Neuronia: Thrash Metal, Melodic Death Metal e Hardcore

Resenha - Insanity Relapse - Neuronia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

8


A banda polonesa Neuronia está na ativa desde 2003 e de lá pra cá lançou, além de uma demo e um EP, dois full-length intitulados "The Winter Of My Heart" (2008) e "Follow The White Mouse" (2010). Neste ano, a banda acaba de soltar mais um EP, "Insanity Relapse", como prévia de seu mais novo petardo, ainda sem nome.

Formada por Tektur (vocal), Misiek (guitarra), Lewy (guitarra/vocal), Beton (baixo) e Lukasz (bateria), a banda pouco (ou nada) tem a ver com seus conterrâneos mais famosos do Metal extremo (leia-se Behemoth e Vader). A proposta dos caras é fazer um som que parte pro lado mais moderno do Metal pesado, onde se pode notar mesclas de um Thrash Metal bem grooviado com Melodic Death Metal e até pitadas de Hardcore.

publicidade

O trabalho traz quatro faixas bem produzidas (a produção ficou a cargo de Paweł "Janos" Grabowski, no Progresja Studio, em Varsóvia, Polônia) com boas melodias, além de uma boa dose de peso. Os vocais de Tektur não chegam a ser guturais, e seguem uma linha mais James Hetfield (atual), só que mais rouco.

As linhas de guitarra possuem uma pegada bem Heavy Metal com boas bases e solos, fugindo de afinações baixas que deixa o som com cara de New Metal. A cozinha é bem variada e o baterista Lukasz se destaca com uma boa pegada e boa variação, o que dá um toque meio Prog Metal à parte instrumental.

publicidade

Todas as faixas possuem seu mérito e "Insanity Relapse" é um trabalho muito bem feito, com pegada e executado por músicos maduros. Vale à pena conferir, principalmente se você está aberto às novas tendências do Metal, vejam bem, do METAL!

http://www.facebook.com/Neuronia

http://www.myspace.com/neuronia

publicidade



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Top 10: dez roqueiros que se foram aos 27 anos de idadeTop 10
Dez roqueiros que se foram aos 27 anos de idade

A História Impopular dos Rolling StonesA História Impopular dos Rolling Stones


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin