Tommy Bolin: Os excessos estavam acabando com aquele cara

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Tommy Bolin: Os excessos estavam acabando com aquele cara


  | Comentários:


Poeira Zine: a única publicação do país a trazer só a boa música dos bons tempos, esquecendo modismos, cópias descartáveis, marketing de gravadora e todo o lixo musical. Clique aqui para saber como adquirir.



Aquele jovem guitarrista voltava pra casa absolutamente irreconhecível. O tímido e charmoso garoto que tinha optado em abandonar a escola ao invés de ter que cortar seu cabelo estava com a saúde abalada após passar pouco menos de um ano com o Deep Purple. Sua personalidade havia mudado completamente, os excessos estavam acabando com aquele cara...

Imagem
Após o show de Liverpool o Deep Purple finalmente encerrava suas atividades, cancelando uma tour pela Alemanha e mandando Tommy Bolin de volta pra casa. O anúncio oficial sobre o fim do grupo só seria divulgado em julho de 1976, quando Tommy já estava preparando seu segundo disco solo, "Private Eyes".

Nessa época remontou uma nova versão de sua banda, a The Tommy Bolin Band com Mark Stein (ex-Vanilla Fudge e Boomerang) nos teclados e Narada Michael Walden na batera, entre outros. Excursionou abrindo para Robin Trower e Steve Marriot e ainda arrumou tempo de gravar algumas sessões com a banda canadense Moxy.

Imagem
Seus discos solo eram um perfeito retrato de seu estilo de vida intenso e sempre perigoso. Teaser mesclava peso e swing como na sexy faixa título, além de belos temas como ’Lotus’, ‘The Grind’ e na excepcional ‘Dreamer’, em que ele dividia os vocais com Glenn Hughes. ‘Wild Dogs’ e ‘Homeward Strut’ às vezes pintavam no set do Purple. Outra paixão do guitarrista eram as músicas instrumentais com tempero jazz e as baladas. "Private Eyes" seguia o mesmo caminho e trazia um repertório elegante como ‘Shake The Devil’, ‘Someday Will Bring Our Love Home’, ‘Post Toastee’ e ‘Bustin’ Out For Rosie’ trazendo sempre o vocal marcante e peculiar de Bolin.

Bolin ia fazendo shows em pequenos clubes com sua banda e entre seus planos estava formar um super grupo ao lado de Billy Cobham e Glenn Hughes, o que nunca chegou a acontecer.

Imagem
No dia 03 de dezembro de 1976, Bolin estava em Miami e abriu o show de Jeff Beck no Jai Alai Fronton Hall Club. No bacsktage posou para fotos ao lado de Beck e voltou para o hotel. Chegando lá, Bolin estacionou no Bar do hotel e tomou vários drinks, como de costume. Depois por volta da 1:00 da manhã subiu para o quarto de seu guarda costas, onde se encontravam cerca de 20 pessoas. Em seguida rumou para o seu quarto com a namorada e no meio de uma ligação telefônica apagou. A moça foi ao quarto do segurança do guitarrista pedir ajuda e quando este chegou, Bolin estava desacordado. O guitarrista foi colocado sem roupa debaixo de uma ducha gelada, mas não esboçou nenhum sinal de melhora. Deitaram o guitarrista na cama, mas como ele havia consumido heroína, valium e álcool todos ficaram temerosos em chamar um médico.

Por volta das 3:00 da manhã a respiração de Bolin foi ficando cada vez mais fraca e esparsa e os roadies deixaram o guitarrista deitado somente com sua namorada no quarto. A moça, vendo que Bolin estava realmente num péssimo estado, chamou os médicos somente às 08:00 da manhã. O guitarrista havia sido sufocado por uma espécie de paralisação muscular causada pela overdose. Tarde demais. Bolin estava morto antes mesmo da ambulância chegar. O legista alegou ter achado quatro marcas recentes de agulhas e o atestado de óbito indicou overdose por heroína, morfina, lidocaína e álcool. Bolin estava com 25 anos de idade.

Imagem
O enterro foi realizado em Sioux City em uma cerimônia organizada pela família para 350 convidados. Uma ex-namorada de Bolin, Karen, voou de Londres para Iowa para comparecer ao funeral e trouxe consigo um anel que foi colocado por ela no dedo do guitarrista antes do sepultamento. O anel tinha sido presente do manager do Deep Purple, Rob Cooksey, que ofertou a jóia ao guitarrista. Segundo o manager, Jimi Hendrix estava usando esse anel quando morreu e a namorada de Bolin havia guardado a peça com ela porque tinha certeza que Bolin provavelmente perderia a jóia. Histórias do mundo do rock...

Imagem
Nessa edição da poeira Zine, trazemos um especial sobre uma das fases mais subestimadas do Deep Purple, o período em que eles lançaram o disco Come Taste The Band. A fase que contava com Tommy Bolin na guitarra ficou marcada pelos altos e baixos. Detalhes sobre a entrada do guitarrista na banda, o making-off do disco na Alemanha, a desastrosa tour de promoção e o final do grupo em 1976 estão presentes nesse especial, além de uma justa homenagem ao guitarrista falecido naquele mesmo ano.

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.

Esta é uma matéria antiga do Whiplash.Net. Por que destacamos matérias antigas?


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Poeira
Todas as matérias sobre "Deep Purple"

Deep Purple: Dickinson e Hughes em homenagem a Jon Lord
Deep Purple: Bruce Dickinson cantando em tributo a Jon Lord
Deep Purple: banda gravou show no Budokan para um Blu-ray
Steve Morse: "eu tinha uma ligação intensa com Jon Lord"
Jon Lord: um timaço prestando tributo, veja vídeo
Rock e metal: o outro lado das capas de discos
Kiss: banda mandando "Smoke on the Water" em Meet & Greet
Deep Purple: trailer da edição deluxe de "Made In Japan"
Deep Purple: veja trailer da edição de 40 anos do Made In Japan
Backstage: programa sorteia ingressos para show de Doro em SP
Separados no nascimento: Ian Gillan e Bill Murray
Jon Lord: revelados detalhes do livro biográfico de fotos
Mega-hits Manjados: 10 clássicos que se tornaram clichês
Deep Purple: Os 40 anos de lançamento do "Burn"
Em 15/02/1974: Deep Purple lança o clássico Burn

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Bento Araújo

Bento Araújo nasceu em 1976. É jornalista profissional e adora a música dos anos 60 e 70. É o editor chefe da Poeira Zine, a única publicação do país dedicada à música dos bons tempos. Lá ele escreve os textos, faz a diagramação, cuida da arte, do visual, faz 'a social' com os anunciantes, distribui, faz correio, banco, responde os e-mails e as cartas e também limpa o banheiro da redação... Além de tudo isso, o cara ainda tira uma onda tocando contra-baixo pela noite paulistana, além de vez ou outra fazer um 'bico' em alguma loja de discos em troca de raridades vinílicas... O Editor também oferece seus serviços jornalísticos e musicais a quem se interessar... (nada que uns bons dólares não possam resolver...)

Mais matérias de Bento Araújo no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas