1234... Cromatizando - Parte I

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Theo Machado
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nesta coluna iremos falar um pouco sobre o cromatismo! O cromatismo nada mais é do que caminhar de casa em casa em qualquer instrumento que possua trastes, ou vendo de uma outra forma, seguir de semitom em semitom.

5000 acessosTop 10: dez roqueiros que se foram aos 27 anos de idade5000 acessosNovas caras do metal: 40 bandas que você precisa conhecer

A escala cromática pode assumir dois estados:

Ascendente: dó dó# ré ré# mi fá fá# sol sol# la lá# si dó

Descendente: dó réb ré mib mi fá solb sol lab lá sib si dó

Por convenção, da nota mi – fá e de si – dó existe um semitom de distância, por isso mi# = fá; fáb = mi; si# = dó; dób =si.

Abaixo segue o shape da escala cromática nas seis cordas da guitarra, partindo da nota lá (5ª casa - 6ª corda). Execute sempre com palhetada alternada.

e-----------------------------------------1-2-3-4--I
b---------------------------------2-3-4-5----------I
g-------------------------2-3-4-5------------------I
d-----------------3-4-5-6--------------------------I
a---------4-5-6-7----------------------------------I
e-5-6-7-8------------------------------------------I

e-4-3-2-1------------------------------------------I
b---------5-4-3-2----------------------------------I
g-----------------5-4-3-2--------------------------I
d-------------------------6-5-4-3------------------I
a---------------------------------7-6-5-4----------I
e-----------------------------------------8-7-6-5--I

Muitos guitarristas utilizam essa escala como ferramenta melódica, ou seja, um elemento que pode enriquecer solos, passagens etc. Steve Morse é um dos grandes guitarristas que utilizam o cromatismo para enriquecer seu vocabulário melódico. Assim como John Petrucci e muitos outros. O cromatismo necessariamente não precisa ser usado apenas para o estudo técnico, como a maioria conhece e não gosta das famosas variações 1234, 1324 ... Procure o uso de cromatismo e você vai achar em temas já conhecidos. Quem não conhece o famoso tema da “Pantera Cor-de-rosa?

Ex. 1 Tema da “Pantera Cor-de-rosa”:

e----------7-8------7-8--13-12-------12-11-----------I
b-7-8-9-10-----9-10------------10-13-------13-10--10-I
g-----------------------------------------------12---I
d----------------------------------------------------I
a----------------------------------------------------I
e----------------------------------------------------I

e----------7-8------7-8--13-12-------17-16~----------I
b-7-8-9-10-----9-10------------10-13-----------------I
g----------------------------------------------------I
d----------------------------------------------------I
a----------------------------------------------------I
e----------------------------------------------------I

pois então, olha o cromatismo aí, ou o tema do seriado de tv tosca do Batman & Robin (o pior é que legal).

Ex. 2 Tema do seriado de tv “Batman & Robin”:

e-----------------------------------------------------------------I
b-----------------------------------------------------------------I
g-----------------------------------------------------------------I
d-----------------------------------------------------------------I
a-5-5-4-4-3-3-4-4-5-5-4-4-3-3-4-4-5-5-4-4-3-3-4-4-5-5-4-4-3-3-4-4-I
e-----------------------------------------------------------------I

O uso dessa escala é mais comum do que parece! Bom, depois desses exemplos não poderia deixar de transcrever um riff do meu projeto instrumental chamado Extreme fusion trio, onde utilizo o cromatismo em um riff hard rock, dobrado com o baixo. Este riff deve ser tocado com 4 notas por tempo. Segue então a primeira parte:

The 5th Season – Extreme fusion Trio - executar com Lite Palm Muting

e---------------------------------------------------------------------I
b---------------------------------------------------------------------I
g--------------------------------------------7--------10-9-8----9-8-8-I
d-----------------------------------7-8-9-10---10-9-8-------9-8-------I
a---------5---------8-7-6-----7-6-6-----------------------------------I
e-5-6-7-8---8-7-6-5-------7-6-----------------------------------------I

e---------------------------------------------------------------------I
b---------------------------------------------------------------------I
g--------------------------------------------7--------10-9-8----9-8-8-I
d-----------------------------------7-8-9-10---10-9-8-------9-8-------I
a---------5---------8-7-6-----7-6-6-----------------------------------I
e-5-6-7-8---8-7-6-5-------7-6-----------------------------------------I

Estude os exemplos acima com o metrônomo e palhetada alternada. O andamento na música fica em torno de 136 bpm. Comece a estudar devagar e depois aumente a velocidade aos poucos, vide coluna anterior.

Isso é só uma amostra do uso comum da escala cromática ou cromatismo, que é encontrado nos mais diversos estilos musicais, desde música clássica com compositores como Chopin, Paganini, Nicolai Rimsky Korsarkov, autor de “The Flight of the Bumblebee” o famoso “vôo do besouro” passando por chorinho e indo até riffs matadores como é o caso do riff da música Erotomania do Dream Theater. Procure escutar obras com o uso de cromatismo e usá-lo em suas composições e solos. Além de enriquecer a sonoridade do trecho pode dar uma ‘entortada’ no som, deixando menos convencional e mais próximo de uma identidade musical particular, item atualmente desvalorizado na música comercial em geral. Continuaremos com esse assunto e a segunda parte do riff na próxima coluna!

Um abraço!

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Guitar Shred

5000 acessosWarming Up5000 acessosEstudo x Diversão5000 acessos1234... Cromatizando - Parte II5000 acessosPentatônicas com tapping5000 acessosLick Combo 35000 acessosModos Gregos - Parte I5000 acessosModos Gregos - Parte II5000 acessosModos Gregos - Parte III5000 acessosShapes de aperjos5000 acessosImprovisação sobre uma corda5000 acessosPalhetada sobre duas cordas5000 acessosSaltos de Cordas (string skipping)4823 acessosEstu/ticando0 acessosTodas as matérias sobre "Guitar Shred"

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias0 acessosTodas as matérias sobre "Guitar Shred"0 acessosTodas as matérias sobre "Instrumentos"

Idade fatídicaIdade fatídica
Dez roqueiros que se foram aos 27 anos de idade

Novas caras do metalNovas caras do metal
40 bandas que você precisa conhecer

Antes da famaAntes da fama
Atores que apareceram em clipes clássicos

5000 acessosQ Magazine: As 100 Maiores Estrelas do Século XX5000 acessosFotos de Infância: Janis Joplin5000 acessos"Cê tá de brincadeira, né?": quando grandes nomes vacilam5000 acessosEddie Trunk: os álbuns que marcaram o apresentador5000 acessosLinkin Park: participante do The Voice Brasil emociona com "In The End"4903 acessosCores: Propaganda de produto de limpeza usa bandas

Sobre Theo Machado

Para saber mais sobre o autor visite o site www.theomachado.com.

Mais informações sobre Theo Machado

Mais matérias de Theo Machado no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online