Resenha - Zero - Ashes

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Christiano K.O.D.A.
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Grande surpresa causa essa banda, pela qualidade mostrada nas quatro músicas que compõem o material. A primeira coisa que se nota aqui é a boa gravação. Tudo lindo, audível, pesadão, enfim, um EP que já deixa boas impressões logo no início.

MTV: experts indicam as maiores bandas de Heavy MetalFotos: confira 10 das mais curiosas no mundo do Rock - Parte 1

A Ashes expele um deathcore muito bem acabado, abusando da criatividade e das boas estruturas musicais. Tem um pouco de tudo lá, dentro do som extremo, evidentemente: bons riffs, mesclando coisas mais potentes com melodias, solos inspirados e bateria com momentos mais brutais (blast beats não tãããão velozes assim) e outros mais cadenciados. Tudo completo.

Mas o destaque fica para o vocalista Mayer, bastante versátil, e que conseguiu abrir um leque poderoso no gogó: tem gutural, rasgado e até aquele "pig" vocal, que particularmente gosto demais. Só faltou algo com efeitos, típicos do goregrind, mas para o estilo do pessoal, não fez falta.

A faixa "After Death" é a que apresenta maior variação de sonoridades, inclusive com discretos teclados ao fundo em momentos de menos fúria, o que gerou uma atmosfera interessante na canção. Depois, "Evil is Back" surge rápida e violenta, mas priorizando o peso absurdo das guitarras. É aqui que entram os supracitados "pig" vocals. Outra boa composição da Ashes.

A terceira música é "Choices", mais no clima do breakdown, por assim dizer, mas nem por isso deixa de ter qualidade. Apenas nessa, talvez tenha faltado um pouco mais de correria. Por fim, "I've Been Angry" fecha o material em grande estilo, calcada nos bons riffs e na levada empolgante. O solo também saiu caprichado.

Apesar da capa ser bastante simples, no geral, o material gráfico é bem feitinho também. Só faltou um capricho na hora de completar o encarte com as letras, que vieram digitadas em um bloco de notas no link para download que a banda disponibilizou. SIM, no final da resenha, você pode, e deve puxar esse ótimo EP.

Uma banda que merece destaque no Brasil. Agora, esse pessoal tem que batalhar na divulgação de "Zero" e ter seu merecido reconhecimento. Ashes: um deathcore bastante recomendado.

Download:
http://rapidshare.com/files/2681279682/Ashes_-_Zero__2011_.r...

Ashes - Zero
Independente - 2011 - Brasil
http://www.myspace.com/officialashes

1- After Death
2- Evil is Back
3- Choices
4- I've Been Angry




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Ashes"


MTV: experts indicam as maiores bandas de Heavy MetalMTV
Experts indicam as maiores bandas de Heavy Metal

Fotos: confira 10 das mais curiosas no mundo do Rock - Parte 1Fotos
Confira 10 das mais curiosas no mundo do Rock - Parte 1

Lemmy Kilmister: A opinião da lenda sobre Sharon Osbourne e Iron MaidenLemmy Kilmister
A opinião da lenda sobre Sharon Osbourne e Iron Maiden

Heavy Metal: "cristãos podem aprender muito com o gênero"Metallica: músicos regravam o St. Anger "da forma correta" - ouçaSystem Of A Down: Shavo Odadjian lamenta impasse, pois quer tocarHeadbangers: Por que os conservadores são tão ignorantes?

Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A. no Whiplash.Net.