Thin Lizzy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Bento Araújo
Enviar correções  |  Comentários  | 

O empresário Chris Morrison teve a idéia de juntar em um único concerto todos os guitarristas que haviam passado pelo THIN LIZZY. A banda sempre foi famosa pelo seu exímio trabalho de guitarras, então nenhuma outra idéia seria mais apropriada.

5000 acessosDeep Purple: a contestada entrevista na Globo em 20065000 acessosMetal: Gibson.com enumera 50 melhores músicas do gênero


O local escolhido foi o lendário Hammersmith Odeon, famoso teatro londrino onde todas as bandas de Rock da ilha faziam suas apresentações mais bombásticas. Com o intuito de registrar toda essa festa de despedida, Morrison e Lynott contrataram as melhores empresas de gravação e montaram um arsenal tecnológico no local, registrando as quatro datas: 09, 10, 11 e 12 de março de 1983.


As participações aconteceram no último dia: Brian Robertson, Gary Moore e Eric Bell se juntaram a John Sykes e Scott Gorhan para executar músicas como "Emerald", "Black Rose", "Still In Love With You", "Whisky in The Jar" e "The Rocker".

Quem não apareceu foi o guitarrista Snowy White, que segundo algumas fontes, sequer chegou a ser convidado.


Muitos fãs costumam afirmar que o duplo ao vivo, "Life", peca em dois aspectos. Primeiro na mixagem, que deixou muito a desejar. O outro ao vivo do Lizzy, "Live And Dangerous", lançado cinco anos antes, tinha o som bem melhor. E segundo, que o disco só foi lançado no final daquele ano, oito meses depois dos shows do Hammersmith, o que foi um grande balde de água fria nos fãs mais exaltados. Com o fim da banda antes do lançamento, "Life" ficou com gosto de "requentado", afinal de contas o famoso momento de despedida já tinha passado.

Mas nada disso tira o brilho e a importância de "Life" na discografia do Lizzy. Todas as faixas são um arraso, bem mais energéticas e pesadas do que as versões de estúdio. Temas então mais recentes como "Holy War", "Baby Please Don't Go", Cold Sweat" e "Thunder & Lightning" estão de arrepiar, assim como as versões para "Renegade" (essa registrada em 1981, com Snowy White na guitarra) e "Angel Of Death". Outros pontos altos são a versão bluesy de "Don't Believe a Word" (como ela aparecia originalmente no disco "Back On The Streeets", de Gary Moore), a galera participando de "Killer on The Loose" e a pauleira de "Are You Ready".


O quarto lado do LP ficou reservado para a Jam do Hammersmith, com exceção de "Still In Love With You", que aparece na verdade com o solo de John Sykes, numa versão gravada no último show do Lizzy em Dublin, Irlanda.

Lynott acabou deixando a versão do Hammersmith, com Gary Moore na guitarra, para o Lado B do single "Thunder And Lightning". O próprio Lynott declarou para um jornalista sueco na época: "Escutamos todas as fitas daquela tour e me deparei com o show de Dublin. Lá é a minha terra e quando eu disse adeus para Dublin através de 'Still In Love With You', isso foi muito emocionante para mim. Essa versão tem mais feeling do que qualquer outra, tem mais emoção". Phil tinha razão, essa versão é muito especial e cheia de dor.

Especial também é a faixa que encerra "Life", "The Rocker". Cinco guitarras tocando ao mesmo tempo! Um orgasmo guitarrístico daqueles!


Na versão impressa da poeira Zine você encontra um especial sobre os últimos dias da banda de Phil Lynott, o glorioso THIN LIZZY. Estão sendo completados 20 anos da morte desse músico excepcional, assim, resolvemos antecipar as homenagens com esse especial.

Os tempos pesados dos discos "Renegade" e "Thunder And Lightning", a tour de despedida, o último disco duplo ao vivo e os derradeiros concertos são a tônica dessa super matéria. O THIN LIZZY dava suas últimas cartadas e agonizava em alto estilo, lotando shows, roubando a cena nos grandes festivais e voltando às paradas.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Poeira

5000 acessosGaragens dos Anos 605000 acessosPaul Kossoff - Dor transmitida através das cordas5000 acessosGrand Funk Railroad: A Maior Potência do Hard Norte-Americano5000 acessosBlack Sabbath: a passagem de Ian Gillan pela banda5000 acessosPower-Trios: o Hard é o gênero "onde o bicho mais pega"4313 acessosBlow By Blow - a baforada certeira de Beck5000 acessosIggy and the Stooges: Raw Power, a trilha sonora do fim do mundo5000 acessosIron Maiden: versões pesadas para clássicos do Rock3963 acessosResenha - Jethro Tull (Credicard Hall, São Paulo, 20/03/2004)5000 acessosMuscle of Love5000 acessosZZ Top: os sagrados primeiros álbuns alterados em estúdio5000 acessosLynyrd Skynyrd x Neil Young - Amigos ou inimigos?5000 acessosScorpions5000 acessosTommy Bolin: Os excessos estavam acabando com aquele cara5000 acessosMountain - discografia comentada5000 acessosJerry Lee Lewis: o dia em que ele quase matou John Lennon5000 acessosMassageie sua mente com este ácido orgasmo auditivo5000 acessosThe James Gang - A gangue encrenqueira do rock5000 acessosGeordie: A primeira banda do vocalista Brian Johnson5000 acessosDuane Allman: o auge do Derek And The Dominos5000 acessosOs 30 anos da morte de Marc Bolan5000 acessosKen Hensley: seguindo sonhos, como nos bons tempos5000 acessosLed Zeppelin no Brasil: sonho que pode se realizar3758 acessosFestivais Ao Ar Livre no Brasil que não aconteceram5000 acessosThe Who: Quinze minutos de fama no lugar de Keith Moon5000 acessosPoeira: Rockstars e as bandas que eles sonhavam fazer parte5000 acessosBon Scott, o eterno Rocker...5000 acessosBlind Faith: uma das capas mais polêmicas da história5000 acessosA jubilosa estréia do Moby Grape5000 acessosJethro Tull: a fúria de Ian Anderson pra cima do Led Zeppelin5000 acessosAC/DC: os últimos dias do vocalista Bon Scott5000 acessosBlack Sabbath: a "era 'Mob Rules'"0 acessosTodas as matérias sobre "Poeira"

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias0 acessosTodas as matérias sobre "Poeira"0 acessosTodas as matérias sobre "Thin Lizzy"

Deep PurpleDeep Purple
A contestada entrevista na Globo em 2006

MetalMetal
Gibson.com enumera 50 melhores músicas do gênero

Capas de álbunsCapas de álbuns
As mais obscuras e marcantes da história

5000 acessosUltimate Guitar: as 28 canções mais sombrias de todos os tempos5000 acessosMax Cavalera: triste ver uma banda tão importante virar uma merda5000 acessosCovers: alguns dos mais legais feitos por bandas de Metal5000 acessosCobain: músicos do Korn, Judas, Pantera e AIC falam sobre legado5000 acessosCinema: Filmes para quem ama Rock e Metal (Parte 1)5000 acessosMotörhead: "sem eles não existiria Metallica ou Guns"

Sobre Bento Araújo

Bento Araújo nasceu em 1976. É jornalista profissional e adora a música dos anos 60 e 70. É o editor chefe da Poeira Zine, a única publicação do país dedicada à música dos bons tempos. Lá ele escreve os textos, faz a diagramação, cuida da arte, do visual, faz 'a social' com os anunciantes, distribui, faz correio, banco, responde os e-mails e as cartas e também limpa o banheiro da redação... Além de tudo isso, o cara ainda tira uma onda tocando contra-baixo pela noite paulistana, além de vez ou outra fazer um 'bico' em alguma loja de discos em troca de raridades vinílicas... O Editor também oferece seus serviços jornalísticos e musicais a quem se interessar... (nada que uns bons dólares não possam resolver...)

Mais matérias de Bento Araújo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online