Matérias Mais Lidas

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemEncontro entre Paul Di'Anno e Steve Harris resultou em "algo que será discutido"

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemO dia que os membros do Black Sabbath foram amaldiçoados por uma seita satânica

imagemShavo Odadjian, baixista do System Of A Down, conta quais álbuns mudaram sua vida

imagemNick Mason relembra a época que o Pink Floyd desastrosamente tentou tocar reggae

imagemMark Tremonti, do Alter Bridge, revela que é grande fã de lendária banda de metal

imagemAs composições de Paul McCartney nos Beatles preferidas de John Lennon

imagemO que Adrian Smith descobriu ao retornar ao Iron Maiden

imagemIntegrantes do Rush relembram a época que abriram shows para o Kiss, em 1975

imagemJen Majura disse que sair do Evanescence não foi decisão dela e recebe apoio dos fãs

imagemMarcello Pompeu agradece mobilização de fãs

imagemIron Maiden apresenta Eddie em versão samurai ao vivo; veja vídeo oficial


Stamp

Lynyrd Skynyrd x Neil Young: Amigos ou inimigos?

Por Bento Araújo
Em 17/12/04

Tudo começou quando o astro canadense resolveu criticar alguns hábitos sulistas através das letras de duas canções: "Southern Man" e "Alabama". A principal crítica de Young era sobre o racismo desenfreado que rolava no sul dos EUA. O Lynyrd Skynyrd, como maior representante do "orgulho sulista", não poderia deixar barato e criou uma resposta às críticas de Young sobre o nome de "Sweet Home Alabama".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Well, I heard Mister Young sing about her
Well, I heard old Neil put her down.
Well, I hope Neil Young will remember
a southern man don't need him around anyhow."

"Bom, eu ouvi o Sr, Young falando sobre ele (o Sul)
Bom, eu ouvi o velho Neil rebaixando-o
Bom, eu espero que Neil Young se lembre
que o homem do Sul não precisa dele por perto."

Bela alfinetada! O "esquentado" Ronnie Van Zant não perdoou e não admitiu que um canadense viesse criticar seus costumes.

Young por sua vez não deixou barato e compôs "Walk On":

"I hear some people been talkin' me down,
Bring up my name, pass it 'round.
They don't mention happy times
They do their thing, I'll do mine."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Eu ouvi algumas pessoas falarem mal de mim,
Falando meu nome por aí
Eles não mencionaram os bons tempos
Eles fazem as coisas deles. Eu faço as minhas."

Alguns fãs de Young garantem que esse trecho era direcionado aos seus companheiros Crosby, Stills e Nash, mas fica claro ser uma resposta para o Lynyrd Skynyrd.

Ao rebater as críticas de Young, o Lynyrd Skynyrd passou a ser tachado de um "grupo racista" até pela imprensa musical da época.

A verdade é que Ronnie Van Zant e Neil Young acabaram se tornando bons amigos, sendo que o bate-boca ficou restrito ao papel.

Ronnie não tirava uma camiseta de Neil Young (com a foto da capa do Tonight’s The Night). Young declarou que gostava tanto de "Sweet Home Alabama" que era uma honra ser citado na canção, não importando qual o motivo de tal citação.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ronnie declarou que as letras de sua polêmica canção não passavam de uma piada. Elas simplesmente "apareceram" daquele jeito na sua cabeça e foram passadas para o papel. Van Zant deixou ainda bem claro: "Nós amamos Neil Young, realmente amamos sua música..."

O que pouca gente sabe é que Neil Young chegou a oferecer uma de suas canções para o Lynyrd Skynyrd gravar, a pedido da própria banda. Numa entrevista na revista inglesa Mojo, Young explicou melhor: "Eles queriam gravar uma das minhas canções, então mandei para eles uma demo com a música Powderfinger! Por muito pouco eles não a lançaram antes da minha versão (que está no disco Rust Never Sleeps, lançado em 1979)." Young ainda confirmou que o Lynyrd gravou "Powderfinger", mas nunca a lançou oficialmente...

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Depois do acidente aéreo, Neil Young fez um show em Miami (no dia 12/11/1977) que contou com a inclusão de sua música "Alabama" (ele raramente tocou essa música ao vivo). No refrão, ao invés de cantar Alabama, Neil emendava a frase "Sweet Home Alabama", uma justa homenagem aos integrantes mortos no acidente. E as homenagens não pararam por aí; no filme do show Rust Never Sleeps, o baixista do Crazy Horse, Billy Talbot, aparece vestindo uma camiseta do Lynyrd Skynyrd, mais especificamente aquela baseada no rótulo da Jack Daniel’s. No vídeo Weld, é a vez de um fã de Young exibir uma tatuagem em homenagem ao Lynyrd Skynyrd. Tudo isso sem contar as vezes que Neil Young tocou "Sweet Home Alabama" em suas tours...

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Como toda rivalidade musical, muitos boatos foram criados ao redor do tema. Um deles era que Neil Young tinha carregado o caixão de Ronnie Van Zant, que por sua vez fora enterrado com a camiseta de Neil Young...boataria pura...Young não apareceu no enterro e Van Zant foi sepultado num caixão lacrado, ou seja, ninguém realmente viu que roupa ele estava trajando...

Na nova edição da poeira Zine você encontra um super especial com o LYNYRD SKYNYRD, incluindo biografia completa e discografia comentada da banda.
Além de outras matérias com o The Who, Caravan, Jericho e mais outras pérolas do Rock dos anos 70. Mais informações no www.poeirazine.com.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Poeira

Garagens dos Anos 60

Paul Kossoff - Dor transmitida através das cordas

Grand Funk Railroad: A Maior Potência do Hard Norte-Americano

imagemBlack Sabbath: a passagem de Ian Gillan pela banda

Power-Trios: o Hard é o gênero "onde o bicho mais pega"

Blow By Blow - a baforada certeira de Beck

Iggy and the Stooges: Raw Power, a trilha sonora do fim do mundo

imagemIron Maiden: versões pesadas para clássicos do Rock

imagemResenha - Jethro Tull (Credicard Hall, São Paulo, 20/03/2004)

Muscle Of Love: O último registro de Alice Cooper com sua banda original

ZZ Top: os sagrados primeiros álbuns alterados em estúdio

Scorpions: O nome era sinônimo de garra e bom rock pesado

imagemTommy Bolin: Os excessos estavam acabando com aquele cara

Mountain - discografia comentada

imagemJerry Lee Lewis: o dia em que ele quase matou John Lennon

Thin Lizzy: Momentos inesquecíveis da despedida

Massageie sua mente com este ácido orgasmo auditivo

The James Gang - A gangue encrenqueira do rock

Geordie: A primeira banda do vocalista Brian Johnson

Duane Allman: o auge do Derek And The Dominos

T-Rex: A morte de Marc Bolan

Ken Hensley: seguindo sonhos, como nos bons tempos

Led Zeppelin no Brasil: sonho que pode se realizar

Festivais Ao Ar Livre no Brasil que não aconteceram

imagemThe Who: Quinze minutos de fama no lugar de Keith Moon

imagemPoeira: Rockstars e as bandas que eles sonhavam fazer parte

imagemBon Scott, o eterno Rocker...

imagemBlind Faith: uma das capas mais polêmicas da história

Moby Grape: Auto-indulgência, maconha e abuso na estréia em vinil

imagemJethro Tull: a fúria de Ian Anderson pra cima do Led Zeppelin

imagemAC/DC: os últimos dias do vocalista Bon Scott

Black Sabbath: a "era Mob Rules"

Todas as matérias sobre "Poeira"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

imagemNeil Young, em sua autobiografia, relembra como ele começou a ouvir Bob Dylan

Neil Young revela como filho tetraplégico influenciou o álbum "Trans", de 1982

Provocações: As canções cheias de indiretas entre artistas do rock

Spotify: Neil Young pede que funcionários se demitam; "CEO é o problema, não Joe Rogan"

Neil Young relata o episódio do aneurisma que quase tirou sua vida em 2005

CEO do Spotify diz: "para atingir ambições teremos conteúdo do qual não nos orgulhamos"

Neil Young: Suas 100 melhores músicas, segundo a Rolling Stone

Neil Young: cantor revela motivo de sua saída do Buffalo Springfield e CSNY

Neil Young: suas melhores músicas, segundo a Rolling Stone



Axl Rose: "ele é um fracassado", diz mulher de Slash


Sobre Bento Araújo

Bento Araújo nasceu em 1976. É jornalista profissional e adora a música dos anos 60 e 70. É o editor chefe da Poeira Zine, a única publicação do país dedicada à música dos bons tempos. Lá ele escreve os textos, faz a diagramação, cuida da arte, do visual, faz 'a social' com os anunciantes, distribui, faz correio, banco, responde os e-mails e as cartas e também limpa o banheiro da redação... Além de tudo isso, o cara ainda tira uma onda tocando contra-baixo pela noite paulistana, além de vez ou outra fazer um 'bico' em alguma loja de discos em troca de raridades vinílicas... O Editor também oferece seus serviços jornalísticos e musicais a quem se interessar... (nada que uns bons dólares não possam resolver...)

Mais matérias de Bento Araújo.