Metallica: por que o baixo de Newsted "sumiu" em ...And Justice For All

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: Rolling Stone
Enviar correções  |  Ver Acessos

O site da revista Rolling Stone publicou uma matéria bastante completa a respeito do som do baixo de Jason Newsted em "...And Justice For All", seu primeiro disco com a banda, que completou 30 anos de lançamento no último sábado (25). A publicação apresenta os principais motivos que justificam o volume reduzido do instrumento, quase inaudível na mixagem final.

Clube da Música: 10 bandas de Rock/Metal mais acessadas do YouTube (vídeo)Andre Matos declara: "O Angra tinha que acabar!"

As explicações resgatadas pelo texto de Kory Grow vão desde a falta de experiência de Newsted até pedidos feitos pelo baterista Lars Ulrich aos profissionais de estúdio. A produção do álbum, vale destacar, é assinada por Flemming Rasmussen em parceria com Ulrich e o vocalista e guitarrista James Hetfield.

Jason Newsted contou, em entrevista ao Metal Exiles concedida em 2013, que só conseguiu reconhecer o principal problema do baixo em "...And Justice For All" depois de algum tempo. Para ele, a falta de experiência influenciou no resultado final, já que suas linhas de baixo eram muito semelhantes ao que James Hetfield tocava na guitarra.

"Quando gravei '...And Justice For All', eu só tinha gravado uma vez, em 'Doomsday' do Flotsam And Jetsam (esquecendo-se de 'Garage Days'). [...] Para '...And Justice', entrei em estúdio com um engenheiro assistente e ninguém mais, nenhum outro membro da banda. [...] Fiz o mesmo do disco do Flotsam: gravei minhas partes e fui para casa. Não tinha ninguém para trabalhar em cima das partes. Como baixista do Flotsam, não entendia muito de tocar as linhas, só sabia sobre tocar bem rápido como se fosse uma guitarra - basicamente, todos tocando a mesma coisa como uma parede sonora. Então, ficou tudo na mesma frequência: meu baixo e a guitarra de James brigando pela mesma frequência. Se eu soubesse naquela época o que sei hoje em dia, teria sido diferente, mas tornou-se um clássico do mesmo jeito", disse, na ocasião.

Metallica: Jason explica o baixo apagado de And Justice For AllMetallica
Jason explica o baixo apagado de And Justice For All

Em entrevista concedida à Guitar World em 2008, James Hetfield reforçou a explicação de Jason Newsted. "O baixo ficou apagado por duas razões. Primeiro, Jason tendia a dobrar minhas partes de guitarra, então era difícil dizer onde minha guitarra começava e seu baixo parava. Além disso, o meu timbre em 'Justice' focava muito nos agudos e graves, com poucos médios, consumindo todas as frequências mais baixas. Jason e eu estávamos sempre lutando pelo mesmo espaço na mixagem", explicou, na época.

Hetfield contou, ainda, que o problema foi resolvido no disco seguinte, autointitulado (conhecido como "Black Album"), de 1991, com produção de Bob Rock. "Bob realmente nos ajudou a 'orquestrar' e trazer o grave, fazendo a guitarra e o baixo trabalharem juntos", afirmou, na ocasião.

O engenheiro de mixagem Steve Thompson deu um relato diferente ao ter sido entrevistado pelo Ultimate Guitar em 2015. Segundo ele, Lars Ulrich pediu que o som do baixo fosse reduzido em "...And Justice For All", já que a ideia era conseguir um som "mais garagem" do que o obtido em "Master Of Puppets", de 1986.

A equalização inicial, nessa nova pegada, não comprometia tanto o som do baixo e James Hetfield ficou satisfeito com o resultado, segundo Thompson. Lars Ulrich, por sua vez, insistiu em mais mudanças e quis a redução do volume do instrumento.

"Ele disse: 'veja esse baixo?'. Eu falei: 'sim, bem legal, ele mandou bem'. Ele falou: 'quero que você reduza o baixo a um ponto em que mal seja possível ouvi-lo na mixagem'. Perguntei se ele estava brincando e ele disse que não. Abaixei até esse nível e ele ainda pediu a redução de mais 5 dB. Virei para Hetfield e perguntei: 'é sério?'", relembrou (leia em inglês).

