influência do metal melódico. Ou seja, estamos diante de mais um nome do power/speed metal brazuca.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Concebido inicialmente para ter 17 músicas, o projeto foi dividido em duas partes, sendo que a primeira traz fortes influências de Helloween e Stratovarius. "Holy Flame" tem muito do metal germânico, assim como "Knights" (aonde o bom trabalho de teclados se destaca) e a speed "Farewell".

Alguns fatores pesam contra este projeto, que é bem intencionado. Primeiro o vocal de André, fraco e que nitidamente foi colocado apenas pela falta de um bom vocalista (a própria banda admite ter tido problemas com essa parte). Segundo, a banda simplesmente não consegue empolgar, mesmo que esforços sejam evidentes, como em "The Tyrant’s Awake" ,a cadenciada "Life And Death" e a bonita balada "Gods Of Light". Apesar de talentosos, os caras investem num estilo que já está saturado de nomes e cópias de cópias do Helloween (o Stratovarius pode ser encarada como uma até certo ponto). Mas negar que eles sabem tocar seria mentira.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

É duro de admitir, mas não há nada aqui que possa fazer com que a banda seja mais conhecida, ou mesmo que ajude a alavancar sua carreira. O máximo que os caras podem fazer é voltar aos ensaios, procurar um bom vocalista e tentar depurar sua sonoridade, visando a inserção de algo mais em seu som, que impeça o rótulo de cópia-da-cópia-da-cópia do Helloween ser aplicado. Não falo em ser original, até porque originalidade é um conceito relativo, mas sim de tornar o trabalho mais útil, porque registrar músicas e lançar um CD bem acabado qualquer pessoa pode fazer em casa... mas emplacá-lo... aí é outra história.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Contatos:
http://www.tramavirtual.com.br/vanzor
email: [email protected]

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Van Halen: o constrangedor encontro de Eddie com o Nirvana

A importância da revista Playboy na vida de alguns rockstars


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale.