Ocram: One-man-band direto de Málaga

Resenha - Praeludium - Ocram

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

8


Ocram é o pseudônimo do sujeito por trás dessa one-man-band espanhola. Além de compor, o cara toca tudo aqui e como é de praxe a sonoridade transita em torno de um Black Metal surpreendente.

Abordando temas como vida, morte, existência e o pós-vida, o moço de Málaga executa com maestria seu som. Guitarras ríspidas, com riffs cortantes mostram um Black Metal variado, com certa dose de melodia, mas que dispensa a inclusão de arranjos de teclados ou coisas do gênero.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A bateria programada não estraga as composições e se não fosse a informação do software incluso no trabalho, passaria em branco devido à naturalidade do som. Os ritmos alternam entre o rápido e o cadenciado, enquanto Ocram berra seus vocais rasgados sem dó nem piedade.

Destaque para as composições My Death e Arrogant To End e seu toque cadenciado. Ainda sobrou espaço para um bom cover de Opus Nocturne, do Marduk. Destaque também para a boa produção do trabalho, que se encaixou perfeitamente ao Black Metal executado por Ocram.

https://www.facebook.com/pages/Ocram/158167681008601
http://ocram.bandcamp.com/

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Wonder Years: O soundtrack do grande sucesso de público e críticaWonder Years
O soundtrack do grande sucesso de público e crítica

Led Zeppelin: por que Robert Plant não gosta de cantar Stairway to Heaven?Led Zeppelin
Por que Robert Plant não gosta de cantar "Stairway to Heaven"?


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Cli336 Goo336 Goo336