Fresno: mostrando que é capaz de surpreender

Resenha - Infinito - Fresno

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Lucas Matos
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Um post sobre a banda Fresno no Whiplash. Já vamos prever o que vai acontecer: alguns dislikes e a eterna guerra dos true metal ignorantes contra os ouvintes de mente aberta discutindo se a banda é ruim ou não. Gostaria de propor o seguinte: que tal se dessa vez, mas só dessa vez, a gente não transformasse isso num circo ridículo? Você não gosta dos caras? Ótimo. Feche a matéria e vá pra página do Manowar, ou qualquer que seja a sua banda preferida. Vamos agir como pessoas de bom senso, como um site de notícias deve ser, e não como doentes mentais. Dado esse recado, vamos ao que interessa.
254 acessosGarage Sounds: Festival com 60 bandas rompe barreira da 2ª edição5000 acessosJohnny Ramone: "Não era bom abrir o show do Black Sabbath"

NOTA DO EDITOR: Ouça, no final da resenha, todas as músicas do álbum.

A banda Fresno ficou conhecida no Brasil por ser taxada de 'emo' e ter uma legião de fãs adolescentes e fiéis a banda até o último minuto. Ao longo dos discos que a banda foi lançando, ficou clara a evolução do som e da postura. Hoje, consolidada, passou por algumas dificuldades nos últimos tempos. A primeira foi a conturbada saída da gravadora Universal, provocando a ira e a inveja do ex-produtor Rick Bonadio, que até soltar notas falando mal da banda na mídia, soltou. A banda decidiu se tornar independente. A segunda e maior delas, a saída do baixista Rodrigo Tavares, que era um dos compositores e referência pros fãs da banda.

Tudo parecia ir por água abaixo, mas o grupo de Porto Alegre pareceu superar isso com tranquilidade, a prova maior disso é o seu mais novo trabalho, lançado ontem, intitulado 'Infinito'. O marketing para esse disco foi forte, começando com um clipe de excelente produção para a faixa-título, além da divulgação em programas de rádio e TV, o que para uma banda independente, é um verdadeiro mérito. Sonoramente, o disco surpreende pela maestria e excelente cuidado com os arranjos (muitas vezes acompanhados de orquestra) e com nível técnico que deixa algumas bandas consagradas no chinelo.

O disco abre com a porradaria 'Homem Ao Mar', um groove forte de guitarras, bateria e baixo, acompanhados das cordas, já dando de cara que o nível musical do disco é altíssimo. O peso ainda dá as caras em 'Cativeiro', 'Diga (Parte 2)' e 'Seis'. O pop rock ainda está ali, em faixas como 'Sobreviver e Acreditar' e a própria faixa-título, primeiro single do trabalho.

As surpresas ficam por conta das baladas 'O Resto é Nada Mais' e 'Vida (Biografia em Ré Bemol)', ambas com belos arranjos de piano e cordas, com andamentos que beiram levemente o progressivo (a última chega aos 7 minutos), e também pela descaradamente influenciada por post-rock 'Sutjeska', vinheta que prepara terreno para a linda 'Farol'.

Todos os membros da banda estão com excelentes performances, inclusive o vocalista Lucas Silveira. Mas quero chamar a atenção para o tecladista Mario Camelo, membro mais recente, que se mostrou um cara extremamente criativo em todos os seus arranjos. Com certeza, o resultado final do CD não seria o mesmo sem ele.

Fresno cresceu, avançou de nível, e eu te convido a deixar o preconceito de lado e conferir esse disco. Mesmo que você não goste da banda, com certeza vai olhar os 'garotos da geração emocore' com outros olhos após ouvir.

1 - Homem Ao Mar
2 - Infinito
3 - Maior Que As Muralhas
4 - O Resto é Nada Mais (O Sonho de um Visconde)
5 - Diga (Parte 2)
6 - Seis
7 - Cativeiro (Ana Cruse)
8 - Sobreviver e Acreditar
9 - Sutjeska
10 - Farol
11 - Vida (Biografia em Ré Bemol)

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

http://youtube.com/fresnorock

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 01 de novembro de 2012

254 acessosGarage Sounds: Festival com 60 bandas rompe barreira da 2ª edição1460 acessosFresno: Lucas Silveira diz que emos inspiraram novos sertanejos0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Fresno"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Fresno"

Johnny RamoneJohnny Ramone
"Não era bom abrir o show do Black Sabbath"

Freddy FrenzzyFreddy Frenzzy
O vocal que trocou Hard Rock por forró ostentação

MetallicaMetallica
Bob Rock revela segredos do "Black Album"

5000 acessosEddie Van Halen: "Eruption foi um acidente"5000 acessosRoqueiros conservadores: a direita do rock na revista Veja5000 acessosBruce Dickinson: sua coleção de clássicos do Metallica1769 acessosOzzy Osbourne: Sharon conta como o madman quase a estrangulou5000 acessosMetallica: os números explicam porque eles são a maior banda de metal da história3873 acessosTina S: um cover magistral de Master Of Puppets aos 16 anos

Sobre Lucas Matos

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online