Cortez/Borracho: Split de Stoners diferentes

Resenha - Vanishing Point/Know My Name - Cortez/Borracho

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Duas bandas norte-americanas fundadas na segunda metade da primeira década dos anos 2000, adeptas do Stoner/Doom Metal se juntaram e resolveram gravar um Split. No trabalho, uma música de cada lado do vinil 7”. Isto é típico do underground e às vezes gera bons frutos.
5000 acessosJohnny Ramone: "Não era bom abrir o show do Black Sabbath"5000 acessosEddie Van Halen: "Eruption foi um acidente"

O Cortez vem de Boston e já possui um disco completo alto-intitulado, além de outros trabalhos demos e um EP. A música do quinteto aqui, Vanishing Point, é veloz, com viradas insanas e o peso comum do Stoner. Mesmo assim, as características mais carregadas do gênero estão ali.

Já o Borracho vem de Washington, DC e, apesar de ser formado um ano após o Cortez (em 2007), possui uma carreira mais produtiva com dois full-lengths. Já a faixa Know My Name traz mais resquícios de Doom Metal, com certa cadência, afinação baixa e uma levada Southern Metal.

Enfim, temos duas bandas de estilos parecidos, mas que possuem características bem diferentes. O trabalho saiu em vinil 7” e foi lançado nas cores roxo translucido, verde translucido e o clássico preto. Vale mencionar que a produção de ambas as bandas é de alto nível.

http://www.cortezboston.com/
https://www.facebook.com/cortezboston
http://www.borrachomusic.com/
https://www.facebook.com/BorrachoDC

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Cortez"0 acessosTodas as matérias sobre "Borracho"

Johnny RamoneJohnny Ramone
"Não era bom abrir o show do Black Sabbath"

Van HalenVan Halen
Eddie explica os segredos do seu modo de tocar

GhostGhost
O lado escuro do rock: você acredita em magia negra?

5000 acessosJoão Gordo: Crente? Vai tomar no cu quem tá acreditando!5000 acessosThe Voice Kids: até Brian May ficou impressionado com brasileiro5000 acessosAC/DC: os últimos dias do vocalista Bon Scott5000 acessosAC/DC: as lembranças de Angus e Malcolm sobre Bon Scott4838 acessosGuns N' Roses: Beta defende Axl e AC/DC dos haters virtuais5000 acessosRegis Tadeu: agradecendo elogios pela matéria sobre o Iron Maiden

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online