August Burns Red: Adicionando novos elementos ao Metalcore

Resenha - Leveler - August Burns Red

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Assim como qualquer outro gênero, a saturação que atingiu a cena Metalcore mundial fez com que boa parte do público simplesmente nem desse mais a devida atenção a muitos lançamentos dos últimos anos. Mas, em meio ao oceano de descartáveis, sempre é possível encontrar bons trabalhos, como é o caso deste “Leveler”, o quarto álbum de estúdio do August Burns Red, norte-americano veterano lá da Pennsylvania.
Cópia Infiel: Ato 1, Raul Seixas e o Dolo de OuroBaixista Magnus Rosén quase morre durante vôo rumo à América do Sul

Se “Constellations” (09) mostrava o August Burns Red cultivando as melodias de maneira mais incisiva, certamente o novo disco é uma continuação óbvia desta maneira de compor. Mas, ainda que estas tais melodias e passagens limpas sejam realmente muito bonitas, não se sacrifica a boa e velha distorção, que permanece como sendo a parte mais interessante de sua música.

Somado a isso, é inegável que o pessoal esteja procurando experimentar e diversificar sua linguagem, acrescentando novos elementos ao Metalcore. E os melhores resultados aparecem quando o August Burns Red vai fundo neste sentido, como o observado no single “Internal Cannon”, onde se apimentou os arranjos com um pouco de música latina, tornando-a uma das canções mais significativas do álbum (já estão chamando isso aí de ‘salsacore’, é mole?!?).

Agora, todo o disco é dono de uma real originalidade? Não é para tanto... Mas o August Burns Red merece todos os méritos por construir um repertório suficientemente sólido – a melódica “Salt And Light” e as pesadíssimas “Poor Millionaire” e a faixa-título são matadoras – a ponto de representar o que há de melhor no Metalcore e, como tal, posicionar “Leveler” acima da maioria dos outros registros do gênero lançados nos últimos tempos.

Com letras edificantes e de claras referências cristãs, toda a variedade de tons, sons e vocalizações serão perfeitos para os devotos do Metalcore. Também é gratificante saber que o “Leveler” possui vários recursos que poderão ser explorados ainda mais no futuro, e creio que o August Burns Red seja suficientemente ambicioso para a empreitada.

Contato:
http://www.augustburnsred.com/
http://www.myspace.com/augustburnsred

Formação:
Jake Luhrs - voz
Brent Rambler - guitarra
J.B. Brubaker - guitarra
Dustin Davidson - baixo e voz
Matt Greiner - bateria e teclado

August Burns Red – Leveler
(2011 / Solid State Records – importado)

01. Empire
02. Internal Cannon
03. Divisions
04. Cutting The Ties
05. Pangaea
06. Carpe Diem
07. 40 Nights
08. Salt And Light
09. Poor Millionaire
10. 1-16-2011
11. Boys Of Fall
12. Leveler

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Metalcore
Nove razões para você adorar o estilo

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "August Burns Red"

Raul Seixas
Os plágios da carreira do artista

Hammerfall
Magnus Rosén quase morre durante vôo à América do Sul

Metallica
Guitarrista carioca grava medley com 102 riffs

Galeria - Tatuagens em homenagem ao Iron Maiden (I)Limp Bizkit: Os visuais mais bizarros do guitarrista Wes BorlandAlex Skolnick: "Mustaine veio me pedir dicas de guitarra"Arch Enemy: "Sou grata por ter o apoio do Brasil", diz AlissaKorn: "Não nos chame de Nu Metal!"AC/DC: "aquela coisa Glam foi idéia do Malcolm"

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online