Carniça: Banda é a verdadeira definição de Heavy Metal

Resenha - Temple's Fall... Time To Reborn - Carniça

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Convenhamos, 'Carniça' é um excelente nome para se batizar uma banda de Heavy Metal, não é mesmo? E esse é um nome que já foi bastante lembrado entre os headbangers da região sul do Brasil. Natural de Novo Hamburgo (RS), o Carniça foi formado em 1991 e, ao longo dos anos, liberou cinco fitas-demo que alcançaram vários países da América do Sul e Europa, além de o debut "Rotten Flesh" (99) causar ótima impressão entre a mídia e público. Infelizmente, sua trajetória parou abruptamente em 2003 e levou muito tempo para os caras ficarem novamente juntos.
Carniça: Nova formação depois de 25 anos de históriaMetallica: vizinho zoófilo, cocaína e groupies

Mas o retorno se deu em 2008, e com a formação considerada clássica: Mauriano (voz e baixo), Parahim (guitarra) e Marlo (bateria), que agora estão lançando "Temple´s Fall... Time To Reborn", um discaço que exibe um Carniça ainda evitando se prender aos rótulos (graças!), oferecendo 'apenas' Heavy Metal em sua melhor forma e fortemente influenciado pela estética old school, característica que está mais sólida e sofisticada do que nunca.

Com grande flexibilidade, o resultado é um perfeito amálgama de Death, Thrash e Heavy Metal Tradicional, com uma sensibilidade melódica digna de poucos e que nunca minimiza a atmosfera mais extrema que permeia cada centímetro do repertório. Ok, muitos poderão achar que cinco canções autorais - mais uma matadora versão para "Hell Awaits" (Slayer) e um apropriado instrumental encerrando a audição - é pouco. Bom, pode ser, mas o lance do Carniça é a qualidade e não a quantidade, e canções como "Oil War" e "Immortal" são exemplos que corroboram esse fato.

Com uma produção limpa o suficiente para que se ouça tudo com definição, e sem esterilizar o áudio, o único ponto passível de discórdia fica por conta da imagem que ilustra a capa de "Temple´s Fall... Time To Reborn", cujos traços quase caricatos não conseguem expressar adequadamente o repúdio à hipocrisia humana que sua música transmite tão claramente. Mas sem problemas... Esqueça os títulos e subgêneros, Carniça é a definição de Heavy Metal e uma verdadeira recompensa aos que procuram um antídoto à ambição ao mainstrean que vêm rondando a cena contemporânea!

Contato:
http://www.carnicaband.blogspot.com
http://www.myspace.com/carnicaband

Formação:
Mauriano Lustosa da Silveira - voz e baixo
Parahim Lustosa Neto - guitarra
Marlo Lustosa da Silveira - bateria

Carniça - Temple´s Fall... Time To Reborn
(2011 / independente - nacional)

01. Oil War
02. Till The End
03. Route To Hell
04. Surrender
05. Immortal
06. Hell Awaits (cover do Slayer)
07. Paradise

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Carniça: Nova formação depois de 25 anos de históriaCarniça: Capa do álbum Carniça liberadaTodas as matérias e notícias sobre "Carniça"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Carniça"

Metallica
Vizinho zoófilo, cocaína e groupies

Slash
Como ele largou os vícios em drogas, álcool e cigarro?

Em 24/11/1991
Eric Carr morre em decorrência de câncer

Grammy: mortes ignoradas, gravadoras desprezam o MetalGuns N' Roses: Slash relembra Use Your Illusion e criseNightwish: Anette Olzon conta como entrou na bandaKiss: Tocar no Maracanã é como estar no fundo de um barrilIron Maiden: The Number Of The Beast na Rolling Stone em 1982Yngwie Malmsteen: novas bandas não se tornarão Astros do Rock

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online