1234... Cromatizando - Parte I

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Theo Machado
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nesta coluna iremos falar um pouco sobre o cromatismo! O cromatismo nada mais é do que caminhar de casa em casa em qualquer instrumento que possua trastes, ou vendo de uma outra forma, seguir de semitom em semitom.

5000 acessosLady Gaga: "o Iron Maiden mudou a minha vida!"5000 acessosRafael Bittencourt: "O que vou ensinar para este menino?"

A escala cromática pode assumir dois estados:

Ascendente: dó dó# ré ré# mi fá fá# sol sol# la lá# si dó

Descendente: dó réb ré mib mi fá solb sol lab lá sib si dó

Por convenção, da nota mi – fá e de si – dó existe um semitom de distância, por isso mi# = fá; fáb = mi; si# = dó; dób =si.

Abaixo segue o shape da escala cromática nas seis cordas da guitarra, partindo da nota lá (5ª casa - 6ª corda). Execute sempre com palhetada alternada.

e-----------------------------------------1-2-3-4--I
b---------------------------------2-3-4-5----------I
g-------------------------2-3-4-5------------------I
d-----------------3-4-5-6--------------------------I
a---------4-5-6-7----------------------------------I
e-5-6-7-8------------------------------------------I

e-4-3-2-1------------------------------------------I
b---------5-4-3-2----------------------------------I
g-----------------5-4-3-2--------------------------I
d-------------------------6-5-4-3------------------I
a---------------------------------7-6-5-4----------I
e-----------------------------------------8-7-6-5--I

Muitos guitarristas utilizam essa escala como ferramenta melódica, ou seja, um elemento que pode enriquecer solos, passagens etc. Steve Morse é um dos grandes guitarristas que utilizam o cromatismo para enriquecer seu vocabulário melódico. Assim como John Petrucci e muitos outros. O cromatismo necessariamente não precisa ser usado apenas para o estudo técnico, como a maioria conhece e não gosta das famosas variações 1234, 1324 ... Procure o uso de cromatismo e você vai achar em temas já conhecidos. Quem não conhece o famoso tema da “Pantera Cor-de-rosa?

Ex. 1 Tema da “Pantera Cor-de-rosa”:

e----------7-8------7-8--13-12-------12-11-----------I
b-7-8-9-10-----9-10------------10-13-------13-10--10-I
g-----------------------------------------------12---I
d----------------------------------------------------I
a----------------------------------------------------I
e----------------------------------------------------I

e----------7-8------7-8--13-12-------17-16~----------I
b-7-8-9-10-----9-10------------10-13-----------------I
g----------------------------------------------------I
d----------------------------------------------------I
a----------------------------------------------------I
e----------------------------------------------------I

pois então, olha o cromatismo aí, ou o tema do seriado de tv tosca do Batman & Robin (o pior é que legal).

Ex. 2 Tema do seriado de tv “Batman & Robin”:

e-----------------------------------------------------------------I
b-----------------------------------------------------------------I
g-----------------------------------------------------------------I
d-----------------------------------------------------------------I
a-5-5-4-4-3-3-4-4-5-5-4-4-3-3-4-4-5-5-4-4-3-3-4-4-5-5-4-4-3-3-4-4-I
e-----------------------------------------------------------------I

O uso dessa escala é mais comum do que parece! Bom, depois desses exemplos não poderia deixar de transcrever um riff do meu projeto instrumental chamado Extreme fusion trio, onde utilizo o cromatismo em um riff hard rock, dobrado com o baixo. Este riff deve ser tocado com 4 notas por tempo. Segue então a primeira parte:

The 5th Season – Extreme fusion Trio - executar com Lite Palm Muting

e---------------------------------------------------------------------I
b---------------------------------------------------------------------I
g--------------------------------------------7--------10-9-8----9-8-8-I
d-----------------------------------7-8-9-10---10-9-8-------9-8-------I
a---------5---------8-7-6-----7-6-6-----------------------------------I
e-5-6-7-8---8-7-6-5-------7-6-----------------------------------------I

e---------------------------------------------------------------------I
b---------------------------------------------------------------------I
g--------------------------------------------7--------10-9-8----9-8-8-I
d-----------------------------------7-8-9-10---10-9-8-------9-8-------I
a---------5---------8-7-6-----7-6-6-----------------------------------I
e-5-6-7-8---8-7-6-5-------7-6-----------------------------------------I

Estude os exemplos acima com o metrônomo e palhetada alternada. O andamento na música fica em torno de 136 bpm. Comece a estudar devagar e depois aumente a velocidade aos poucos, vide coluna anterior.

Isso é só uma amostra do uso comum da escala cromática ou cromatismo, que é encontrado nos mais diversos estilos musicais, desde música clássica com compositores como Chopin, Paganini, Nicolai Rimsky Korsarkov, autor de “The Flight of the Bumblebee” o famoso “vôo do besouro” passando por chorinho e indo até riffs matadores como é o caso do riff da música Erotomania do Dream Theater. Procure escutar obras com o uso de cromatismo e usá-lo em suas composições e solos. Além de enriquecer a sonoridade do trecho pode dar uma ‘entortada’ no som, deixando menos convencional e mais próximo de uma identidade musical particular, item atualmente desvalorizado na música comercial em geral. Continuaremos com esse assunto e a segunda parte do riff na próxima coluna!

Um abraço!

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Guitar Shred

5000 acessosWarming Up5000 acessosEstudo x Diversão5000 acessos1234... Cromatizando - Parte II5000 acessosPentatônicas com tapping5000 acessosLick Combo 35000 acessosModos Gregos - Parte I5000 acessosModos Gregos - Parte II5000 acessosModos Gregos - Parte III5000 acessosShapes de aperjos5000 acessosImprovisação sobre uma corda5000 acessosPalhetada sobre duas cordas5000 acessosSaltos de Cordas (string skipping)4805 acessosEstu/ticando0 acessosTodas as matérias sobre "Guitar Shred"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias0 acessosTodas as matérias sobre "Guitar Shred"0 acessosTodas as matérias sobre "Instrumentos"

Lady GagaLady Gaga
"O Iron Maiden mudou a minha vida!"

Rafael BittencourtRafael Bittencourt
"O que vou ensinar para este menino?"

Regis TadeuRegis Tadeu
"Lemmy era tão poderoso que seu corpo não teve coragem de contrariá-lo"

5000 acessosSupergrupos: Os melhores e piores na opinião da Metal Hammer5000 acessosLed Zeppelin: as crianças da capa de "Houses Of The Holy"5000 acessosFotos de Infância: Avril Lavigne5000 acessosAvenged Sevenfold: O cover de bateria mais genial já feito5000 acessosShow das Poderosas: pre-pare-se para uma versão metal5000 acessosSlayer: as dez melhores músicas segundo o site Loudwire

Sobre Theo Machado

Para saber mais sobre o autor visite o site www.theomachado.com.

Mais informações sobre Theo Machado

Mais matérias de Theo Machado no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online