Ídolos imortais: Dee Dee Ramone, um gênio insano

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mateus Ribeiro, Fonte: Sou o redator da matéria.
Enviar correções  |  Ver Acessos

Douglas Glen Colvin nasceu no dia 18 de setembro de 1951. Alguns anos mais tarde, ficou conhecido como Dee Dee Ramone, membro fundador, baixista e um dos principais compositores do Ramones, banda que revolucionou como poucas o mundo do rock.

Halloween: dez clássicos do Heavy Metal para curtir a dataFotos de Infância: Cliff Burton, do Metallica

Ao lado de seus parceiros Joey, Johnny e Tommy (depois, Marky e Richie), foi o símbolo de uma geração para milhões de pessoas. As músicas simples, porém cativantes, serviram para embalar a vida de muita gente.

Presente na banda desde sua fundação, Dee Dee presenciou vários momentos, inclusive as brigas internas, que fizeram o Ramones assinar as músicas em separado, ocasião que evidenciou o tamanho de sua influência, uma vez que escrevia a maioria das músicas do grupo.


Depois de um tempo, Dee Dee passou a cantar algumas músicas da banda, entre elas, algumas que se tornaram clássicos, como "Love Kills" e "Wart Hog", imortalizadas no ao vivo "Loco Live", que já contavam com seu substituto CJ.

No final dos anos 1980, saiu da banda e tentou entrar no mundo do rap. A tentativa não deu certo e o baixista, mesmo fora da banda, voltou a contribuir com o Ramones, o que pode ser visto em "¡Adios Amigos!", último disco do grupo, que tem praticamente metade das músicas escritas por ele ou que contaram com sua colaboração.

Apesar de ser um gênio, tinha seus defeitos, o principal deles, o abuso de substâncias ilícitas. E foi uma overdose de heroína a responsável por sua morte, dia 05 de junho de 2002. Pouco mais de um ano depois da morte de Joey, os fãs de Ramones recebiam mais um duro golpe. A segunda pessoa mais querida da banda havia abandonado os palcos.

Até hoje, Dee Dee é influente e muito lembrado por músicos e fãs ao redor do planeta. Durante a vida, foi a personificação do punk rock. Depois de sua morte, se tornou um ídolo imortal.

Gabba Gabba Hey!


Ídolos imortais

Ídolos imortais: Joey Ramone, o homem que agradou gregos e troianosÍdolos imortais
Joey Ramone, o homem que agradou gregos e troianos

Ídolos imortais: Phil Lynott, uma usina de criatividade, feeling e carisma

Ídolos imortais: Cliff Burton, o gênio das quatro cordasÍdolos imortais
Cliff Burton, o gênio das quatro cordas

Ídolos imortais: Dimebag Darrell, o cowboy do infernoÍdolos imortais
Dimebag Darrell, o cowboy do inferno

Ídolos imortais: Nick Menza, técnico e carismáticoÍdolos imortais
Nick Menza, técnico e carismático

Ídolos imortais: Layne Staley, um gênio que partiu cedo demaisÍdolos imortais
Layne Staley, um gênio que partiu cedo demais

Ídolos imortais: Chuck Schuldiner, o padrinho do death metalÍdolos imortais
Chuck Schuldiner, o padrinho do death metal

Ídolos imortais: Paul Baloff, um ícone do Thrash Metal

Ídolos imortais: Jeff Hanneman, um demônio das seis cordasÍdolos imortais
Jeff Hanneman, um demônio das seis cordas

Ídolos imortais: Andre Matos, um dos maiores nomes do metal nacionalÍdolos imortais
Andre Matos, um dos maiores nomes do metal nacional

Ídolos imortais: Randy Rhoads, um gênio incomparável e inesquecívelÍdolos imortais
Randy Rhoads, um gênio incomparável e inesquecível

Ídolos imortais: Freddie Mercury, a voz mais bonita do rockÍdolos imortais
Freddie Mercury, a voz mais bonita do rock

Ídolos imortais: Ingo Schwichtenberg, um monstro do power metalÍdolos imortais
Ingo Schwichtenberg, um monstro do power metal

Ídolos imortais: Warrel Dane, uma das mais poderosas vozes do metal

Ídolos imortais: Dolores O'Riordan, a doce voz do CranberriesÍdolos imortais
Dolores O'Riordan, a doce voz do Cranberries

Ídolos imortais: Chester Bennington, a voz do Linkin Park

Ídolos imortais: Lemmy Kilmister, a personificação do rock e do metal

Ídolos imortais: Peter Steele, o (literalmente) grande líder do Type O NegativeÍdolos imortais
Peter Steele, o (literalmente) grande líder do Type O Negative

Ídolos imortais: Janis Joplin, a Rainha do Rock And Roll

Todas as matérias sobre "Ídolos imortais"




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Ídolos imortais"Todas as matérias sobre "Ramones"


Halloween: dez clássicos do Heavy Metal para curtir a dataHalloween
Dez clássicos do Heavy Metal para curtir a data

Fotos de Infância: Cliff Burton, do MetallicaFotos de Infância
Cliff Burton, do Metallica

Os mais feios: Gene Simmons, Lemmy Kilmister, Alex Van Halen...Os mais feios
Gene Simmons, Lemmy Kilmister, Alex Van Halen...

Music Radar: Os maiores frontmen de todos os temposMusic Radar
Os maiores frontmen de todos os tempos

Guns N' Roses: a famosa trilogia de clipes do grupoGuns N' Roses
A famosa trilogia de clipes do grupo

Ramones: 10 músicas que não são cantadas por Joey RamoneRamones
10 músicas que não são cantadas por Joey Ramone

Matéria da BBC: quando igrejas vão ao MetalMatéria da BBC
Quando igrejas vão ao Metal


Sobre Mateus Ribeiro

Fanático por Ramones, In Flames e Soilwork. Limeirense com muito orgulho (e sotaque).

Mais matérias de Mateus Ribeiro no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336