Ao ser questionado sobre essa versão e sobre os relatos de que Jason Newsted teria sofrido bullying no Metallica - o que justificaria a mudança na mixagem -, Lars Ulrich disse que nada ocorreu de forma intencional. "'Justice' era 'O Show de James e Lars' do início ao fim, mas não era algo tipo: 'f*da-se esse cara, vamos reduzir o volume do baixo'. Era algo mais como: 'estamos mixando, então, vamos dar um tapinha nas nossas costas e aumentar a guitarra base e a bateria'. Mas transformamos tudo isso até um ponto em que o baixo desapareceu", disse.

Metallica: Jason Newsted, 14 anos de humilhaçãoMetallica
Jason Newsted, 14 anos de humilhação




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Metallica"


Clube da Música: 10 bandas de Rock/Metal mais acessadas do YouTube (vídeo)Em 02/11/1962: nascia Ron McGovney, primeiro baixista do MetallicaMetallica: vídeo de "Moth Into Flame" ao vivo na Noruega

Metallica: Kirk Hammett toca bossa nova e traz jazz para a banda, mas é barradoMetallica
Kirk Hammett toca bossa nova e traz jazz para a banda, mas é barrado

Metallica: St. Vincent largou violino para aprender músicas da banda na guitarra

Metallica: ex-baixista nunca se arrependeu de ter saído da bandaMetallica
Ex-baixista nunca se arrependeu de ter saído da banda

Metallica: banda lança coleção de meias de luxo; veja fotosMetallica
Banda lança coleção de meias de luxo; veja fotos

Metallica: filmagem profissional de "Harvester Of Sorrow" ao vivo na Noruega ; confiraEm 30/10/1988: Metallica lançava o single "Eye Of The Beholder"Grandes covers: cinco versões para "Disposable Heroes", do MetallicaMetallica: vídeo 360 graus de "Moth Into Flame" na Dinamarca

Metallica: Kirk Hammett indica 10 filmes de terror para o HalloweenMetallica
Kirk Hammett indica 10 filmes de terror para o Halloween

Metallica: ex- guitarrista do Thin Lizzy afirma que levou calote da bandaMetallica
Ex- guitarrista do Thin Lizzy afirma que levou calote da banda

Yetallica: em vídeo, Metallica e Kanye West juntos

Slash: e se ele tocasse no Metallica, Nirvana ou Dire Straits? (vídeo)Slash
E se ele tocasse no Metallica, Nirvana ou Dire Straits? (vídeo)

A7X, Metallica, Dragonforce: e se eles tocassem fora do tempo?A7X, Metallica, Dragonforce
E se eles tocassem fora do tempo?

Metallica: Hetfield e Ulrich comentam importância do Master Of PuppetsMetallica
Hetfield e Ulrich comentam importância do Master Of Puppets

Por pouco: 11 Rockstars que quase morreramPor pouco
11 Rockstars que quase morreram


Andre Matos declara: O Angra tinha que acabar!Andre Matos declara
"O Angra tinha que acabar!"

Megadeth: Dave Mustaine não está feliz com os improvisos de Kiko Loureiro?Megadeth
Dave Mustaine não está feliz com os improvisos de Kiko Loureiro?

Zakk Wylde: foto do arsenal de guitarras do músicoZakk Wylde
Foto do arsenal de guitarras do músico

Andre Matos declara: O Angra tinha que acabar!Andre Matos declara
"O Angra tinha que acabar!"

Megadeth: Dave Mustaine não está feliz com os improvisos de Kiko Loureiro?Megadeth
Dave Mustaine não está feliz com os improvisos de Kiko Loureiro?

Doors: A lógica dark e assombrosa da bandaDoors
A lógica dark e assombrosa da banda

Música ao Vivo: entenda como algumas casas a estão destruindoMúsica ao Vivo
Entenda como algumas casas a estão destruindo


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336