Iron Maiden: resenha misteriosa fala em "novo ápice"

Resenha - Final Frontier - Iron Maiden

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Invisible Kid
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Um álbum novo em folha do IRON MAIDEN é um grande acontecimento e sempre esperamos o melhor desta banda lendária. Mas nada nos preparou para o incrível assalto sonoro que dá início a este 15º álbum. Um violento ataque de riffs brutais, atonais, camadas de batidas tribais e toques atmosféricos dignos do "Somewhere in Time" (1986) são ouvidos na abertura ["overture"] deste álbum ambicioso, épico em todos os sentidos.
796 acessosDuplas de guitarristas: Loudwire elenca suas dez melhores5000 acessosSeparados no nascimento: Ozzy Osbourne e Renato Aragão

Nota do tradutor: o original da resenha abaixo é assinado pelo jornalista canadense Adrien Begrand, e até o momento permanece como informação extra-oficial. Via Twitter, o "resenheiro" de longa data limitou-se a fornecer um link com uma foto do artigo impresso, que pode ser vista logo abaixo. Ele alega estar sujeito a um acordo temporário de confidencialidade, que já está se encerrando.

A imagem, que repercutiu em fóruns como o do site maidenfans.com, mostra os comentários sobre "The Final Frontier" entre as resenhas de um álbum do ANATHEMA lançado em 31/05/2010 e outro do WATAIN que saiu em 08/06/2010. Sem a foto (veja no final), talvez fosse mesmo impossível acreditar em boa parte do que se segue...

Iron Maiden - The Final Frontier
(EMI - lançamento em 16/08)

Ao contrário de todos os álbuns desde "Seventh Son of a Seventh Son" (1988), a primeira faixa não usa um single como introdução, mas uma canção de oito minutos e meio. [Nota: mais tarde o autor se desculpou em seu blog pelo erro, que ele próprio considerou imperdoável, dados os 11:17 minutos da versão de estúdio de "Sign of the Cross", que não aparece em nenhum single e abre o álbum "The X Factor", de 1995]. "Satellite 15… The Final Frontier" começa com uma abordagem direta de Adrian Smith, bem próxima a de um [material do] UFO: uma faixa muito vibrante, destinada a virar uma de suas melhores ao vivo.

A ordem das músicas é crucial. A grudenta "El Dorado", o hino "Mother of Mercy" e a suprema "Coming Home" brindam o ouvinte com seus riffs poderosos e ótimas melodias. Fica claro desde o início que o "The Final Frontier" tem um clima de aventura, como o título sugere.

Baseada em teclados, "Starblind" mistura batidas arrítmicas (chocante?) executadas com excelência por Nicko McBrain e ótima performance vocal de Bruce Dickinson. "The Talisman", co-escrita por Janick Gers, traz uma atmosfera teatral bastante apreciada pelos fãs e na qual a banda sempre encontra muito sucesso.

"Isle of Avalon" encontra a mitologia galesa (celta?) enquanto a banda cria uma tensão incrível, levando a uma parte excelente do baixista Steve Harris, um de seus solos mais expressivos num álbum do IRON MAIDEN em muito tempo. Por mais forte que seja o álbum, o melhor é guardado para o fim, com uma faixa de 11 minutos intitulada "Where the Wild Wind Blows". Harris, admitindo que seu estilo pode ser previsível, optou por não incluir evoluções passo-a-passo ["crescendos"] e explosões galopantes; ele simplifica sua abordagem, mantendo uma ambientação firme ao longo de toda a canção. O resultado: uma de suas composições mais brilhantes, com uma certa melodia celta, as frases contidas de Bruce Dickinson e o personagem trágico de Steve Harris, que levarão o ouvinte a uma viagem pelas esferas mais elevadas.

Ficamos satisfeitos quando nossas bandas favoritas lançam bons álbuns depois de uma longa carreira, mas a forma como o IRON MAIDEN está se reinventando é extraordinária. Os quatro últimos álbuns marcam seu melhor período criativo desde os dias gloriosos dos anos 1980, e "The Final Frontier" é um novo ápice na trajetória da banda.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Final Frontier - Iron Maiden

5000 acessosIron Maiden: "The Final Frontier" entre os 9 melhores da donzela5000 acessosIron Maiden: Deixar de enxergar certos fatos soa absurdo5000 acessosIron Maiden: CD mais maduro e coeso desde a volta do Bruce5000 acessosIron Maiden: ninguém em cima do muro sobre um novo disco5000 acessosIron Maiden: boas idéias perdidas em variações e repetições5000 acessosEquívoco: Iron Maiden fazendo rock progressivo?5000 acessosIron Maiden: não há como ficar indiferente ao novo álbum5000 acessosIron Maiden: a velha Donzela explorando novos territórios5000 acessosIron Maiden: certeza de que a história está longe de acabar5000 acessosIron Maiden: um disco para analisar os mínimos detalhes5000 acessosIron Maiden: primeiro e último são extremos da mesma linha5000 acessosIron Maiden: o futuro da banda está em "The Final Frontier"5000 acessosIron Maiden: jornalista revela mais detalhes do novo álbum5000 acessosIron Maiden: primeiro review faixa-a-faixa do novo álbum3175 acessosÁlbum traduzido: The Final Frontier, do Iron Maiden

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Iron MaidenIron Maiden
Steve Harris assiste show do Metallica no Canadá

796 acessosDuplas de guitarristas: Loudwire elenca suas dez melhores1253 acessosBruce Dickinson: voando em um bombardeiro da II Guerra Mundial0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Iron Maiden"

Na teoriaNa teoria
E se Bruce defendesse Ozzy em questão judicial?

CompridasCompridas
As músicas mais longas de grandes bandas

Iron MaidenIron Maiden
Veja Bruce tocando o piano em "Empire Of The Clouds"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Iron Maiden"

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Ozzy Osbourne e Renato Aragão

QueenQueen
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

MetallicaMetallica
Hammett e Ulrich escolhem álbuns e músicas da década

5000 acessosGuns N' Roses: Axl Rose conversa com fãs e abre o jogo!5000 acessosBeavis e Butthead: como eles seriam se fossem reais?5000 acessosAngra: banda errou na escolha de Fabio Lione?4622 acessosSlipknot: dificuldades em gravar um disco sem Paul Gray4716 acessosIron Maiden: Ed Force One atrapalhando o trânsito de Fort Lauderdale5000 acessosSeparados no nascimento: Paul Stanley e Ioná Magalhães

Sobre Invisible Kid

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online